LINGUAGEM ESCRITA | LINGUAGEM ESCRITA | Scoop.it

 

Linguagem Escrita

“O aprendizado da linguagem escrita representa um novo e considerável salto no

desenvolvimento da pessoa. O domínio do sistema complexo de signos fornece novos instrumentos

de pensamento, na medida em que aumenta a capacidade de memória e registro de informações.

Enfim, promove modos diferentes e ainda mais abstratos das pessoas se relacionarem com outras e

com o conhecimento”.

 

 

Você sabe o que é Dislexia ?

Definida como um distúrbio ou transtorno de aprendizagem na área da leitura, escrita e soletração, a dislexia é o distúrbio de maior incidência nas salas de aula. Pesquisas realizadas em vários países mostram que entre 05% e 17% da população mundial é disléxica.

“A dislexia é persistente, mas não é uma incapacidade e sim uma dificuldade a ser vencida com sucesso “.

 

SINAIS DE ALERTA...

Como a dislexia é genética e hereditária, se a criança possuir pais ou outros parentes disléxicos quanto mais cedo for realizado o diagnóstico melhor para os pais, á escolar e á própria criança. A criança poderá passar pelo processo de avaliação realizado por uma equipe multidisciplinar especializada.

A criança disléxica Haverá sempre:

Dificuldade com a linguagem e escrita;Dificuldade em escrever;Dificuldade com a ortografia;Lentidão na aprendizagem da leitura.

 

O que é o TDAH ?

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida.

Ocorre em 3 a 5% das crianças, em várias regiões diferentes do mundo em que já foi pesquisado.

Quais são os sintomas de TDAH?

Desempenho inapropriado nos mecanismos que regulam a atenção, a reflexibilidade e a atividade, ocasionando sintomas :Desatenção, Impulsividade e Hiperatividade.

O TDAH na infância em geral se associa a dificuldades na escola e no relacionamento com demais crianças, pais e professores. As crianças são tidas como "avoadas", "vivendo no mundo da lua" e geralmente "estabanadas" e com "bicho carpinteiro" ou “ligados por um motor” (isto é, não param quietas por muito tempo). Os meninos tendem a ter mais sintomas de hiperatividade e impulsividade que as meninas, mas todos são desatentos. Crianças e adolescentes com TDAH podem apresentar mais problemas de comportamento, como por exemplo, dificuldades com regras e limites.

 

Professores devemos ficar atentos a cada situação de aprendizagem!

 

Bibliografia :

http://www.scelisul.com.br/cursos/graduacao/pd/artigo4.pdfhttp://www.tdah.org.br/index.php?option=com_k2&view=item&layout=item&id=11&Itemid=116&lang=br