Meu Cantinho de Fé [...]
2.8K views | +2 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Padre Mateo Crawley: Quem ajudará a entronizar o Coração de Jesus?

Padre Mateo Crawley: Quem ajudará a entronizar o Coração de Jesus? | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Mesmo sem andar, ela aceitou ajudar o Apóstolo do Sagrado Coração de Jesus à entronizar a devoção à Ele. Leia e descubra.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

O abaixamento de Cristo

O abaixamento de Cristo | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Boaventura (1221-1274) franciscano, doutor da Igreja Sobre a vida perfeita, II, § 1, 3, 4.
Daniel Caixeta's insight:

Aprendei a humilhar-vos de verdade, e não apenas na aparência, como aqueles que se humilham de maneira fraudulenta, os hipócritas de que fala o Eclesiástico: «Abaixa-se em humildade fingida aquele cujo coração está cheio de fraude» (Ecli 19,23, Vulgata). «Pelo contrário, aquele que é verdadeiramente humilde», diz o bem-aventurado Bernardo, «não procura ver proclamada a sua humildade, mas passar por desprezível.» Nem a virgindade é agradável a Deus sem humildade, crede no que vos digo. A Virgem Maria não teria sido a Mãe de Deus se restasse nele alguma ponta de orgulho. Grande virtude é esta, pois, sem a qual todas as outras virtudes, longe de poderem existir, rebentam de orgulho.

Cristo foi humilhado a ponto de, no seu tempo, nada ter sido considerado mais vil que Ele. Tão grande foi a sua humildade, tão profundo o seu abaixamento, que ninguém era capaz de julgar dele segundo a verdade, ninguém podia acreditar que fosse Deus. Ora, Nosso Senhor e Mestre disse de Si mesmo: «O servo não é mais que o seu senhor» (cf Mt 10,24); portanto, se sois serva do Senhor, discípula de Cristo, deveis ser aviltada, desconsiderada, humilde.

Evangelho Quotidiano. 2ª semana do Advento. 12.dez.2018
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Quem é este homem, que até perdoa os pecados?»

«Quem é este homem, que até perdoa os pecados?» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São (Padre) Pio de Pietrelcina (1887-1968), capuchinho CE, 18.16; AD, 54.
Daniel Caixeta's insight:

Que a esperança na misericórdia de Deus nos dê fortaleza no meio do tumulto das paixões e das contrariedades. Corramos com confiança para o sacramento da penitência, onde a todo o momento o Senhor nos espera com infinita ternura. E, depois de perdoados os nossos pecados, esqueçamo-los, porque o Senhor já antes de nós o fez. Mesmo admitindo que tenhas cometido todos os pecados do mundo, o Senhor repete-te: «Os teus muitos pecados te são perdoados porque muito amaste».

Senhor Jesus, Tu és a doçura suprema: como poderia eu, pois, viver sem ti? Vem, Senhor, só Tu possuirás o meu coração.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 11º Domingo do Tempo Comum - Ano C. 12.jun.2016
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Se os teus olhos estiverem sãos, todo o teu corpo andará iluminado» (Mt 6,22).

«Se os teus olhos estiverem sãos, todo o teu corpo andará iluminado» (Mt 6,22). | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Imitação de Cristo, tratado espiritual do século XV.
Daniel Caixeta's insight:

A simplicidade deve estar na intenção e a pureza na afeição.
A simplicidade procura Deus; a pureza encontra-O e saboreia-O.
Nenhuma boa obra te será difícil, se fores livre perante qualquer afeição desregrada.
Se só quiseres o que Deus quer e o que é útil ao teu próximo, fruirás de liberdade interior.
Se o teu coração fosse reto, toda a criatura seria para ti um espelho de vida e um livro cheio de instruções santas.
Não há criatura tão pequena e tão desprezível que não apresente qualquer imagem da bondade de Deus.
Se tivesses em ti suficiente inocência e pureza, verias tudo sem obstáculos.
Um coração puro penetra o céu e o inferno. Cada um julga as coisas por fora de acordo com o que é por dentro.
Se há alguma alegria neste mundo, é o coração puro que a possui.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 10.jun.2016.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Tenho pena desta multidão»

