Inovação Educacional
346.9K views | +0 today
Follow
 
Inovação Educacional
Noticias, publicacoes e artigos de opiniao que abram caminhos para a inovacao educacional.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

O Brasil deve eleger a capacitação em Ciência, Tecnologia e Inovação como uma de suas prioridades 

O Brasil deve eleger a capacitação em Ciência, Tecnologia e Inovação como uma de suas prioridades  | Inovação Educacional | Scoop.it

Por Luciano Sathler

O desenvolvimento de competências para ciência, tecnologia e inovação (CTI) é algo fundamental. Mais: é urgente e deve ser priorizado para a transformação da realidade socioeconômica brasileira.

Durante meus estudos de mestrado e doutorado, tive o privilégio de conviver com pesquisadores que, à sua profunda erudição e elevado rigor científico, somavam uma visão instigante de mundo, que mobilizava estudantes a refletirem sobre si mesmos e sobre a sociedade.

Um desses mestres foi o economista Ladislau Dowbor, cuja história de vida se soma a uma vastidão de conhecimentos e profícua produção científica – características que o permitem ser reconhecido internacionalmente. Seu foco principal? Enfrentar a pobreza e combater a desigualdade. Via de regra, Ladislau não é considerado simpatizante das políticas defendidas pelo Banco Mundial e outros órgãos multilaterais. Mas sempre teve abertura intelectual o suficiente para analisar os dados publicados por essas instituições – seja para refutar, criticar ou demonstrar fatos que saltavam aos olhos.

Na mesma linha crítica do mestre Ladislau, quero refletir sobre uma de 2008, escrita por autores designados pelo Banco Mundial, com o título “Science, technology, and innovation: capacity building for sustainable growth and poverty reduction”. Na data em escrevo está disponível para download aqui.

O trabalho advém do Fórum Global de Ciência, Tecnologia e Inovação, realizado em fevereiro de 2007, nos Estados Unidos. O objetivo foi discutir estratégias, programas e políticas para ampliar a capacidade científica, tecnológica e de inovação nos países empobrecidos, para promover o crescimento sustentável e, consequentemente, a redução da pobreza. Vejamos alguns tópicos:

  • Redução de pobreza e caminhos para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis promulgados pela ONU – Para que consigam aplicar Ciência, Tecnologia e Inovação na resolução de seus problemas, as comunidades locais devem ser participantes ativas no processo de desenvolvimento – e não meramente destinatários passivos da tecnologia desenvolvida por outros povos. O empreendedorismo e as habilidades de marketing também são importantes. Mas sem a capacidade de desenvolver soluções tecnologicamente superiores ou inovadoras, ambas serão competências que não garantirão sucesso na construção das capacidades produtivas dos países.
  • Ampliação do valor agregado aos recursos naturais exportados – Embora possa parecer paradoxal num primeiro momento, muitos economistas consideram a oferta abundante recursos naturais como um potencial problema. O raciocínio sugere que a abundância desacelera o crescimento e dificulta a diversificação econômica. É preciso escapar desse ciclo vicioso. Para isso, os países têm que desenvolver competências adequadas de CTI para que as organizações locais tenham a capacidade de produzir e exportar mais bens e serviços de maior intensidade tecnológica. Fundamental é que cientistas, empreendedores e demais trabalhadores estejam aptos para executar tarefas mais complexas, que pedem melhor formação e espaço para a criatividade.
  • Atualização tecnológica e captura da vantagem do retardatário – Os países empobrecidos são, atualmente, os retardatários tecnológicos – uma desvantagem frente aos países ricos no que diz respeito à capacidade em CTI. Porém, isso não significa uma condenação permanente que empurre as nações pobres para trás. É possível diminuir o fosso e recuperar terreno se houver aprendizagem, convertendo o atraso em vantagem. Por exemplo: os retardatários não têm que inventar a maioria das tecnologias de produção ou processos a serem adotados. Nem precisam começar com a tecnologia mais antiga e trilhar o mesmo histórico de progressão que os países mais ricos seguiram. É possível saltar e mover-se diretamente para as tecnologias mais avançadas. Essa rápida progressão tecnológica pede o desenvolvimento interno da capacidade de encontrar tecnologias existentes, adaptá-las para uso local e incorporá-las ao processo produtivo. É o que a China tem feito nas últimas décadas.
  • O papel da Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) – Já existem muitas tecnologias que podem colaborar para reduzir a pobreza, agregar valor às exportações e atualizar a proficiência tecnológica da população em nações empobrecidas. É comum que muitas estejam com seu uso difundido nos países ricos. Portanto, uma das primeiras tarefas no desenvolvimento da CTI deve ser voltada ao uso e adaptação das tecnologias existentes. Para a maioria, isso requer o desenvolvimento de competências técnicas e profissionais no campo das ciências, tecnologias, engenharias, artes e matemática – conhecido pela sigla em inglês Steam. Não significa a ideia de que nenhum papel há para P&D nas fronteiras do conhecimento. Mas somente que os dois tipos de esforços devem estar previstos nas políticas públicas e iniciativas privadas de inovação.

