O arcebispo de Canterbury, Rowan Williams, primaz da Igreja da Inglaterra, anunciou nesta sexta-feira que renunciará em dezembro para assumir um posto universitário, informou o Palácio de Lambeth, sede dos anglicanos