A educação para cidadania, por constituir a condição indispensável para a inserção dos cidadãos na edificação do processo da angolanidade, deve ser considerado um instrumento útil de estabilidade política, social, económica e cultural do povo angolano.


Via Bruno Leal