Dentre as conclusões principais do Fórum, destaco:

O Ensino Fundamental de boa qualidade é essencial, mas não suficiente. Nenhum país terá condição de melhorar suas condições socioeconômicas se não cuidar da qualidade e inclusão no Ensino Médio e na Educação Superior. O pensamento que defende serem os salários baixos um diferencial competitivo não se sustenta diante da crescente automação dos trabalhos manuais e repetitivos.

A centralidade das mulheres para a redução da pobreza exige que o combate à Desigualdade de Gênero seja priorizado nas estratégias para o desenvolvimento das competências para CTI.

Desenvolver competências para CTI é muito mais do que focar apenas em tecnologias de ponta. As necessidades locais em países empobrecidos pedem um olhar também para as questões mais básicas, tais como saneamento básico, economia ambiental, doenças tropicais, desnutrição e combate à violência. Soluções intensivas de tecnologia concebidas ou adaptadas para temas como esses têm elevado potencial de gerar maior prosperidade e competitividade.

DIMENSÕES DA CAPACITAÇÃO EM CTI

O infográfico a seguir apresenta quatro dimensões necessárias à capacidade para a CTI: pessoas competentes; empreendedorismo, organizações e ecossistema de inovação. Confira no infográfico acima.

Mesmo que um país empobrecido aumente drasticamente o tamanho, a qualidade e seu esforço de pesquisa, é improvável que o sistema local de P&D gere mais do que uma pequena fração do total de conhecimento necessário para mudar a matriz socioeconômica. Portanto, a maioria do conhecimento que qualquer nação vai precisar será produzido por outros.

Como resultado, o desenvolvimento da capacidade de identificar, localizar, adquirir, adaptar e adotar esse conhecimento existente deve ser um componente indispensável da capacidade em CTI.

E a capacidade de produzir e usar novos conhecimentos por meio de P&D? Bem, ela implica na capacidade de conduzir a pesquisa básica de alto nível, sozinhos ou em parceria com os principais institutos globais de P&D. Ou ser capaz de encontrar novas maneiras de resolver problemas locais como, por exemplo, sistemas de filtragem de nanotecnologia para fornecer água potável ou biogás como alternativa energética.

O Brasil deve eleger a capacitação em CTI como uma de suas prioridades. Não há outro caminho, a não ser mudar a forma como são administrados os sistemas de educação, para incorporar também nestes a inovação – na gestão, nas parcerias, nas metodologias, nos conteúdos, nos espaços e nas relações.

Publicado originalmente por Desafios da Educação, em 28 de março de 2018.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Fábrica de Cursos lança o Rapid, uma revolução na produção de conteúdos para empresas

Fábrica de Cursos lança o Rapid, uma revolução na produção de conteúdos para empresas | Inovação Educacional | Scoop.it
Mas o que é o Rapid da Fábrica? Uma assinatura onde o cliente passa a ter sua própria fábrica de cursos. Mensalmente, serão produzidos Rapids, objetos de aprendizagem em diversos formatos, a partir do material recebido do cliente. “Em até dez dias o cliente tem um Rapid em mãos. Assim, ele tem agilidade e qualidade, além de ter suas expectativas atendidas em relação ao layout e às interações. Ah, e ele passa a controlar melhor seus recursos”, explica Sylvia.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Tendências de Capital Humano 2018 | Deloitte Brasil

