Antenados APP | CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA | Scoop.it

CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA

 

Os alunos do Ensino Médio foram desafiados a “defenderem ou condenarem “ a personagem Capitu, de Machado de Assis, no romance “Dom Casmurro”. Metade da classe deveria provar que ela traiu seu marido na trama e a outra que não. Os alunos tiveram logicamente que, além de lerem o livro, pesquisarem em diferentes fontes tecnológicas, como se argumenta uma defesa ou uma acusação, quais informações dadas pelo autor poderiam ser úteis, qual é o papel de um juiz, além de formularem várias questões com o objetivo de mostrar que sua opinião era a certa e que a do outro grupo não era.
O professor serviu de mediador e todos os alunos tiveram a oportunidade de vivenciarem a opinião do outro, dialogarem sobre o que achavam das diversas atitudes dos diferentes personagens, como redigiriam um texto dissertativo que deve ser embasado em fatos e não em “achismos”. A atividade também propiciou uma maior integração, troca de experiências e informações entre o professor e alunos, aulas mais diversificadas e diferenciadas, unindo teoria e prática e estimulando o protagonismo juvenil, um maior reconhecimento das potencialidades e habilidades dos alunos por parte do professor, além do desenvolvimento do senso de responsabilidade.
O objetivo foi atingido, pois todos foram unânimes em concordarem que desta maneira o livro foi muito mais entendido, ao invés de ser cobrado somente numa avaliação em que todos pegariam o resumo da obra na internet.
A partir da atividade, outros temas foram abordados de forma semelhante sempre com bons resultados.
Cursista: Valéria Albertina Jacober