Turismo adaptado
10 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Leila Midori Ono
Scoop.it!

Turismo adaptado

Turismo adaptado | Turismo adaptado | Scoop.it

A praia é um dos locais mais expressivos e marca registrada do turismo Brasileiro. Alguns locais como a cidade de Barcelona na Espanha, tornaram suas praias acessíveis com esteiras permanentes feitas de madeira, e até banheiros públicos adaptados pela orla. Um local como o Rio de Janeiro, altamente cobiçado por estrangeiros de toda a parte do mundo (pessoas com deficiência ou não), se investisse mais em relação à acessibilidade e inclusão, com certeza iria ter um bom retorno. Infelizmente esse tipo de ação é percebida somente em grandes eventos, como na época das Paraolimpíadas, onde a cidade ganhou várias equipamentos e serviços para acessibilidade, mas que foram retirados após o término do evento

more...
No comment yet.
Scooped by Leila Midori Ono
Scoop.it!

www.turismoadaptado.com.br

www.turismoadaptado.com.br | Turismo adaptado | Scoop.it

Sabemos que você é turismólogo. Como surgiu o seu interesse por Turismo?
Depois do tiro que levei num sequestro relâmpago em 2001, duas das coisas de que mais senti falta foram meus passeios e minhas viagens. Então comecei a pensar nas alternativas para voltar à minha rotina de uma pessoa acostumada a sair e conhecer novos lugares. Depois fui perceber que isso não era um desejo somente meu, e comecei a trabalhar nesse campo visualizando uma oportunidade de mercado e um modo de auxiliar meus colegas com deficiência. Decidi me aprofundar e ingressei no curso de Turismo, no qual sou formado, além de buscar conhecimento atualizado sobre todos os tipos de deficiência.

Melhorias e adaptações em hotéis e atrações turísticas visando a acessibilidade podem ser vistas como um investimento? Por quê?
Pessoas com deficiência geralmente viajam acompanhadas, e se o local não possui acessibilidade, provavelmente está deixando de receber não só pessoas com deficiência mas também seus acompanhantes. Sem contar que a acessibilidade é um item procurado pela terceira idade, segmento que tem ganhado força no turismo nos últimos anos. A acessibilidade pode ser traduzida como conforto, pois rampas, elevadores, barras e outros itens, além de atender a todos, também são facilitadores para qualquer pessoa. Alguns equipamentos, como áudio-guias em museus, servem como uma orientação mais detalhada para qualquer pessoa, além de que o mesmo aparelho utilizado poder conter recursos de áudio-descrição para cegos, criando assim um serviço que agrada a todos e, ao mesmo tempo, pratica a inclusão. Além disso, valoriza a imagem do estabelecimento perante a sociedade, pois empresas que se preocupam com o lado social são muito mais valorizadas pelo consumidor. Há relatos comprovados de empresários que investiram em questões de acessibilidade e inclusão e que hoje em dia estão tendo um retorno devido à atitude tomada.

Como acha que a Copa de 2014 pode impulsionar e melhorar o turismo no Brasil, inclusive o turismo acessível?
O grande benefício de um evento internacional desse porte será a exposição. Apesar do foco ser a competição, ela será disputada em 12 cidades diferentes. Geralmente a mídia não mostra somente os jogos, mas também diversas outras informações das cidades onde serão disputadas as partidas, além de informações gerais sobre o país. Então, se a imagem que conseguirmos passar para o resto do mundo for positiva, isso será um grande benefício; porém o contrário também pode ser um grande prejuízo. Fazer a implantação de acessibilidade de forma correta não é só cumprir com obrigações exigidas pela FIFA, mas demonstrar que nosso país tem uma consciência social de inclusão, um fator muito valorizado pela sociedade mundial. Se os investimentos em acessibilidade forem aplicados além dos estádios, valorizando o transporte, vias públicas, sinalização, comércio e outros itens que fazem parte da cadeia produtiva desse evento, o retorno será inevitável. Posso afirmar que tanto turistas locais como estrangeiros com deficiência têm grande interesse em visitar as cidades-sedes numa proposta turística.

more...
No comment yet.
Scooped by Leila Midori Ono
Scoop.it!

Share Ideas that matter | Scoop.it

Share Ideas that matter | Scoop.it | Turismo adaptado | Scoop.it

Natal é um município brasileiro, capital do estado do Rio Grande do Norte, pertencente à Região Metropolitana de Natal, à microrregião de Natal, à mesorregião do Leste Potiguar e ao Pólo Costa das Dunas.

