Cada palavra é um conjunto intrínseco entre a sua forma física, aquilo que chamam de significante, e a sua forma, digamos, intelectual, o significado. É igual ao corpo e mente. Interdependência constante, efetiva.