O artigo levanta a história da educação permanente, propõe que seja dispositivo de mudança na saúde, e discute as metodologia ativas associadas ao conceito de aprendizagem significativa.