Especialista canadense defende que a informação em poder de um governo não pertence ao Estado, mas à população