Coisas do Brasil
5 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Rescooped by Stephen from Copa do Mundo 2014: benefício e prejuízos
Scoop.it!

Copa do Mundo 2014 « OngCea

Copa do Mundo 2014 « OngCea | Coisas do Brasil | Scoop.it

Site com documentário sobre despejo de moradores das favelas cariocas para a realização da Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016.


Via Veronica Gama
more...
No comment yet.
Rescooped by Stephen from Can't Stop
Scoop.it!

Chico Buarque - Construção (Clipe ao Vivo) HD

A obra prima "Construção" foi o quinto disco do cantor carioca. Lançado em um dos períodos mais críticos do Regime Militar, o álbum representa uma mudança no...

Via Quociente Cultural
more...
No comment yet.
Rescooped by Stephen from Peer2Politics
Scoop.it!

Sustainable Brasil | Politics 2.0

Sustainable Brasil | Politics 2.0 | Coisas do Brasil | Scoop.it

Meu Rio is a digital interface for civic engagement. Anybody living in the city can log on to the website and denounce a problem and launch a campaign to fix it. The issues are usually targeted and very local, such as the price of a ferry ticket or the cutting of a tree on a specific street. Miguel’s first concern when talking to me was to mention that Meu Rio was both non-for-profit and non-partisan.


Via jean lievens
more...
Rodrigo Vilela's curator insight, September 5, 2013 10:03 PM

excelente, incentivadora e promete!!! 

Rescooped by Stephen from ENSAIOS
Scoop.it!

A VERTENTE CULTURAL

 

Nasce um jornal-blog que vai debater a cultura brasileira do século XXI: A Vertente Cultural
O jornal On-line A Vertente Cultural tratará de temas diretamente relacionados com a identidade brasileira, sob o prisma da rica contribuição literária e artística do país.

 

 


O Brasil do século XXI vem-se esforçando para refletir com objetividade boa parte do debate atual a respeito da globalização e da sua inserção na nova ordem mundial, tanto no plano econômico, quanto diplomático e cultural. Somos, hoje, um país de grande peso na cena internacional, inegavelmente. A leitura da imprensa brasileira traz, sem dúvida, elementos para a compreensão desse fenômeno. Contudo, é preciso reconhecer que a imprensa confere, por vezes, um caráter mais informativo do que propriamente analítico a muitas das discussões travadas entre nós. Nem poderia ser diferente, dadas as limitações inerentes ao trabalho jornalístico, em órgãos de circulação diária. Mas o mesmo não ocorre necessariamente em relação às publicações de alcance mensal, às quais dispõem de um tempo mais longo para analisar os acontecimentos,


como que valorizando o componente estrutural dos fatos conjunturais.
Abordar as questões que tocam de perto a nacionalidade brasileira de um ponto de vista forçosamente pluralista e democrática é a meta dos editores do jornal A Vertente Cultural. Transformá-lo em uma tribuna de debates, em um espaço público crítico para examinar a democracia cultural brasileira, em plena transição para a sociedade do conhecimento, é onosso objetivo.


À frente deste empreendimento, a ser lançado no segundo semestre de 2012, está o historiador e jornalista Ivan Alves Filho. No Conselho Editorial, nomes do prestígio de Eros Grau, Ferreira Gullar e Francisco Inácio de Almeida. O jornal será produzido em Tiradentes, cidade histórica situada no Campo das Vertentes, em Minas Gerais. De periodicidade mensal, no que toca ao seu conteúdo fundamental, A Vertente Cukltural contará ainda com alguns artigos de periodicidade diária. A Vertente Cultural será enviada, via mailing, para 25 mil intelectuais, artistas, jornalistas, militantes sociais e homens públicos do país e do exterior, atingindo assim um público qualificado, multiplicador de opinião.


Os contatos para a formação da equipe editorial já estão em marcha. O corpo de colaboradores do jornal já está sendo montado, reunindo o que aintelectualidade brasileira tem de melhor. Instituições universitárias e culturais da região do Campo das Vertentes serão integradas ao projeto.


Em tempo: a região das Vertentes é o núcleo de um conjunto de quase 200 cidades, espalhadas pelos estados de Minas gerias, São paulo, rio de Janeiro e espírito santo.

 

Pauta Editorial


Para que se possa proceder a uma avaliação do sentido editorial a ser adotado pela publicação, resumimos, a seguir, a pauta elaborada pelo editor:

 

- Abertura - Com as principais chamadas de matéria e editoriais, expediente, seção Brasil em Debate (composta por textos temáticos centrados em determinado assunto de relevância nacional, como questão urbana, Amazônia, revolução tecnológica, meio ambiente, educação).
- Outros temas a serem abordados:- Página Universitária, destacando sempre uma pesquisa realizada no âmbito acadêmico nacional.