«Tenho pena desta multidão» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Beato John Henry Newman (1801-1890) teólogo, fundador do Oratório em Inglaterra Doze Meditações e Intercessões para a Sexta-Feira Santa, 9-10.
Daniel Caixeta's insight:

Diz-nos a Escritura: «Tens compaixão de todos, pois tudo podes e desvias os olhos dos pecados dos homens, a fim de os levar à conversão. Tu amas tudo quanto existe e não detestas nada do que fizeste. […] Tu poupas a todos, porque todos são teus, ó Senhor, que amas a vida!» (Sab 11,23s). Aquilo que O fez descer do Céu e receber o nome de Jesus […] foi o seu grande amor pelos homens, a sua compaixão pelos pecadores.

Porque haveria de consentir esconder a sua glória num corpo mortal, se não desejasse ardentemente salvar os que se tinham afastado, os que tinham perdido por completo a esperança da salvação? Ele próprio declara: «O Filho do homem veio procurar e salvar o que estava perdido» (Lc 19,10). Para não nos deixar perecer, Ele fez tudo o que pode fazer um Deus omnipotente, segundo os seus atributos divinos: deu-Se a Si mesmo. Ele ama-nos a todos de tal maneira, que quer dar a vida por cada um de nós, e de forma tão absoluta e tão plena por cada um, como se não houvesse mais ninguém. Ele é o nosso melhor amigo […], o único amigo verdadeiro, e recorre a todos os meios possíveis para conseguir que Lhe devolvamos este amor. Não nos recusa coisa alguma, se consentirmos em O amar. […]

Ó meu Senhor e meu Salvador, nos teus braços estou seguro. Se me guardares, nada terei a temer; se, porém, me abandonares, nada poderei esperar. Não sei o que vai acontecer-me desde agora até à hora da minha morte, não sei o que será o futuro, mas confio-me a Ti. […] Repouso totalmente em Ti, porque Tu sabes o que é bom para mim, e eu não sei.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 1ª semana do Advento. 05.dez.2018
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus...

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus... | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Importância da Devoção ao Coração de Jesus? Uma fonte infinita de amor e harmonia nos espera. Leia essa matéria e descubra!
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

“Senhor, fazei que eu vos veja, e que eu seja cego para todo o resto”.

“Senhor, fazei que eu vos veja, e que eu seja cego para todo o resto”. | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Não seja cego perante o Coração de Jesus, enxerguemos somente a vós, assim demonstraremos nossa gratidão pelo vosso sacrifício. Saiba mais nessa matéria.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Dar-te-ei as chaves do Reino dos Céus»

«Dar-te-ei as chaves do Reino dos Céus» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Máximo de Turim (?-c. 420), bispo Sermão CC1
Daniel Caixeta's insight:

O Senhor reconheceu em Pedro o intendente fiel, a quem confiou as chaves do Reino, e em Paulo um mestre qualificado, que encarregou de ensinar na Igreja. Para prometer aos que foram formados por Paulo que encontrariam a salvação, era preciso que Pedro os acolhesse para lhes dar repouso. Quando Paulo tiver aberto os corações com a sua pregação, Pedro abrirá às almas o Reino dos Céus. Assim, pois, também Paulo recebeu de Cristo uma espécie de chave, a chave da ciência, que permite abrir em profundidade os corações endurecidos para a fé, para em seguida trazer à superfície, por uma revelação espiritual, aquilo que se encontrava escondido no interior. Trata-se de uma chave que deixa escapar da consciência a confissão do pecado e que nela encerra para sempre a graça do mistério do Salvador.

Ambos receberam, pois, chaves das mãos do Senhor; um deles recebeu a chave da ciência, o outro a chave do poder; este dispensa as riquezas da imortalidade, aquele distribui os tesouros da sabedoria. Porque há tesouros do conhecimento, como está escrito: «O mistério de Deus, isto é, Cristo, no Qual estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência» (Col 2,2-3).

