negociosdecultura
13 views | +0 today
Follow
negociosdecultura
notícias e artigos relacionados a cultura e economia criativa
Curated by Rafael Augusto
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Rafael Augusto
Scoop.it!

Governo lança linhas de financiamento e apoio para a cultura ...

Governo lança linhas de financiamento e apoio para a cultura ... | negociosdecultura | Scoop.it
O Governo do Rio Grande do Norte, através da Secretaria Extraordinária da Cultura/Fundação José Augusto, lançou hoje seis editais de apoio à Cultura Popular, às 11 horas, no auditório da Governadoria.
more...
No comment yet.
Scooped by Rafael Augusto
Scoop.it!

Creative Learning Concept, por CC2011

Creative Learning Concept, por CC2011 | negociosdecultura | Scoop.it
O conjunto de semi-círculos define a marca do Evento e simultaneamente o seu Conceito. O esquema convida a uma leitura convergente, apresentando 3 níveis temáticos a explorar. Esta convergência pretende reforçar a necessidade de nos dirigirmos e de nos focarmos rapidamente ao centro das questões relevantes: “Come to the Core”. A cada uma das 3 cores associamos um nível de percepção/área de análise:

 

Red Zone | Active & Networked Level

É a área em que tratamos os “Indivíduos” e todas as questões relativas aos processos inovadores de ensino/aprendizagem. Tentamos concentrar aqui aquelas que são as mais pertinentes e interessantes Trends da actualidade sobre estas matérias. A consciência, de per si, não produz resultados e o futuro está a acontecer já hoje. Torna-se absolutamente urgente perceber a relevância do factor web 2.0 nas mudanças de paradigma que estão a mudar a nossa forma de aprender e gerir o conhecimento.

 

Yellow Zone | Creative & Innovative Level

Trata-se da área reservada às “Organizações” e a todas as formas inovadoras de criar e desenvolver o negócio com o apoio das ferramentas tecnológicas que suportam a Web 2.0. Aqui também temos alterações paradigmáticas que estão a transformar a nossa forma de trabalhar e até de pensar o negócio. Essas mudanças, já adoptadas por muitas das empresas que têm a inovação na sua cultura organizacional, estão a alterar quer as formas tradicionais de organização interna de trabalho (processos, estrutura de organigrama, comunicação, etc), quer igualmente a forma como a organização se pensa a si própria , se relaciona com o mundo em geral, e com o seu mercado em particular. Importa perceber as devidas implicações que estas mudanças introduzem nas organizações em termos de efectiva criação de valor, bem como em termos das reduções de custos que lhe estão associados.

 

Green Zone | Consciousness Level

É o nível que pretende fazer a síntese das duas áreas anteriores. Nesta área tentaremos articular os apports introduzidos pelas áreas Creative Learning e Business Innovationtendo em vista perceber de que forma estas duas linhas de força estão a mudar a sociedade e, nomeadamente, a nossa forma de viver e de nos organizarmos, os nossos hábitos de consumo e também de intervenção enquanto cidadãos. Tentaremos uma vez mais identificar e trazer para o debate aquelas que são as principais Trends com que nos confrontamos no mundo de hoje e que constituem mudanças paradigmáticas face à forma como vemos o mundo e nos relacionamos com os outros. Importa perceber de que forma a web 2.0 tem aqui também um papel relevante ao permitir-nos ser parte activa e uma consciência responsável face aos desafios e ameaças do mundo actual, alterando os nosso comportamentos e hábitos de consumo mas também o que pensamos no plano ético.

more...
No comment yet.
Scooped by Rafael Augusto
Scoop.it!

NOVOS HORIZONTES: Cultura e Economia

NOVOS HORIZONTES: Cultura e Economia | negociosdecultura | Scoop.it
A cultura vislumbra-se no seio das novas questões da actualidade: a ecologia, o hiper-capitalismo, a crise económica. O desenvolvimento das novas tecnologias fez pulular milhares de imagens, sons, informação e ...
more...
No comment yet.
Scooped by Rafael Augusto
Scoop.it!

Projeto Criaticidades é lançado em São Paulo

Redação CulturaeMercado | sexta-feira, 10 fevereiro 2012

 

Foi lançado nesta quinta-feira (9/2), em São Paulo (SP), o projeto Criaticidades, uma parceria entre a Garimpo de Soluções, empresa liderada pela economista Ana Carla Fonseca Reis, e a Umana Comunicação Inteligente, comandada pelo jornalista Ricardo Mucci, com patrocínio do Santander Brasil.