Tendências de Capital Humano 2018 | Deloitte Brasil | Inovação Educacional | Scoop.it

A pesquisa "Tendências Globais de Capital Humano 2018" entrevistou mais de 11 mil líderes de negócios e de Recursos Humanos de 124 países. O estudo revela 10 áreas nas quais as empresas devem focar para aprimorar a organização, a gestão, o desenvolvimento e o alinhamento das pessoas no trabalho.
As empresas não são mais avaliadas somente por suas performances financeiras e pela qualidade de seus produtos e serviços. Elas também são julgadas por como tratam e engajam suas pessoas e clientes, pelo suporte dado à comunidade em que atuam e pelo impacto que têm na sociedade como um todo. Esses são fatores cada vez mais importantes para atrair e conservar funcionários, construir uma reputação duradoura e conquistar a lealdade dos clientes.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Oracle Academy leva machine learning e IA para as salas de aula

Oracle Academy leva machine learning e IA para as salas de aula | Inovação Educacional | Scoop.it

O Oracle Academy também lançou novo currículo do curso de inteligência artificial e aprendizagem de máquina. Aplicando metodologia baseada em projetos, o curso se expande a partir de conceitos e qualificações obtidos em aulas de Conceitos Básicos de Java (Java Foundations) e Programação Java (Java Programming) do Oracle Academy.
. Conexia apresenta app de interação com inteligência artificial
. Microsoft: realidade mista, AI e computação quântica são futuro da aprendizagem
Planejado para alunos de graduação em computação, o curso exige que os estudantes projetem, implementem e demonstrem uma solução de aprendizagem de máquina em Java. O objetivo é que possam, com isso, ajudar empresas ou organizações a enfrentar um desafio do mundo real.
Além disso, em colaboração com o Oracle Global Startup Ecosystem, o Oracle Academy lançou uma série de palestras em vídeo para promover discussões em sala de aula com histórias de empreendedores.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Aprendizagem Criativa é outra grande aposta para o ensino inovador

Aprendizagem Criativa é outra grande aposta para o ensino inovador | Inovação Educacional | Scoop.it
Mas a Aprendizagem Criativa da forma que conhecemos hoje em dia é um termo inspirado nas ideias do educador Seymour Papert e endossado por Mitchel Resnick. Define uma abordagem educacional mão na massa que estimula o aprendiz a aproveitar materiais artesanais ou tecnológicos para dar forma e sentido prático à aprendizagem.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Conheça a história de professor que pediu demissão após ser agredido por alunos 

Conheça a história de professor que pediu demissão após ser agredido por alunos  | Inovação Educacional | Scoop.it
Thiago dos Santos Conceição virou assunto da semana depois que alguns de seus alunos transformaram uma aula num episódio de humilhação e violência.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Formação em negócios é essencial para abrir empresa audiovisual 

Formação em negócios é essencial para abrir empresa audiovisual  | Inovação Educacional | Scoop.it
Cursos ajudam empreendedor a conhecer mercado, editais, leis de incentivo e estratégias de marketing
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Pequeno círculo de poder celebrou fogo no Museu Nacional

Pequeno círculo de poder celebrou fogo no Museu Nacional | Inovação Educacional | Scoop.it
Junto com a Associação Amigos do Museu Nacional (SAMN), elaborou seis projetos para a Lei Rouanet, um deles para prevenção de incêndio, totalizando R$ 17,6 milhões. Mas o setor empresarial não se interessou. Houve apenas a captação para a realização de uma exposição, de R$ 1 milhão. A reitoria, prevendo as dificuldades, trabalhou com a SAMN e a direção do MN um ambicioso projeto com o BNDES, abrangendo a reforma estrutural, prevenção de incêndio e retirada das atividades acadêmicas e administrativas para liberar o prédio para exposições.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Sala de aula online - Sebrae Live