Fonte: Evangelho Quotidiano. Solenidade de São Pedro e São Paulo, apóstolos - Festa. 29.jun.2016.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Ele levantou-se e seguiu Jesus». Reflexão do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9,9-13 por Jean Tauler.

«Ele levantou-se e seguiu Jesus». Reflexão do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9,9-13 por Jean Tauler. | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Jean Tauler (c. 1300-1361), dominicano de Estrasburgo Sermão 64.
Daniel Caixeta's insight:

Nosso Senhor disse a São Mateus: «Segue-Me.» Este santo amável é um modelo para todos os homens. Tinha sido um grande pecador, de acordo com aquilo que o evangelho diz dele, mas tornou-se um dos maiores amigos de Deus. Porque Nosso Senhor falou-lhe no fundo do seu ser, e nessa altura ele abandonou tudo para seguir o Mestre.

Seguir a Deus na verdade; para isso, temos de abandonar verdadeira e completamente todas as coisas que não são Deus, sejam elas quais forem. Deus ama os corações; não Lhe interessa aquilo que é exterior, mas quer de nós uma devoção interior viva. Esta devoção tem em si mais verdade do que se eu fizesse as orações de todos os homens, ou se cantasse com tal intensidade, que o meu canto subisse aos céus; tem mais verdade do que tudo o que eu possa fazer exteriormente, em jejuns, vigílias e outras práticas.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 13ª semana do Tempo Comum. 012.jul.2016
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Pregando o Evangelho do reino e curando todas as doenças e enfermidades.»

«Pregando o Evangelho do reino e curando todas as doenças e enfermidades.» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São João Crisóstomo (c. 345-407), presbítero de Antioquia, bispo de Constantinopla, doutor da Igreja Homilias sobre o Evangelho de Mateus, n°32.
Daniel Caixeta's insight:

Jesus Cristo, coberto de desprezo e de insultos pelos seus inimigos, aplica-Se ainda mais a fazer-lhes o bem. [...] Percorria cidades, aldeias e sinagogas, ensinando-nos a responder às calúnias, não com calúnias, mas através de boas obras. Se, ao fazeres o bem ao teu próximo, tens em vista agradar a Deus e não aos homens, façam estes o que fizerem, não deixes tu de fazer o bem; a tua recompensa será maior. [...] Eis a razão por que Cristo não esperava que os doentes fossem ter com Ele, mas Ele próprio ia ter com eles, levando-lhes simultaneamente dois bens essenciais: a Boa Nova do Reino e a cura de todos os seus males.

Para Cristo, porém, isso não era suficiente; Ele manifestava ainda de outra maneira a sua compaixão. «Ao ver as multidões, encheu-Se de compaixão, porque andavam fatigadas e abatidas, como ovelhas sem pastor. Jesus disse então aos seus discípulos: "A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara."» » Note-se uma vez mais o seu desapego à vanglória. Não querendo que toda a gente O seguisse, enviava os seus discípulos. Queria instruí-los, não apenas para as lutas que iriam suportar na Judeia, mas também para os combates que começariam por toda a terra. [...]

Jesus deu aos seus discípulos o poder de curar os corpos, esperando confiar-lhes o poder, não menos importante, de curar as almas. Repara como mostra ao mesmo tempo a facilidade e a necessidade desta obra. Efetivamente, que foi que Ele disse? «A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos»: não é à sementeira que vos envio, mas à messe. [...] Falando assim, nosso Senhor dava-lhes confiança e mostrava-lhes que o trabalho mais importante já tinha sido realizado.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 14ª semana do Tempo Comum. 05.jul.2017
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Cristo sara a humanidade ferida

Cristo sara a humanidade ferida | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Severo de Antioquia (c. 465-538), bispo Homilia 89
Daniel Caixeta's insight:

Passou por ali um samaritano. […] É propositadamente que Cristo dá a Si próprio o nome de Samaritano, Ele a quem tinham dito, para O insultarem: «Tu és um samaritano e estás possesso do demônio» (Jo 8,4). […] O viajante samaritano que era Cristo – porque Ele era de fato um viajante – viu a humanidade caída por terra. E não passou ao largo, porque a razão pela qual empreendera essa viagem era «visitar-nos» (Lc 1,68, 78), a nós, por causa de quem Ele desceu à terra e entre quem habitou. Porque Ele «fez a sua aparição na terra, onde permaneceu entre os homens» (Bar 3,38). […]

