Inovação Educacional
589.8K views | +4 today
Follow
Inovação Educacional
Curadoria por Luciano Sathler. CLIQUE NOS TÍTULOS. Informação que abre caminhos para a inovação educacional.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Educação a Distância, a necessidade de novas evidências de qualidade | ABED

Educação a Distância, a necessidade de novas evidências de qualidade | ABED | Inovação Educacional | Scoop.it

O Ensino Superior brasileiro passa por um momento de inflexão. Alguns dos fatores se destacam, tais como as mudanças no perfil dos estudantes, demandas inéditas da sociedade, profissões em mutação, criação de novas ocupações e famílias ocupacionais, além dos desafios trazidos pelas plataformas digitais de cursos que oferecem cursos massivos abertos online com novas arquiteturas curriculares e fortes conexões com o mundo do trabalho.
Para quem acredita e participa há muitos anos do movimento de ampliação da Educação a Distância (EAD) no país, como muitos de nós que estamos na Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED, os embates públicos recentes na imprensa e as medidas tomadas pelo Ministério da Educação (MEC) em relação à modalidade parecem revelar certo paroxismo do Governo Federal ao tentar lidar com a complexidade crescente do Ensino Superior do país.
De um lado, a pressão gerada pela dívida histórica do não atendimento da demanda por mais matrículas e pessoas bem formadas.
Do outro, a avaliação de que muitos dos que se formam hoje no Ensino Superior presencial e EAD poderiam estar melhor preparados para o pleno desenvolvimento de seu potencial e para cooperar com os desafios da competividade trazidos pela Economia Digital.
Faz-se necessária uma ampla discussão nacional para enfrentar essa inflexão do setor, diante de um cenário em que os diplomas não necessariamente abrem mais as melhores portas de trabalho como antes, que o analfabetismo funcional se faz presente em muitas universidades — devido aos déficits de aprendizagem não resolvidos no Ensino Médio —, bem como a ociosidade crescente de vagas e a evasão muito elevada nas IES públicas e privadas.
Em 2022, 72% das novas matrículas em cursos de graduação nas IES particulares ou comunitárias nos país foram na EAD.
Em 2022, a população de matriculados na Graduação EaD chegou a 4.148.677 pessoas, enquanto o ensino presencial tinha 3.218.403 estudantes em cursos presenciais das IES particulares e comunitárias — vide o gráfico a seguir.
A necessidade de atualizar o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes)
É preciso aperfeiçoar a avaliação do Ensino Superior brasileiro, pois apenas a promulgação dos atos regulatórios sem uma mudança nos processos de supervisão não é suficiente para garantir a melhor qualidade dos cursos.
Existem cursos de ótima qualidade sendo ofertados na EAD.
A experiência ensina que uma IES que é boa no ensino presencial costuma ser melhor ainda na modalidade a distância. A recíproca também é verdadeira.
Quem é ruim no ensino presencial tende a ser péssimo na educação a distância.
De acordo com o Tribunal de Contas da União — TCU, a verificação da qualidade dos cursos presenciais e a distância, bem como das Instituições de Ensino Superior, precisa de amplo aperfeiçoamento para realmente ser aferida de maneira mais confiável no Brasil.
Está assim escrito, com todas as letras, no Acórdão TCU 658 / 2023, de 05 de abril de 2023.
É altamente recomendável que os conselhos estaduais de educação e as diretorias regionais de ensino vinculadas às secretarias estaduais de educação possam participar da fiscalização das milhares de denúncias que o MEC recebe semanalmente. A estrutura atual do Ministério da Educação não permite a tempestividade necessária para verificar os casos alarmantes que surgem no cotidiano.
O Brasil é o único país de dimensões continentais e megapopulação que mantém um sistema centralizado de acreditação, financiamento e avaliação do Ensino Superior.
China, EUA, Índia e Rússia têm nas províncias ou estados um protagonismo maior, o que permite tratar perfis e vocações diferentes de Instituições de Ensino Superior de formas específicas e mais alinhadas às demandas do desenvolvimento regional sustentado.
Um dos destaques do TCU faz alusão à necessidade de incluir mais indicadores e evidências específicas dos cursos a distância no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), algo que a Associação Brasileira de Educação a Distância — ABED tem primazia em poder colaborar, com isenção e competência.