Sala de aula online - Sebrae Live | Inovação Educacional | Scoop.it

O ritmo é de sala de aula, mas o curso é pela internet. Empreendedores têm contado com a tecnologia para aprender ao vivo com professores a gerenciar melhor seus negócios, sem precisar se deslocar. Com a ferramenta Sebrae Live, do Sebrae-SP (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa de São Paulo), é possível ter a praticidade de um curso online com a interação de uma aula presencial sem pagar nada por isso.
Os cursos disponíveis no Sebrae Live são voltados para quem precisa de conhecimento sobre o dia a dia da empresa e pensados para atender o empreendedor que tem uma agenda apertada, mas não quer abrir mão de acompanhamento na hora de estudar, explica Adriano Campos, consultor de negócios do Sebrae-SP e um dos idealizadores do serviço. 
A farmacêutica Claudia Tereza Caresatto, 49, que dá consultoria para drogarias e farmácias de manipulação, fez o curso de Atendimento ao Cliente e renovou o conteúdo dos treinamentos que oferece. Wagner Lourenço Gonçalves, 48, tem um laboratório de análises clínicas e participou do curso Equipe Motivada, que ajudou engajar mais seus funcionários.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Em 11 países europeus, só terão recursos estudos publicados em acesso aberto

Em 11 países europeus, só terão recursos estudos publicados em acesso aberto | Inovação Educacional | Scoop.it
Comissão Europeia e agências de fomento nacionais formam coalizão para impor exigência para pesquisas com financiamento público
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Cresce o número de brasileiros matriculados no ensino a distância | RedeTV! 

Cresce o número de brasileiros matriculados no ensino a distância | RedeTV!  | Inovação Educacional | Scoop.it
O dado é referente ao novo censo do ensino superior divulgado pelo Ministério da Educação. O levantamento ainda mostrou que houve queda de 0,4% de matriculados em cursos presenciais.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Produção de lixo no mundo pode aumentar 70% até 2050, diz Banco Mundial

Produção de lixo no mundo pode aumentar 70% até 2050, diz Banco Mundial | Inovação Educacional | Scoop.it

A vertiginosa proliferação de resíduos no mundo é uma ameaça adicional para a saúde da população e do meio ambiente, já afetados pelas mudanças climáticas, disse o Banco Mundial em um relatório publicado nesta quinta-feira.
Caso não sejam tomadas medidas urgentes, o volume de resíduos aumentará 70% até 2050, quando se calcula que alcançará os 3,4 bilhões de toneladas frente a 2,01 bilhões de 2016, segundo a instituição com sede em Washington.
"A má gestão dos resíduos prejudica a saúde humana e o meio ambiente, o que se soma ao problema do clima", disse Laura Tuck, vice-presidente de desenvolvimento sustentável do Banco Mundial.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Jovem Doutor lançado em Balneário

Jovem Doutor lançado em Balneário | Inovação Educacional | Scoop.it

O Projeto Jovem Doutor, criado pela Universidade de São Paulo (USP) será desenvolvido em Balneário Camboriú, primeira cidade catarinense a participar das aulas do projeto, que utiliza recursos de Telemedicina e educação a distância, para trabalhar temas de saúde e qualidade de vida. A aula inaugural foi nesta sexta-feira (21) por meio de videoconferência, entre os alunos e o coordenador do projeto, Chao Lung Wen.
A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Educação, Conselho Municipal Antidrogas (COMAD) e a Universidade de São Paulo (USP), através do Departamento de Patologia da Faculdade de Telemedicina. O Projeto Jovem Doutor é uma atividade multiprofissional que será realizada com 40 alunos do 8º ano dos Centros Educacionais Municipais (CEM’s) Dona Lili (14 alunos), Alfredo Domingos da Silva (06 alunos) e Presidente Médici (20 alunos). Na aula inaugural foi abordado o tema “Saúde Mental: o uso de smartphones e as redes sociais”.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Relatório apresenta propostas para avaliar qualidade da educação – Jornal da USP

Relatório apresenta propostas para avaliar qualidade da educação – Jornal da USP | Inovação Educacional | Scoop.it
Documento produzido pelo Instituto de Estudos Avançados da USP reúne contribuições de especialistas e gestores
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Retrospectiva do Investimento Anjo no Brasil 