Sobre as nossas chagas derramou vinho, o vinho da Palavra, e, como a gravidade dos ferimentos não suportava toda a força desse vinho, misturou-o com o óleo da sua ternura e do «seu amor pelos homens» (Tit 3,4). Em seguida, conduziu o homem à estalagem, ou seja, à Igreja, que se tornou o lugar de habitação e de refúgio de todos os povos. Uma vez chegados à estalagem, o bom samaritano teve para com aquele que tinha salvado uma solicitude ainda maior; o próprio Cristo ficou na Igreja, concedendo-lhe todas as graças. […] E, ao partir – isto é, ao subir ao céu –, deixou ao dono da estalagem, que é símbolo dos apóstolos, dos pastores e dos doutores que Lhe sucederam, duas moedas de prata, para que ele cuidasse do doente. Estas duas moedas são os dois Testamentos, o Antigo e o Novo, o da Lei e dos profetas, e aquele que nos foi dado pelos Evangelhos e pelos escritos dos apóstolos. Ambos provêm do mesmo Deus, exibindo ambos a imagem deste único Deus das alturas, tal como as moedas de prata exibem a imagem do rei, e imprimem nos nossos corações a mesma imagem real por meio das santas palavras, dado que foi um só e mesmo Espírito que as pronunciou. Trata-se de duas moedas de um único rei, deixadas ao mesmo tempo e a título igual por Cristo ao dono da estalagem. 

No último dia, os pastores das igrejas santas dirão ao Senhor que há de vir: «Senhor, confiaste-me dois talentos, aqui estão outros dois que ganhei», por via dos quais fiz aumentar o rebanho. E o Senhor há de responder-lhes: «Muito bem, servo bom e fiel, foste fiel em coisas de pouca monta, muito te confiarei. Entra no gozo do teu senhor» (Mt 25,22-23).

Fonte: Evangelho Quotidiano. 15º Domingo do Tempo Comum - Ano C. 10.jul.2016.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Vinde a Mim»

«Vinde a Mim» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Doroteu de Gaza (c. 500-?), monge na Palestina «Instruções», I, 8
Daniel Caixeta's insight:

Aquele que quer alcançar o verdadeiro descanso do espírito tem de aprender a ser humilde! Tem de perceber que na humildade se encontra toda a alegria, toda a glória e todo descanso, tal como na soberba se encontra tudo o que lhes é contrário. Com efeito, porque chegámos nós a viver todas as nossas tribulações? Porque caímos em toda esta miséria? Não teria sido por causa da nossa soberba e da nossa loucura? Não teria sido por termos seguido as nossas más inclinações e por nos termos apegado à nossa amarga vontade? Mas porque o fizemos? Não foi o homem criado na plenitude do bem-estar, da alegria, da paz e da glória? Não estava no paraíso? Foi-lhe ordenado: «Não faças isso», mas ele fez. Veem o orgulho, a arrogância, a insubmissão? «O homem é louco», diz Deus ao ver esta insolência, «não sabe ser feliz. Se não tiver de passar por dias difíceis, perder-se-á completamente. Se não perceber o que é estar numa aflição, nunca saberá o que é a paz.» Então Deus deu-lhe o que merecia, expulsando-o do Paraíso. [...]

No entanto, como refiro muitas vezes, a bondade de Deus não abandonou a sua criatura. Antes de novo se virou para ela e voltou a chamá-la: «Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.» Como que dizendo: «Estais fatigados, estais infelizes, experimentastes o mal causado pela vossa desobediência. Vamos, convertei-vos finalmente; vamos, reconhecei a vossa impotência e a vossa vergonha, para regressardes ao vosso repouso e à vossa glória. Vamos, vivei pela humildade, vós que estáveis mortos pelo orgulho.» «Aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas.»