Ampliar a transparência e a participação cidadã no acompanhamento do Ensino Superior atende, dentre outros instrumentos legais, ao disposto no Decreto nº 11.529, de 16 de maio de 2023, que institui o Sistema de Integridade, Transparência e Acesso à Informação da Administração Pública Federal e a Política de Transparência e Acesso à Informação da Administração Pública Federal. Em seu Artigo 10º, Inciso III, diz que “A Política de Transparência e Acesso à Informação da Administração Pública Federal compreende a abertura de bases de dados produzidos, custodiados ou acumulados pela administração pública federal, para promover pesquisas, estudos, inovações, geração de negócios e participação da sociedade no acompanhamento e na melhoria de políticas e serviços públicos.”
Ao consultarmos as melhores práticas de avaliação de qualidade da EAD estabelecidas por diversos governos e entidades científicas pelo mundo afora, percebemos que a diferença entre ser uma instituição educacional ou uma empresa jornalística, uma editora, um museu ou uma biblioteca está no PROFESSOR e nas relações de ensino-aprendizagem estabelecidas entre seres humanos.
A equação a ser resolvida está entre atender a uma maior quantidade de discentes e aumentar a qualidade dos resultados educacionais mantendo-se a sustentabilidade. Dando maior protagonismo aos estudantes, docentes e corpo tutorial nesse processo.
Nesse sentido, apresentamos a seguir um conjunto de perguntas que podem nortear a implementação de novos indicadores que permitam aferir, em tempo real, evidências mais claras sobre a qualidade de cursos EaD, com a ampliação da participação direta de estudantes e professores, algo exequível de se implementar com várias das ferramentas tecnológicas hoje disponíveis.
INDICADORES DE QUALIDADE ESPECÍFICOS PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, INCLUSIVE, CURSOS OU COMPONENTES CURRICULARES HÍBRIDOS
1 - Mediação
a) Quantos alunos são acompanhados por professor ou corpo tutorial?
b) Qual a carga horária atribuída por professor/tutor por estudante?
c) Qual o perfil e o papel do corpo tutorial?
d) Qual a carga horária síncrona (presencial ou a distância) e qual sua frequência?
e) Qual a qualidade da interação em termos de profundidade, abrangência e velocidade das respostas ou orientações aos discentes?
2 - Autoria
a) Qual a participação dos estudantes, docentes e corpo tutorial do curso na produção do material didático?
b) Qual o período e taxa de atualização do material didático?
c) Como a Inteligência Artificial foi incorporada na produção de material didático?
d) Quão digitalmente é enriquecido e interativo o material didático?
e) O material didático promove o protagonismo do estudante e a adoção de metodologias ativas?
3 - Personalização
a) Qual a tempestividade e a acurácia do suporte técnico e administrativo oferecido aos estudantes?
b) O ambiente virtual de aprendizagem e outros sistemas informatizados têm um design centrado no estudante?
c) Os estudantes têm acesso personalizado aos docentes, tutores humanos ou virtuais supervisionados por seres humanos, materiais didáticos e avaliações de aprendizagem?
4 - Egressos
a) Como incluir os estudantes e egressos para realizarem avaliações que sejam visibilizadas pela sociedade, sem intermediários, de sua experiência com a IES?
b) Quais são os progressos alcançados pelos egressos em termos pessoais e profissionais, nos 10 anos seguintes após concluírem seus cursos?
c) Quais as demandas sociais e econômicas priorizadas por região do país?
d) Quais cursos e perfis de egressos devem ser priorizados, por região, em políticas de fomento para a formação?
Todas essas perguntas podem gerar indicadores que precisam e podem ser aferidos cotidianamente, sendo visibilizados para a população em geral com a clareza que a Política Nacional de Dados Abertos determina para aumentar o fornecimento de informações e estatísticas sob o controle do Estado. Isso aumenta a transparência pública, o acesso do cidadão e incentiva o controle social.
Luciano Sathler é membro do Conselho de Ética e Qualidade da ABED (2023 até o presente), do Conselho Deliberativo do CNPq (2020 até o presente) e do Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais (2023 até o presente). Foi o primeiro pró-reitor de Educação a Distância do Brasil.

No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Comunidade amorosa na escola: como cultivar?