Um dos pioneiros desse movimento, especificamente em Investimento Anjo no Brasil, foi Yuri Gitahy que começou em 2007 de forma independente e logo depois em 2008, montou a Aceleradora que veio a ser a primeira aceleradora de Startups no Brasil inspirado na aceleradora Y Combinator dos Estados Unidos. Em seguida veio o Marcelo Sales com a segunda Aceleradora no Brasil que foi a 21212 no Rio de Janeiro. Apesar de pioneiras, ambas aceleradoras parecem não operar mais hoje. Eu por exemplo, comecei a fazer investimento Anjo em 2008 após tentar captar investimento para um e-commerce de ingressos no Silicon Valley que eu empreendia na época.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Robótica educacional: confira o resultado do primeiro IYRC IN Brazil

Robótica educacional: confira o resultado do primeiro IYRC IN Brazil | Inovação Educacional | Scoop.it
O 1º Campeonato Internacional de Robótica Educacional realizado no país já tem seus resultados. Disputado nos dias 1º e 2 de setembro, em Leme, interior de São Paulo, o IYRC IN Brazil reuniu mais de mil alunos de escolas públicas e particulares de diversas regiões do país.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa

Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa | Inovação Educacional | Scoop.it

Bem-vindo à Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa!
Somos uma rede de educadores, artistas, pesquisadores, empreendedores, alunos e outros interessados na implementação de ambientes educacionais mais mão-na-massa, criativos e interessantes nas escolas, universidades, espaços não-formais de aprendizagem e residências de todo o Brasil.
O desafio é grande e a sua experiência vale muito. Juntos, conseguiremos ir bem longe!
Para juntar-se à Rede, basta participar das discussões e iniciativas articuladas no fórum, no calendário de eventos, no mapa e nos grupos de trabalho.
A Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa surgiu em 2015 a partir de uma parceria entre o Programaê (uma colaboração da Fundação Lemann com a Fundação Telefonica Vivo) e o Lifelong Kindergarten Group do MIT Media Lab. Atualmente, contamos com centenas de participantes de todo o Brasil.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Projeto TED voltado para educação chega ao Brasil em português

Projeto TED voltado para educação chega ao Brasil em português | Inovação Educacional | Scoop.it

Direcionado a professores e alunos, a iniciativa Clubes TED-Ed é lançada no Brasil, totalmente em português. O programa objetiva estimular as ideias em ambiente escolar, voltado para os ensinos fundamental e médio.
Educadores de escolas públicas e privadas podem se cadastrar como líder de Clube TED-Ed e implementar o programa com os seus alunos.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Polícia do Rio faz operação de combate à emissão de diplomas escolares falsos

Polícia do Rio faz operação de combate à emissão de diplomas escolares falsos | Inovação Educacional | Scoop.it

A Delegacia de Defraudações da Polícia Civil do Rio de Janeiro realiza, na manhã desta segunda-feira (24), uma operação de combate à emissão de diplomas escolares falsos, distribuídos para pessoas que não concluíram os estudos. Os supostos formandos chegaram a ter os nomes publicados no Diário Oficial.
A ação, chamada de Operação Nota Zero, conta com mais de 110 policiais civis cumprindo 35 mandados de busca e apreensão em escolas e residências de donos, diretores e funcionários de colégios no Centro e nas zonas Sul, Norte e Oeste do Rio, além dos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo e Nilópolis, na Baixada Fluminense.

Segundo os policiais, o grupo movimentou cerca de R$ 700 milhões nos últimos cinco anos com a emissão de 350 mil diplomas.
Entre os alvos estão um oficial reformado da Polícia Militar, que consta como sócio e diretor de um dos colégios investigados e já tem oito anotações criminais, inclusive por associação criminosa e falsidade ideológica; um ex-conselheiro do Conselho Estadual de Educação que, além de dono de uma das escolas, participava das votações que autorizam ou não o funcionamento de unidades de ensino no Estado do Rio. Este, inclusive, ainda ocupava o cargo de conselheiro quando seu colégio, mesmo em meio a denúncias de fraude na emissão de documentos, teve o credenciamento renovado. Também são alvos funcionários das escolas, que assinaram e atestaram serem legítimos os documentos fraudados.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Competitividade da indústria é ameaçada pelo atraso em inovar 

Competitividade da indústria é ameaçada pelo atraso em inovar  | Inovação Educacional | Scoop.it