Fonte: Evangelho Quotidiano. 15ª semana do Tempo Comum. 14.jul.2016.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Os Monges do Sagrado Coração de Jesus - II

Padre Mateo Crowley explica a respeito da ligação dos monges com o Sagrado Coração de Jesus! Contém algumas dicas que pode mudar a sua vida.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«O Verbo era a luz verdadeira que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina» (Jo 1,9).

«O Verbo era a luz verdadeira que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina» (Jo 1,9). | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Máximo de Turim (?-c. 420) bispo CC Sermão 53, sobre o salmo 117; PL 57, 361.
Daniel Caixeta's insight:

Este dia que o Senhor fez (Sl 117,24) penetra em todas as coisas e tudo contém, abarcando o Céu, a Terra e os infernos! A luz que é Cristo não é detida por muros, nem anulada pelos elementos, nem ofuscada pelas trevas. A luz de Cristo é um dia sem noite, um dia sem ocaso, que resplandece em toda a parte, que em toda a parte irradia e permanece. Cristo é o dia, afirma o apóstolo Paulo: «A noite vai avançada e aproxima-se o dia» (Rom 13,12). A noite vai avançada, afirma ele, e precede o dia. Significa isto que, quando aparece a luz de Cristo, as trevas do demônio se dispersam e a noite do pecado se detém: o esplendor eterno expulsa as sombras do passado e detém o progresso dissimulado do mal.

A Escritura atesta que o dia de Cristo ilumina o Céu, a Terra e os infernos. Este dia brilha na Terra: «Ele era a luz verdadeira que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina» (Jo 1,9); resplandece nos infernos: «O povo que andava nas trevas viu uma grande luz» Is 9,1); e, no Céu, o dia permanece, como afirma David: «A sua descendência permanecerá para sempre e o seu trono será como o Sol na minha presença» (Sl 89,37).

Evangelho Quotidiano. 1ª semana do Advento. 07.dez.2018.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Escutar para pôr em prática

Escutar para pôr em prática | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São João da Cruz (1542-1591) carmelita descalço, doutor da Igreja Conselhos e Máximas.
Daniel Caixeta's insight:

O Pai celeste disse uma única palavra: o seu Filho. Disse-a eternamente e num eterno silêncio.

É no silêncio da alma que Ele Se faz ouvir.

Falai pouco e não vos metais em assuntos sobre os quais não fostes interrogados. 

Não vos queixeis de ninguém; não façais perguntas ou, se for absolutamente necessário, que seja com poucas palavras.

Procurai não contradizer ninguém e não vos permitais nenhuma palavra que não seja pura.

Quando falardes, que seja de modo a não ofender ninguém e não digais senão coisas que possais dizer sem receio diante de toda a gente.

Tende sempre paz interior e uma atenção amorosa para com Deus; e, quando for necessário falar, que seja com a mesma calma e a mesma paz.

Guardai para vós o que Deus vos diz e lembrai-vos desta palavra da Escritura: «O meu segredo é meu» (Is 24,16). [...]

Para avançar na virtude, é importante calar e agir, porque, falando, as pessoas distraem-se, ao passo que, guardando silêncio e trabalhando, recolhem-se.

Depois de aprendermos com alguém o que é preciso para o nosso progresso espiritual, não lhe peçamos que continue a falar: ponhamos mãos à obra, com seriedade e silêncio, com zelo e humildade, com caridade e desprezo de nós mesmos.

Antes de tudo, é necessário e conveniente servir a Deus no silêncio das tendências desordenadas e da língua, a fim de só ouvir palavras de amor.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 1ª semana do Advento. 06.dez.2018
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Curiosidade: Como devemos enxergar um Padre durante a celebração de uma Missa?

Curiosidade: Como devemos enxergar um Padre durante a celebração de uma Missa? | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Mais um conselho de Mateo Crawley, apóstolo do Coração de Jesus sobre como devemos enxergar um padre durante a Santa Missa.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática» (Lc 8,21)

«Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática» (Lc 8,21) | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Maximiliano Kolbe (1894-1941), franciscano, mártir Conferência de 13/06/1933.
Daniel Caixeta's insight:

Deus quer servir-Se de instrumentos para fazer as suas obras. […] Deus, que nos deu uma vontade livre, quer que O sirvamos livremente como instrumentos, ajustando a nossa vontade à sua, do mesmo modo que sua Santíssima Mãe, quando diz: «Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a sua palavra.» A expressão «faça-se em mim» deve ressoar constantemente nos nossos lábios, pois entre a vontade da Imaculada e a nossa deve existir uma harmonia completa. Então que devemos fazer? Deixemo-nos conduzir por Maria e nada teremos a temer.