Comunidade amorosa na escola: como cultivar? | Inovação Educacional | Scoop.it
Vivenciar o amor como prática transformadora contribui para que crianças permaneçam sensíveis e resistentes ao ódio
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Rejeição na escola e as marcas que podem deixar nas crianças

Rejeição na escola e as marcas que podem deixar nas crianças | Inovação Educacional | Scoop.it
Adultos que foram excluídos na infância relembram memórias de dor e compartilham como lidaram com os sentimentos
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Educadores relatam aumento de violência nas escolas

Educadores relatam aumento de violência nas escolas | Inovação Educacional | Scoop.it
Quase 70% dos entrevistados relatam que a violência nas escolas está maior após a retomada das aulas presenciais; soluções passam por diversas áreas de atuação
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Educação no Brasil: para que serve o Estado?

A baixa qualidade educacional concorre para agravar muitos outros males nacionais. Ela é responsável pelo despreparo do jovem em entender o que lê e usá-lo para seu dia a dia, como quando se depara com uma notícia sobre corrupção, claramente distorcida por uma mídia que quer justificá-la por cumplicidade. Ou quando não acompanha, porque quase não lê, a trajetória do político em quem vota sempre, e que às vezes é o que há de mais desprezível em termos de figura pública, por aproveitamento ou por autoritarismo. É responsável pela incapacidade do jovem de usar os mais elementares conceitos matemáticos para administrar seus gastos ou compreender o básico da ciência para interpretar a bula de um medicamento e usá-lo corretamente. É responsável pela quase total ignorância do jovem sobre as contas nacionais, embora elas reflitam o fim dos recursos que sua família recolhe de impostos, com sacrifício. A falta da Educação leva o jovem ao trato equivocado e danoso nas relações familiares e com a sociedade em geral. É ela quem leva aos danos ao patrimônio público, aos maus-tratos aos animais, ao desrespeito aos deficientes, fracos e idosos. A Educação é um freio para uma série de desvios, quer digam respeito ao convívio social, à honestidade ou aos valores e costumes morais. É a Educação que pode auxiliar grandemente no evitar um dos maiores males atuais da humanidade, que é a convivência com as drogas e o seu tráfico. É a Educação quem esclarece, pelo conhecimento histórico, sobre o valor da liberdade e o horror que arrastam consigo as guerras, as tiranias ou os regimes autoritários. É a Educação quem mostra o valor do trabalho, a importância de ser um bom profissional e de como abrir caminho para a prosperidade pessoal e familiar. É a Educação quem aponta a vocação de cada um e auxilia na busca da ocupação mais adequada e mais prazerosa, além de fornecer ferramentas para essa ocupação.  É ela que mostra as potencialidades do país onde se vive, seus bens coletivos, e sugere seu melhor aproveitamento e o que cada um pode fazer nesse sentido. É a Educação, aliada à orientação familiar, que dá os fundamentos da honestidade, do respeito à coisa pública, tão importante se o educando for um dia funcionário do poder público ou agente político. É ela que esclarece sobre os direitos de cada um, e auxilia a conhecer esses direitos, quem os escamoteia e quem abusa dos próprios direitos ou se apropria dos direitos dos outros. É a Educação quem esclarece sobre os caminhos para resguardarmos os outros direitos, como a Saúde e a Segurança. Enfim, a Educação é a grande promotora de tudo aquilo a que chamamos Civilização. Só quem se beneficia de suas falhas pode querer que ela continue como está. E quem poderia agir no sentido de melhorá-la, de conhecer os métodos dos que atingiram a excelência, adaptar esses métodos ás nossas circunstâncias, aperfeiçoá-los e aplicá-los aqui? Os que poderiam fazê-lo, ao que parece, estão mais interessados em degradá-la ainda mais, pois assim permanecem mais facilmente no poder. Se forem bem conhecidos, e a Educação é conhecimento, só podem ser repudiados. O exemplo do desinteresse da cúpula política em melhorar a Educação é evidente pela própria Conferência Nacional da Educação – CONAE 2024, que teve lugar em Brasília, no final de janeiro. Se algo ainda se salva na Educação nacional, está nas escolas privadas. Nas avaliações internacionais, estão bem à frente das escolas públicas. Mas o que é a CONAE? Teoricamente, uma conferência de entidades ligadas à Educação, promovida pelo Governo, para discussão, pelos interessados, dos projetos governamentais dirigidos ao setor educacional. Se a CONAE 2024 tivesse se realizado em Havana, sob patrocínio da ditadura cubana, não teria sido muito diferente. As teses do Governo têm um viés ideológico, não educacional; os debatedores eram mais militantes e sindicalistas, na verdade, do que educadores; o cenário, marxista; não se aceitavam vozes discordantes; nenhum exemplo internacional de sucesso na Educação foi sequer considerado; em nenhum momento se mencionou que a Educação Brasileira é uma das piores do mundo, embora dispendiosa. Em suma, uma conferência educacional com 5% de Educação, 15% de política (Lula pedia votos para seus candidatos nas eleições deste ano) e 80% de ideologia marxista. Uma lástima. Só haverá melhora quando a consciência nacional der tanta atenção às escolas públicas quanto dá às escolas de samba. 
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Generative AI + Education: Will Generative AI Transform Learning and Education

