Vovó Cachola
276 views | +0 today
Follow
Vovó Cachola
Notícias sobre a Cia Vovó Cachola de Teatro. Saiba mais em www.vovocachola.art.br
Curated by Vovó Cachola
Your new post is loading...
Scooped by Vovó Cachola
Scoop.it!

'Vovó Cachola' espalha lendas indígenas nas escolas

'Vovó Cachola' espalha lendas indígenas nas escolas | Vovó Cachola | Scoop.it

Despertar o gosto pela leitura e a capacidade de imaginação das crianças. Foi com esse ideal que nasceu a companhia francana Vovó Cachola. Criado em 2013 por atores apaixonados por representar e trabalhar com crianças, o projeto tem como objetivo promover a diversidade cultural e contribuir para a formação da identidade cultural do país por meio do conhecimento e da valorização da cultura do Brasil.


Formada pelos contadores de histórias Anabrisa Tamaso,de 35 anos, e Edinho Souza, de 38, desde o início, a Vovó Cachola tem percorrido escolas infantis de Franca e cidades da região como Guará, Guaíra, Patrocínio Paulista, Ribeirão Corrente, Rifaina e as mineiras Delfinópolis e Cássia.


“Nosso desejo sempre foi focar no público escolar, somando a educação com temas da cultura popular, contribuindo assim pela valorização da nossa cultura e despertar as crianças para a leitura para a imaginação e a capacidade de sonhar”, disse Anabrisa.

Cerca de 6 mil crianças, das escolas municipais e também da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), já se deliciaram com as histórias apresentadas na peça Ñamandu, a sabedoria das lendas indígenas.


Retratando características específicas das tribos Xavante e Tupi Guarani, o espetáculo foi desenvolvido pela dupla, desde o ponto de pesquisa até a criação do roteiro, assim como a composição das músicas, figurino e cenário. No total, mais de 300 etnias indígenas foram estudadas ao longo da pesquisa.


Na última semana, alunos da Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) “Professora Etelgina de Fátima Viveiros”, no Residencial Júlio D’Elia, acompanharam a apresentação especial da dupla. Na ocasião, as crianças do 1º ao 5º ano se encantaram com a história de dois × ‘amo’ (‘melhores amigos’, na língua xavante), responsáveis por criar animais, insetos, a água e alimentos. Com muita música e diversão, os atores interagiram com o público e arrancaram muitas gargalhadas , ensinando um pouco mais sobre as lendas indígenas e a origem desse povo.


Próximas apresentações:

As apresentações do espetáculo nas escolas de Franca termina no mês de novembro. Na agenda estão previstas exibições nas escolas “Prof. Fausto Alexandre de Souza Teodoro”, no Santa Bárbara, no dia 04; “Professora Rita de Cássia Calixto Xavier”, no Pulicano, dia 07; “Professora Dorothea Paulino Ferro”, Jardim Paulo Archetti, dia 08; “Prof. Anor Ravagnani, no Parque das Esmeraldas, no dia 09 e a última do ano no dia 11, na “Prof. Augusto Marques”, na Vila Nova.


A comunidade em geral também pode acompanhar as apresentações, só é preciso confirmar presença antes pelo telefone (16) 99272-5832.


No próximo ano, a dupla trabalhará na criação de um novo espetáculo, desta vez tendo como tema a cultura africana. “Queremos que as crianças aprendam desde cedo a se valorizar enquanto povo, respeitando as diferenças entre raças e crenças, contribuindo para o despertar da cultura e da leitura”, concluiu Anabrisa.

more...
No comment yet.
Scooped by Vovó Cachola
Scoop.it!

Espetáculo Ñamandu é uma das atrações da Feira do Livro

Espetáculo Ñamandu é uma das atrações da Feira do Livro | Vovó Cachola | Scoop.it

Com várias tendas em frente à Concha Acústica, a Feira do Livro vem se destacando também pela interatividade, que está possibilitando entre os leitores e autores convidados. Neste domingo (4) a companhia de teatro Vovó Cachola leva ao publico infantil e aos pais mais uma apresentação teatral voltada ao cenário cultural brasileiro. Com o espetáculo Ñamandu, a sabedoria das lendas indígenas, as crianças e adultos poderão mergulhar nesse universo dos índios. O espetáculo Ñamandu está percorrendo todas as escolas de educação básica municipal de Franca com mais de 7 mil crianças atendidas nas 35 escolas.

more...
No comment yet.