"Faltam mais escolas técnicas para preparar essas pessoas para a indústria 4.0. As empresas provavelmente vão resolver isso como fazem hoje, com soluções internas de capacitação”, diz Oliveira.
A questão também é urgente para os trabalhadores. Em seus estudos, a consultoria prevê que, no Brasil, 15,7 milhões de empregos podem ser automatizados até 2030.
“Vamos perder muitos trabalhos básicos que robôs poderão fazer mais rápido, barato e com melhor qualidade. É preciso repensar onde criar empregos para o país prevenir um desemprego muito maior no futuro”, afirma Hagemann.
Segundo ele, a principal preocupação de governos em relação ao avanço tecnológico deveria ser identificar quais serão os trabalhos do futuro e adequar o sistema educacional para formar profissionais novos e requalificar quem já está no mercado.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

"Diziam que estava tirando vaga de um homem", diz primeira diretora da Poli

"Diziam que estava tirando vaga de um homem", diz primeira diretora da Poli | Inovação Educacional | Scoop.it
Seis meses após ocupar o cargo, Liedi diz que se surpreendeu com a repercussão positiva entre as mulheres da universidade. Conta que muitas alunas, professoras e funcionárias ainda a cumprimentam e a sensação é que houve uma “satisfação coletiva das meninas” ao se sentirem representadas. Na nova posição, a professora diz que “não dorme tranquila” ao ver que a inclusão dos alunos de escola pública ainda não ocorre plenamente na Poli e torce para que cada vez mais as meninas vençam o machismo se interessem pela ciência. Assim como ela.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Why schools should teach the curriculum of the future, not the past

Why schools should teach the curriculum of the future, not the past | Inovação Educacional | Scoop.it
Robots, artificial intelligence, automation – no longer the stuff of science fiction movies. Overwhelming evidence shows the shift in what the workforce needs is already underway and that it will continue to grow much larger in the future. All around the world, leaders from government and industry debate the future of work and the changes brought by technology and automation. Despite this, the world is not reacting fast enough to update our system of education.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Menos intransigência e mais bom senso

Menos intransigência e mais bom senso | Inovação Educacional | Scoop.it
No mundo de hoje, em que a tecnologia é parte importante da aprendizagem, do trabalho e das relações sociais, querer minar qualquer possibilidade de que o aluno aprenda uma parte do conteúdo de forma remota é um contrassenso
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Qual a importância da ciência para o desenvolvimento de um país?

Qual a importância da ciência para o desenvolvimento de um país? | Inovação Educacional | Scoop.it
Ernane Xavier da Costa é prof. livre docente da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP-Pirassununga
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Brasil ‘vai ser atropelado’ por revolução digital e automação, avalia especialista

Brasil ‘vai ser atropelado’ por revolução digital e automação, avalia especialista | Inovação Educacional | Scoop.it
Sem investimentos em educação e infraestrutura, o Brasil “vai ser atropelado” pela revolução digital, avalia o especialista em robótica Edson Prestes. O brasileiro integra o Painel de Alto Nível da ONU sobre Cooperação Digital, que se reúne pela primeira vez nesta segunda-feira (24), em Nova Iorque. Em entrevista ao Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio), o pesquisador defende que países em desenvolvimento precisam ter mão de obra qualificada para lidar com a crescente automação do setor produtivo.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

IBP faz pré-lançamento da universidade setorial da indústria de petróleo

Na última segunda-feira, 17 de setembro, o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) fez o pré-lançamento da UnIBP – a universidade setorial da indústria de petróleo, gás e biocombustíveis – para representantes da área de Recursos Humanos das principais empresas do setor.
O evento contou com palestras de Leyla Nascimento, presidente da World Federation of People Management Associations e CEO do Grupo Capacitare e do professor Gil Giardelli, consultor na área de inovação e Economia Digital.
Segundo Leyla, o mundo passa por um rearranjo do modelo corporativo em que se busca uma nova forma de atuar. “Precisamos trabalhar nós mesmos como líderes de leituras de cenários. Precisamos estar atentos ao que vem acontecendo não só na nossa cidade e no nosso país, mas também lá fora. É preciso ter um olhar total. Estamos todos dentro desta polarização de um mundo corporativo em mudança”, afirmou.

more...
No comment yet.