Cynthia Breazeal and Chris Capozzola set the stage, followed by Philipp Schmidt moderating a conversation with Mitch Resnick and Justin Reich.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Adolescentes são mais vulneráveis a teorias da conspiração

Adolescentes são mais vulneráveis a teorias da conspiração | Inovação Educacional | Scoop.it
Ao contrário do que muita gente pensa, adolescentes podem ser mais vulneráveis a teorias conspiratórias disseminadas nas redes sociais do que adultos, estes muitas vezes estereotipados como “tiozões do zap”. De acordo com uma pesquisa recém-divulgada, 60% da população dos Estados Unidos entre 13 e 17 anos acreditam nesse tipo de desinformação, taxa que cai para 49% entre os mais velhos.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Mad Skills: entenda tendência que considera os hobbies de um profissional na hora da contratação

Mad Skills: entenda tendência que considera os hobbies de um profissional na hora da contratação | Inovação Educacional | Scoop.it

Recrutadores e empresas ao redor do mundo passaram a avaliar hobbies no momento de avaliar candidatos a vagas de trabalho. Praticar esportes, tirar fotos, saber tocar um instrumento musical, artesanato, jardinagem e a dança podem representar um diferencial no momento de apresentação de um currículo. As atividades incluem as “mad skills”, expressões que podem ser traduzidas para “habilidades incríveis”.
A ideia das empresas é entender mais sobre o comportamento de um profissional a partir dos seus gostos e atividades pessoais, focando em experiências de vida e outras características que não podem ser frequentemente observadas apenas com base na formação técnica e acadêmica ou nas habilidades socioemocionais de um candidato.

No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Censo Escolar: menos da metade de alunos da educação infantil estão em escolas públicas; especialistas apontam falta de vagas no DF

Censo Escolar: menos da metade de alunos da educação infantil estão em escolas públicas; especialistas apontam falta de vagas no DF | Inovação Educacional | Scoop.it
Índice de 44,4% foi divulgado no Censo Escolar 2023, do Ministério da Educação, nesta quinta-feira (22). A partir do ensino fundamental, mais de 70% dos estudantes matriculados estão na rede pública.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Professor temporário supera efetivo nas escolas estaduais 

Professor temporário supera efetivo nas escolas estaduais  | Inovação Educacional | Scoop.it
Dados do Censo Escolar mostram que 15 das 27 unidades da federação já trabalham com mais docentes não concursados do que com efetivos
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

O impacto da responsabilidade social corporativa na transformação da juventude em vulnerabilidade

O impacto da responsabilidade social corporativa na transformação da juventude em vulnerabilidade | Inovação Educacional | Scoop.it
Outro ponto essencial da RSC é a promoção de oportunidades de trabalho dignas e inclusivas. Visibilidade, criatividade, inovação e lucro: é o que ganha uma empresa que reconhece a importância de um time diversificado, o que chamamos de valor compartilhado. Segundo pesquisa desenvolvida pela consultoria de Recrutamento e Seleção, a HayGroup, empresas com equipes diversas apresentam colaboradores 17% mais engajados e 75% reconhecem que no trabalho há espaço para inovação. Dados levantados pela Accenture mostram que o investimento em diversidade e inclusão tornam a empresa 11 vezes mais inovadora e têm colaboradores seis vezes mais criativos, em comparação às que não investem.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Educación y aprendizaje del Siglo XXI: nuevos conceptos, desarrollos e implementaciones (Educación disruptiva vs IA) –

