Esse vídeo nos mostra que existiram e ainda existem pessoas que não se coagem frente ao imperialismo midiático.

Quem diria que a Globo teria de ler no Jornal Nacional um direito de resposta tão crítico e revelador sobre sua história e maneira de manipular fatos e pessoas?