Cotidianos latinoamericanos; discursos, perspectivas e novas possibilidades de linguagem
14 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Adalberto Ribeiro
Scoop.it!

Black Bloc - o Brasil de preto

Pela primeira vez os anarquistas na linha de frente dos protestos de rua do país tiram a máscara e falam à GQ. Entenda quem são os manifestantes que enfrenta...
more...
No comment yet.
Scooped by Adalberto Ribeiro
Scoop.it!

Discurso Luiz Ruffato Frankfurt

Discurso de abertura no maior evento editorial do mundo, no qual o Brasil foi homenageado. Você pode ver mais em;

http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2013/10/08/luiz-ruffato-faz-duras-criticas-ao-brasil-na-abertura-em-frankfurt-511413.asp

 

Grande impacto causou na imprensa nacional e internacional o discurso do brasileiro que é autor, dentre outros, de Eles eram muito cavalos (Cia das Letras, 2013) causando até indignação de compatriotas que bravejou, " ele não me representa". O fato que que rufatto toca em feridas abertas na fotografia da condição brasileira.

Vale a pena ver e rever.

 

more...
No comment yet.
Scooped by Adalberto Ribeiro
Scoop.it!

Discurso Nobel de Literatura 1982 Gabriel García Márquez

Esse discuso em portugues você encontra em;

http://leiturasdogiba.blogspot.com.br/2008/07/solido-dos-outros-vi-discurso-de-garca.html

more...
No comment yet.
Scooped by Adalberto Ribeiro
Scoop.it!

Discurso Nobel Literatura 2010 Mario Vargas Llosa

O escritor peruano, Mario Vargas Llosa, ganhador do Nobel 2010 de literatura, discursa (pena que em espanhol  e sem legenda) para plateia em Estocolmo, Suecia. Vale a pena assistir e ler. Você pode encontrar o discurso transcrito e traduzido nesse link do Estadão 

http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,veja-a-integra-do-discurso-de-mario-vargas-llosa-em-estocolmo,651327,0.htm

Adalberto Ribeiro's insight:

Ele fala, entre outras coisas, como começou a ler e que isso foi a coisa mais importante de sua vida. Fala também da capacidade transformadora da literatura e a capacidade que ela tem de apreender e subverter a linguagem do poder, " quem duvida que a literatura, além de nos levar ao sonho da beleza e da felicidade, nos alerta contra toda forma de opressão, pergunte por que todos os regimes empenhados em controlar a conduta dos cidadãos, do berço ao túmulo, a temem tanto a ponto de estabelecerem regras de censura para reprimi-la"  diz o Peruano em um trecho de seu discurso. No Irã e na China por exemplo a circulação de textos literários é controlada por seus respectivos governos.

Vargas Llosa ainda discorre sobre a construção da identidade de seu povo e dos povos sulamericanos, com temas bem pertinentes a situação brasileira.

more...
No comment yet.