Educación y aprendizaje del Siglo XXI: nuevos conceptos, desarrollos e implementaciones (Educación disruptiva vs IA) – | Inovação Educacional | Scoop.it
La digitalización y la robotización de millones de trabajos emerge como una tendencia inevitable. Y este proceso ya se ha cobrado múltiples “víctimas”, es decir, aquellas instituciones, sistemas y organismos que no son capaces de adecuarse a las pautas del nuevo escenario. Y entre estas “víctimas” podemos considerar la pérdida de muchos negocios y empleos que han dejado de ser útiles o necesarios.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Inteligência artificial: uma ferramenta para criar

Inteligência artificial: uma ferramenta para criar | Inovação Educacional | Scoop.it
Desde o início, o desenvolvimento da inteligência artificial envolveu um debate técnico, ético e filosófico. A motivação inicial, em meados da década de 1950, foi descobrir como fazer com que as máquinas usassem a nossa linguagem, formassem abstrações, conceitos, aprendessem e resolvessem problemas que, por enquanto, estão reservados aos humanos. É evidente que muitas dessas perguntas foram respondidas. No entanto, houve também um interesse menos generalizado: os investigadores observaram que a diferença entre o pensamento criativo e o pensamento competente – mas sem imaginação – baseava-se numa certa dose de aleatoriedade, que tinha de ser guiada pelas pessoas. Especificamente, uma das linhas iniciais de trabalho da IA ​​foi a criatividade e a aleatoriedade. O que pode ou não acontecer nas escolas do mundo hoje tem a ver com esta conjectura: a IA na educação é uma ferramenta nas mãos dos professores para cultivar o pensamento criativo.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Unesco recomenda que celular fique longe da sala de aula

Unesco recomenda que celular fique longe da sala de aula | Inovação Educacional | Scoop.it
Relatório aponta que uso de smartphones por estudantes durante as atividades escolares prejudica a aprendizagem e a socialização
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Estudantes criam projetos para uma internet segura

Estudantes criam projetos para uma internet segura | Inovação Educacional | Scoop.it
Vencedores do prêmio Cidadania Digital em Ação 2023 ensinam crianças e adolescentes a reconhecer riscos na internet e como denunciá-los
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Nova política garante saúde mental nas escolas públicas do país

Nova política garante saúde mental nas escolas públicas do país | Inovação Educacional | Scoop.it
Lei prevê acompanhamento psicossocial de alunos, professores e familiares com projetos que combinam a saúde física e mental
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Aulas remotas: qual o impacto na saúde mental das crianças?

Aulas remotas: qual o impacto na saúde mental das crianças? | Inovação Educacional | Scoop.it
Isolamento domiciliar, mudança de rotina e falta de contato com o ambiente escolar são as principais causas do sofrimento emocional em crianças e adolescentes
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

O Colégio Santa Cruz e a Faculdade Católica Dom Orione participam em Palmas do Dia ANEC.

O Dia ANEC Tocantins contou ainda com a presença do prof. Doutor Luciano Sathler, que palestrou sobre a Identidade e missão da Escola Católica: os desafios e possibilidades com o uso da Inteligência Artificial.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Francisco: a educação é um direito, ninguém deve ser excluído

Francisco: a educação é um direito, ninguém deve ser excluído | Inovação Educacional | Scoop.it
O Papa enviou uma mensagem a um congresso promovido pelo episcopado espanhol, que termina hoje em Madri: proporcionar educação é "um ato de esperança" e uma contribuição "para a renovação da sociedade".
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Disciplinar sem excluir: eis o desafio da educação midiática

Disciplinar sem excluir: eis o desafio da educação midiática | Inovação Educacional | Scoop.it
Proibição de celulares nas escolas tem apoio popular, mas a medida não pode restringir a inclusão digital dos estudantes
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Habilidades e saberes têm prazo de validade

Habilidades e saberes têm prazo de validade | Inovação Educacional | Scoop.it
Reconhecendo a grande importância de posicionar “a experiência de aprendizagem” ao mesmo nível de importância que o próprio conteúdo, ressaltamos a necessidade de uma abordagem educacional que transcenda a mera transmissão de informações e engaje genuinamente os estudantes em um processo de aprendizado que seja não apenas informativo, mas também formativo, cativante e transformador. Esse compromisso exige a criação de conteúdos que integradas com recursos e metodologias desafiem os estudantes  intelectualmente, e que também os estimulem visual e emocionalmente, garantindo assim uma experiência de aprendizagem completa e multidimensional.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Educação em tempo integral cresce no Brasil 