Fonte: Evangelho Quotidiano. Solenidade da Anunciação do Senhor. 25.mar.2015.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Felizes os olhos que veem o que estais a ver»

«Felizes os olhos que veem o que estais a ver» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Carlos Borromeu (1538-1584). Bispo. Carta pastoral.
Daniel Caixeta's insight:

Eis, meus bem-amados, esse tempo celebrado com tanto fervor, e que é, como diz o Espírito Santo, um tempo de favor divino (Is 61,12; Lc 4,19), um período de salvação, de paz e de reconciliação; tempo desde há muito ardentemente desejado pelos profetas e os patriarcas, nos seus votos e nas suas mais profundas aspirações, e que foi visto pelo justo Simeão com uma alegria transbordante (Lc 2,26s). Como foi sempre celebrado com tanto fervor pela Igreja, devemos nós próprios contemplá-lo nos louvores e nas ações de graças dirigidos ao Pai eterno, pela misericórdia que manifestou neste mistério.

Sendo este tempo em cada ano revivido pela Igreja, somos exortados a recordar constantemente a memória de tanto amor para connosco. O que nos faz aprender também que a vinda de Cristo não aproveitou apenas àqueles que viviam na época do Salvador, pois a sua força seria comunicada igualmente a todos nós; contanto que, por meio da fé e dos sacramentos, queiramos acolher a graça que Ele nos concedeu e conduzir a nossa vida segundo essa graça, obedecendo-Lhe.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 1ª semana do Advento. 04.dez.2018.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Vigiai e orai em todo o tempo»

«Vigiai e orai em todo o tempo» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Bernardo (1091-1153) monge cisterciense, doutor da Igreja Sermão 86 sobre o Cântico dos Cânticos.
Daniel Caixeta's insight:

Quem quiser orar em paz não terá em consideração apenas o local, mas o tempo. O momento do repouso é o mais favorável, pois quando o sono da noite estabelece um silêncio profundo, a oração torna-se mais livre e mais pura: «Levanta-te, grita durante a noite, no começo das vigílias; derrama o teu coração como a água perante a face do Senhor» (Lam 2,19). Com que segurança a oração sobe na noite, quando só Deus é dela testemunha, com o anjo que a recebe para a ir apresentar ao altar celeste! Ela é agradável e luminosa, pintada de pudor; é calma e tranquila, já que nenhum barulho, nenhum grito a interrompe; é pura e sincera, não manchada pelo pó das preocupações terrenas. Não há espectador que possa expô-la à tentação, pelos seus elogios ou a sua adulação.

Dizemos pois que a Esposa (do Cântico dos Cânticos) agiu com prudência e pudor quando escolheu a solidão noturna do seu quarto para rezar, ou seja para procurar o Verbo, que é a mesma coisa. Rezas mal se, ao rezar, não procuras o Verbo, a Palavra de Deus, ou se o que pedes na tua oração não é relativo ao Verbo. Porque tudo está nele: o remédio para as feridas, o socorro nas necessidades, a melhoria dos defeitos, a fonte dos progressos, em suma, tudo o que um homem pode e deve desejar. Não há razão para pedirmos ao Verbo outra coisa que não seja Ele próprio, pois Ele é todas as coisas. Se pedimos certos bens concretos, e se os desejamos pelo Verbo, não é tanto essas coisas em si mesmas que pedimos, como Aquele que é a causa da nossa súplica.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 34ª semana do Tempo Comum. 01.dez.2018.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«O Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.»