A cidade nasceu as margens do rio Potenji e do Forte dos Reis Magos, no extremo-nordeste do Brasil numa região chamada "esquina do continente" distante a 2.507 quilômetros de Brasília. É conhecida como a "Cidade do Sol" ou "Noiva do Sol" por ser uma das localidades com o maior número de dias de sol no Brasil, chegando a aproximadamente trezentos.

Também a chamam de "Capital Espacial do Brasil" devido às operações da primeira base de foguetes da América do Sul, o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno no município limítrofe de Parnamirim.

É a capital brasileira mais próxima do continente europeu, estando situada numa espécie de triângulo natural com um vértice para o norte, que é banhado de um lado pelo Rio Potenji e de outro pelo Oceano Atlântico, recebendo ventos constantes, condição que lhe concedeu o título, segundo a NASA, de cidade detentora do ar mais puro e renovável do continente sul-americano. Está localizada no litoral do estado, numa região essencialmente cercada de dunas com uma altitude média de trinta e três metros acima do nivel do mar. Capital menos violenta do Brasil, décima-quarta cidade mais segura do Brasil, e terceira cidade com melhor qualidade de vida do Norte-Nordeste. Atrai aproximadamente um pouco mais de um milhão e meio de turistas ao ano por dotar de muitas praias e belezas naturais e também por sediar a maior micareta do país, o Carnatal; o que faz com que a cidade se configure como a oitava cidade mais visitada por turistas do Brasil (dado de 2005), e a cidade mais visitada por portugueses. O município foi eleito pela Aviesp (Associação das Agências de Viagens Independentes do Estado de São Paulo) como melhor destino turistico do Brasil em 2007, e também é uma das cidades com o maior número de leitos turisticos do Brasil, sendo aproximadamente 28 mil.

more...
No comment yet.
Scooped by Leila Midori Ono
Scoop.it!

Bookmarklet | Scoop.it

Bookmarklet | Scoop.it | Turismo adaptado | Scoop.it

Dia 18 de junho das 17h00 às 19h00 no espaço Expo 4 do Rafain Palace Hotel & Convention Center (Av. Olimpio Rafagnin, 2357 / Parque Imperatriz - Foz do Iguaçu – Paraná), será realizada uma mesa redonda com a temática de Turismo Adaptado. Palestrantes confirmados:

Ricardo Shimosakai - Turismólogo e cadeirante, dedica-se à acessibilidade no turismo brasileiro. Abordará questões relacionadas à viagens para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, sob a visão de um turista com deficiência que também é um profissional da área.

José Fernandes Franco, o proprietário do Hotel Campo dos Sonhos, um dos primeiros hotéis-fazenda do Brasil adaptado a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Realizado pela Polo Iguassu Feiras & Eventos e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu-Brasil, o Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, que se encontra em sua 5ª edição, é um evento de âmbito internacional destinado aos agentes de viagens, operadores de turismo, hoteleiros, guias de turismo, estudantes, pesquisadores, representantes governamentais e da iniciativa privada e aberto a comunidade. O evento propõe constituir-se em uma ferramenta de negócios envolvendo toda a cadeia de serviços do setor turístico.

O Festival em 2010 contará com uma feira de 2 mil metros quadrados, cerca de 150 estandes com a previsão de mais de 300 expositores e seus cooperados, além de eventos paralelos como o IV Fórum Internacional de Turismo do Iguassu, Rodada de Negócios, Mostra de Turismo Sustentável do Iguassu, Visitas Técnicas e uma movimentada Agenda Social. A previsão é de superar a marca de 4.500 visitantes.

Buscando inovar e dar maior dinamismo, o Instituto Polo Internacional Iguassu, parceiro do Festival, traz um evento complementar, com uma proposta diferenciada e que faz uso de todo o sucesso já consolidado do festival de turismo para realizar a I Mostra de Turismo Sustentável Iguassu, um espaço voltado a apresentação de projetos e ações, equipamentos, produtos e serviços turísticos relacionados ao turismo sustentável. A Mostra acontece para apresentar Casos de Sucesso em Turismo Sustentável no Brasil, estimular sua prática e proporcionar oportunidades para que as empresas apresentem os diferenciais de seus produtos e serviços.

more...
No comment yet.