Educação em tempo integral cresce no Brasil  | Inovação Educacional | Scoop.it
Segundo dados do Censo Escolar 2023, matrícula integral no ensino médio chegou à proporção de 21,9%, percentual próximo à meta do Plano Nacional de Educação, que é de 25%
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Censo Escolar 2023 evidencia problemas na educação básica

Censo Escolar 2023 evidencia problemas na educação básica | Inovação Educacional | Scoop.it

"De fato, os piores indicadores de evasão e até de desempenho estão no ensino médio. Mas a maior quebra é quando o aluno sai dos anos iniciais para os finais do fundamental. O abandono vai crescendo até chegar à taxa mais alta no ensino médio", explica Seidel. Para ela, esse processo ocorre por diversas razões como o começo da adolescência, provável mudança de escola e transições socioemocionais — já que os estudantes passam a aprender com vários professores e a vivenciar muitas mudanças de vínculos.
Isso tudo reflete também em outra taxa, a de migração dos estudantes do ensino regular para a educação de jovens e adultos (EJA). "É como se fosse uma substituição da taxa de abandono e repetência. É muito interessante o Inep trazer esse olhar para migração, porque precisamos prestar atenção não só em quem abandona, mas para quem quer sair do ensino regular", diz a especialista.
Transição para o EJA
Os dados do Censo mostram que, nos primeiros anos do ensino fundamental, não há essa migração para o EJA e a idade dos alunos nesta modalidade são pessoas acima de 40 anos, como é o proposto pelo programa. A partir do sétimo ano, começa a crescer o número de estudantes entre 15 e 20 anos no EJA, o que aumenta ainda mais no ensino médio.
"Isso acontece porque provavelmente o aluno trabalha ou está desmotivado no ensino regular e aí quer fazer uma coisa mais simples, mais rápida", observa Fernanda Seidel. "É um fator preocupante a escola não estar fazendo tanto sentido para esses alunos que estão abandonando ou optando por outra modalidade. É como se a escola não estivesse sendo adequada ou trazendo o sentimento de pertencimento. Aí os mais vulneráveis são novamente minorizados", acrescenta.

No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

Inteligência artificial: quais são as carreiras e habilidades emergentes na área de tecnologia

Inteligência artificial: quais são as carreiras e habilidades emergentes na área de tecnologia | Inovação Educacional | Scoop.it

Novos papéis e especializações surgirão, criando um cenário dinâmico para profissionais interessados no campo da IA. Segundo Athayde, funções emergentes relacionadas à inteligência artificial incluem:
Engenheiros de ética de IA;
Designers de interação humano-IA;
Arquiteto de Fabricação de Dados;
Engenheiro de Dados de IA;
Profissionais de segurança cibernética especializados em IA.
“Haverá uma demanda crescente por profissionais que compreendam a responsabilidade na implementação e qualidade de sistemas e modelos de IA, refletindo a importância da governança ética no desenvolvimento e uso dessas tecnologias dentro das organizações. Igualmente, a cibersegurança também será tema de grande abordagem nos próximos anos”, apontou o CTO.

No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

10 Habilidades para colocar no currículo e como conquistá-las para a sua vida profissional

10 Habilidades para colocar no currículo e como conquistá-las para a sua vida profissional | Inovação Educacional | Scoop.it
1. Comunicação eficaz
A comunicação é fundamental em todos os aspectos da vida profissional. Comunicar-se de maneira clara e concisa, tanto verbalmente quanto por escrito, é essencial para transmitir informações, colaborar com colegas, interagir com clientes e clientes em potencial e representar efetivamente a organização em várias situações.
No comment yet.
Scooped by Inovação Educacional
Scoop.it!

101 creative ideas to use AI in education

101 creative ideas to use AI in education | Inovação Educacional | Scoop.it
“Esta coleção representa a visão; ela incorpora a criatividade. A importância da perspectiva da comunidade de prática ganha vida aqui na amplitude de exemplos que demonstram ideias criativas para usar a IA na educação. À medida que exploramos a forma como projetamos as novas experiências para os nossos alunos e diferenciamos oportunidades de se envolverem de novas maneiras, temos a oportunidade de ultrapassar os nossos próprios limites e explorar. Podemos colaborar.
No comment yet.