«O Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Beato Charles de Foucauld (1858-1916), eremita e missionário no Saara Retiro em Nazaré («Escritos espirituais»).
Daniel Caixeta's insight:

Ó meu Senhor Jesus, aqui está a divina pobreza! Tendes de ser Vós a instruir-me acerca dela! Vós amaste-la tanto! [...] Na vossa vida mortal, fizestes dela vossa companhia fiel. Deixaste-la em herança aos vossos santos, a todos os que querem seguir-Vos, a todos os que querem ser vossos discípulos. Ensinaste-la pelo exemplo de toda a vossa vida; glorificaste-la, beatificaste-la, proclamaste-la necessária pelas vossas palavras. Escolhestes para pais pobres operários; nascestes numa gruta que servia de estábulo, sendo pobre no vosso nascimento. Os vossos primeiros adoradores são pastores. Aquando da vossa apresentação no Templo, vossos pais ofereceram o dom dos pobres. Vivestes trinta anos como pobre operário, nesta Nazaré que eu tenho a felicidade de pisar, onde tenho a alegria [...] de apanhar estrume.

Mais, durante a vossa vida pública, vivestes de esmolas entre os pescadores pobres que havíeis escolhido para companheiros, sem uma pedra onde reclinar a cabeça. No Calvário, foste espoliado das vossas vestes, a única coisa que possuíeis, e os soldados sortearam-nas entre si. Morrestes nu, e fostes amortalhado por esmola, por estrangeiros. «Bem aventurados os pobres!» (Mt 5,3)

Meu Senhor Jesus, como se tornará rapidamente pobre aquele que, amando-Vos de todo o coração, não conseguir suportar ser mais rico que o seu Bem-amado!

Fonte: Evangelho Quotidiano. 13ª semana do Tempo Comum. 27.jun.2016
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

Por que Jesus permitiu que transpassassem seu Sagrado Coração ?

Por que Jesus permitiu que transpassassem seu Sagrado Coração ? | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Por que Jesus permitiu que transpassassem o seu Coração? Qual o significado? As respostas você descobrirá lendo essa matéria.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Pedi ao dono da seara que mande trabalhadores para a sua seara.»

«Pedi ao dono da seara que mande trabalhadores para a sua seara.» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São João Paulo II (1920-2005), papa Mensagem para a 38.ª Jornada de oração pelas vocações, 6 de Maio 2001 (trad. © copyright Librerie Editrice Vaticana)
Daniel Caixeta's insight:

Pai santo, fonte inesgotável da existência e do amor,
Que mostras no homem vivo o esplendor da tua glória,
E que depositas no seu coração a semente do teu apelo,
Faz com que ninguém, por negligência nossa, ignore ou perca esse dom, 
Mas que todos possam caminhar com grande generosidade
Para a realização do teu amor.

Senhor Jesus, que durante a tua peregrinação nas estradas da Palestina,
Escolheste e chamaste os apóstolos
E lhes confiaste a missão de pregar o Evangelho,
De apascentar os fiéis, de celebrar o culto divino,
Faz com que, também hoje, a tua Igreja não tenha falta De padres santos que levem a todos
Os frutos da tua morte e da tua ressurreição. 

Espírito Santo, Tu que santificas a Igreja
Com a constante efusão dos teus dons,
Põe no coração dos escolhidos à vida consagrada 
Uma íntima e forte paixão pelo teu Reino,
Para que, com um «sim» generoso e incondicional,
Eles coloquem a sua existência ao serviço do Evangelho.

Virgem Santíssima, tu que sem hesitar
Te ofereceste a ti própria ao Todo-Poderoso
Para a realização do seu desejo de salvação,
Suscita a confiança no coração dos jovens
Para que haja sempre pastores zelosos,
Que guiem o povo cristão no caminho da vida,
E almas consagradas capazes de testemunhar
Pela castidade, a pobreza e a obediência, 
A presença libertadora do teu Filho ressuscitado.

Ámen.

Fonte: Evangelho Quotidiano. 14º Domingo do Tempo Comum - Ano C. 03.jul.2016.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

O que é o Advento e como podemos vivê-lo?

O que é o Advento e como podemos vivê-lo? | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
O Advento é o tempo de preparação para celebrar o Natal e começa quatro domingos antes desta festa. Além disso, marca o início do novo Ano Litúrgico católico e em 2018 começará no domingo, 2 de dezembro.