Cerca de 200 pessoas, entre autoridades, jornalistas, funcionários do banco e representantes dos cenários artístico e cultural assistiram a apresentações de Caio Luiz de Carvalho (fundador do Instituto Brasileiro das Economias Criativas), Fernando Martins (vice-presidente Executivo de Marca, Marketing, Comunicação e Interatividade do Banco Santander Brasil), Graça Cabral (fundadora da Luminosidade, empresa criadora e organizadora do São Paulo Fashion Week) e Mauro Munhoz (arquiteto e urbanista, coordenador geral da Festa Literária Internacional de Paraty – Flip), com a mediação da economista Ana Carla. Eles mostraram experiências de sucesso na aplicação da economia criativa.

O principal objetivo do Criaticidades é identificar como a economia criativa pode contribuir para o desenvolvimento sócio-econômico das cidades brasileiras.

 

A iniciativa é composta, inicialmente, por cinco programas e um site, que vão apresentar a história e o conceito da Economia Criativa, baseados em cases e entrevistas com especialistas brasileiros e estrangeiros, que mostram exemplos práticos e bem sucedidos de municípios que conseguiram bons resultados em buscar novas alternativas de desenvolvimento econômico.

 

Os programas foram produzidos em alta definição e são compostos por entrevistas e imagens de arquivo, com duração média de 25 minutos, divididos em três blocos, com os seguintes temas: Economia Criativa, o que é, seu desenvolvimento como política por Tony Blair, na Inglaterra, até a realidade brasileira; Cidade Criativa, como as cidades encontram soluções e se transformam em referência; Setores Criativos, dois setores de destaque escolhidos para exemplificar a dinâmica dessa nova economia: design e moda; Empreendedorismo, exemplos de clusters criativos, como a inovação em Barcelona e nas cidades brasileiras; e Paraty e Paulínia, exemplos de sucesso na governança compatilhada entre o público e o privado e investimento público no setor do audiovisual (no caso de Paulínia).

 

O projeto conta com um Comitê Criativo, formado por Afonso Borges (lieteratura), César Piva (empreendedorismo), Jurema Machado (patrimônio cultural), Altair Assumpção (sustentabilidade), Danilo Miranda (processos culturais), Leonardo Brant (políticas públicas), Ana Carla Fonseca Reis (economia criativa), Gabriel Villela (teatro), Mauro Munhoz (arquitetura e urbanismo), Ana Luiza Trajano (gastronomia) e Joice Joppert Leal (design).

 

Mais informações no site www.criaticidades.com.br.

 

 

Por Redação

 

http://www.culturaemercado.com.br/noticias/projeto-criaticidades-e-lancado-em-sao-paulo/

more...
No comment yet.
Scooped by Rafael Augusto
Scoop.it!

MinC abre inscrição para dois editais de economia criativa em fevereiro | Estrombo

MinC abre inscrição para dois editais de economia criativa em fevereiro | Estrombo | negociosdecultura | Scoop.it
O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Economia Criativa (em estruturação), publicou dois editais do Prêmio Brasil Criativo na última sexta-feira, 30 de dezembro, no Diário oficial da União (Seção 3, páginas 29 a 31). As inscrições para os dois editais, que distribuirão R$ 4,1 milhões em prêmios, poderão ser feitas de 13 de fevereiro a 30 de março.

O Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras irá identificar, reconhecer, fomentar e difundir as iniciativas empreendedoras e inovadoras da sociedade civil atuantes nos setores criativos. Serão premiadas 150 iniciativas selecionadas nas seguintes categorias: Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos e Formação para Competências Criativas. A premiação será de R$ 3,6 milhões.

Já o Edital de Apoio à Pesquisa em Economia Criativa selecionará estudos e pesquisas acerca de temas da economia criativa nos contextos macroeconômico e legal-institucional brasileiros. Serão agraciadas 22 pesquisas. O apoio destina-se a pesquisadores da área acadêmica com atuação na área da pesquisa. A premiação será de R$ 810 mil reais divididos em três categorias: Teses – Doutorado; Dissertações – Mestrado e Produção em grupo.

(Texto: Sheila Rezende, Ascom/SID/MinC)

Fonte: MinC
more...
No comment yet.