 
Daniel Caixeta's insight:
Share your insight
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Venha o teu Reino» (Mt 6, 10)

«Venha o teu Reino» (Mt 6, 10) | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
Orígenes (c. 185-253) presbítero, teólogo A oração, 25; GCS 3, 356.
Daniel Caixeta's insight:

O reino do pecado é inconciliável com o reino de Deus. Portanto, se queremos que Deus reine sobre nós, «que o pecado não reine mais no vosso corpo mortal» (Rom 6,12). Mas «crucifiquemos os nossos membros no que toca à prática de coisas da terra» (Col 3,5), demos frutos do Espírito. Assim, como num paraíso espiritual, o Senhor passeará em nós (Gn 3,8), reinando sozinho com o seu Cristo. Este será entronado em nós «à direita do Todo-Poderoso» (Mt 26,64), que desejamos receber até que todos os seus inimigos presentes em nós «se tornem estrado para os seus pés» (Sl 110,1) e seja expulso para longe «todo o principado, toda a dominação e poder» (1Cor 15,24).

Tudo isto pode acontecer em cada um de nós até que seja destruído «o último inimigo [...]: a morte» (1Cor 15,26) e Cristo diga em nós: «Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?» (1Cor 15,55) Por isso, desde agora, que tudo o que é «corruptível» em nós se torne santo e «se revista de incorruptibilidade» e o que é «mortal» [...] se «revista da imortalidade» (1Cor 15,53) do Pai. Assim, Deus reinará sobre nós e estaremos desde já na alegria do novo nascimento e da ressurreição.

Fonte: Evangelho Quotidiano. Solenidade do Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo (Calendário Ordinário). 25;nov.2018.
more...
No comment yet.
Scooped by Daniel Caixeta
Scoop.it!

«Se ao menos hoje conhecesses o que te pode dar a paz!»

«Se ao menos hoje conhecesses o que te pode dar a paz!» | Meu Cantinho de Fé [...] | Scoop.it
São Rafael Arnaiz Barón (1911-1938) monge trapista espanhol Escritos espirituais 23/02/1938.
Daniel Caixeta's insight:

Debrucei-me um pouco da janela. […] O sol começava a levantar-se. Uma paz muito grande reinava sobre a natureza. Tudo começava a despertar, a terra, o céu, os pássaros. Tudo, pouco a pouco, começava a despertar sob as ordens de Deus. Tudo obedecia às suas leis divinas, sem queixas nem sobressaltos, suavemente, com mansidão, tanto a luz como as trevas, tanto o céu azul como a terra dura coberta pelo orvalho da alvorada. Que bom é Deus!, pensei. Há paz em tudo, exceto no coração humano.

Delicada e suavemente, Deus ensinou-me também, nessa madrugada doce e tranquila, a obedecer; uma grande paz encheu a minha alma. Pensei que só Deus é bom, que tudo é ordenado por Ele, que nada do que os homens fazem ou dizem tem importância, e que, para mim, só uma coisa deve haver no mundo: Deus. Deus, que tudo vai ordenar para o meu bem. Deus, que faz que a cada manhã o sol se levante, que faz que a geada derreta, que faz que os pássaros cantem, e que transmuta as nuvens do céu em mil cores suaves. Deus, que me oferece um cantinho nesta Terra para orar, que me dá um cantinho onde posso ficar à espera daquilo em que ponho a minha esperança.

Deus, que é tão bom para comigo, que, no silêncio, me fala ao coração e me ensina aos poucos, talvez em lágrimas, sempre com a cruz, a desligar-me das criaturas; a não procurar a perfeição a não ser n'Ele. Que me mostra Maria e me diz: «Eis a única criatura perfeita; nela encontrarás o amor e a caridade que não encontras junto dos homens. De que te queixas tu, Irmão Rafael? Ama-Me, sofre comigo; sou Eu, Jesus!»

Fonte: Evangelho Quotidiano. Quinta-feira da 33ª semana do Tempo Comum. 22.nov.2018.
more...
No comment yet.