- Publicação de crônica, poesia ou conto, de caráter atual ou histórico.
- Módulo Cultural, com cinco textos de opinião, em média, voltados para assuntos como cinema, teatro, artes plásticas, música, literatura, televisão e dança.
- Entrevistas e dossiês sobre personalidades de Tiradentes e São João del Rey, e temas relacionados com a história da dessas duas importantes cidades. Essas entrevistas se estenderão, igualmente, a personalidades da vida brasileira em geral.
- Módulo Vida Cotidiana, com textos de caráter crítico sobre psicanálise, ecologia, direito, questão feminina, ecologia, informática, turismo e patrimônio, arquitetura e urbanismo, gastronomia, jardinagem, moda e indústrias criativas.
- Haverá espaço para vídeos, fotografias e charges. Os leitores serão motivados a enviar suas observações ou artigos.
- Haverá um seção intitulada O livro da semana, quando será sempre disponibilizado um livro on line.
A manutenção do site e de sua equipe será viabilizada por um esquema de receita mensal, a partir de um grupo seleto de patrocinadores e  mantenedores do empreendimento editorial.
Poderemos pensar, ainda, em publicar uma revista-livro anual, de cerca de 200 páginas, reunindo o que o jornal A vertente Cultural publicou de melhor no decorrer desse prazo. 

 

Quem somos:
Ivan Alves Filho é Historiador e Jornalista, é autor de 13 livros, entre os quais Brasil, 500 anos em documentos (apresentado por Oscar Nimeyer), Memorial dos Palmares (apresentado por Barbosa Lima Sobrinho) e O velho Chico mineiro (prefaciado por Itamar Franco) e 30 documentários, tendo dirigido ainda diversos órgãos culturais ao longo de sua carreira e produzido alguns programas de rádio. Foi pesquisador associado ao projeto Rota do Escravo, da Unesco.

 

Renato Martins é goiano e administrador com larga experiência, tendo permanecido à frente da Fundação Astrojildo Pereira, sediada em Brasília, por 11 anos.

Conselho Editorial: Eros Grau, Ferreira Gullar, Francisco Inácio de Almeida e Ivan Alves Filho.

Empresa responsável: RWServiços

 

 

Equipe de colaboradores do Vertente:

- Literatura - Maria Aparecida R. Fontes, professora de literatura na Universidade de Bolonha, Itália. Mineira.
- Literatura infanto-juvenil - Sandra Pina, escritora e professora. Carioca.
- Lieratura - Leonardo Vieira, professor universitário, contista e ensaísta. Carioca.
- Brasil Multicultural - Uelinton Farias Alves, jornalista e escritor. Carioca.
- Moda - katia Angeloff, estilista e professora de arte. Carioca.
- Música de Concerto - Luiz Gustavo de Carvalho, pianista clássico, organizador do Festival de Artes de Tiradentes. Mineiro.
- Feminismo - Tereza Vitale, editora. Paulista.
- Questão urbana e Vida Cotidiana - Cleia Schiavo , professora aposentada da UERJ. Carioca.
- Artes Plásticas - Vicente de Percia, artista plástico e crítico. Fluminense.
- Música Popular - Márcio Paschoal, escritor e crítico. Carioca.
- Música Popular - Rodrigo de Lage - Violonista e Compositor. Mineiro.
- Literatura - Alexandre Sávio, editor. Carioca.
- Antropologia - Mércio Gomes, ex-presidente da Funai e antropólogo. Rio-grandense do norte.
- Literatura e ensaios - Luiz Sérgio Henriques. Mineiro.
- Ensaios sociais - João Luiz Ribeiro, historiador, Universidade Rural do Rio de Janeiro. Mineiro.
- Cidadania - Andrei Bastos, jornalista. Carioca.
- Psicanálise - Almira Rodrigues, socióloga e psicanalista. Piauiense.
- Tradução e Movimento Editorial - Maria Inês Duque Estrada, jornalista e tradutora. Carioca.
- Cinema - Dinara Guimarães, psicanalista, escritora e professora universitária. Pernambucana.
- Educação - Renata Cabrera, professora universitária. Matogrossense.
- Patrimônio e Cultura - Moema Alves, historiadora da Arte. Carioca.
-Psicanálise - Zenita Goebel, psicanalista, ex-presidente do Sindicato de Psicólogos do Rio de Janeiro. Catarinense.
- Economia brasileira - Antonio Fausto do Nascimento, economista - Pernambuco.
- Artes Plásticas - Rui de Oliveira, Artista plástico- Goiano.
- Indústrias Culturais - Luiz Carlos Prestes Filho, cineasta. Carioca.
- Fotografia - Antonio Luiz Mendes Soares, fotógrafo e cineasta. Fluminense.
- Fotofrafia - Maurício Seidl, fotógrafo. Paulista
- Cidadania - Eros Grau, professor, advogado, ministro aposentado do STF - Gaúcho.
- Luiz Cruz - Historiador, ex-secretário de cultura de Tiradentes. Mineiro.


- Documento Cultural ( Machado de Assis, Astrojildo Pereira, Semana de Arte Moderna etc, de periodicidade mensal)
- Tecnologia e meio ambiente - Sergio Augusto de Moraes, engenheiro. Carioca.
- Sempre uma Viagem (Carta de Pero Vaz de caminha, Renato Brasiliense, autores históricos, trechos do Velho Chico mineiro etc)
- Educação - Antonio Carlos Maximo - Educador e professor da UFMT. Mato Grosso.
- Vamos escrever bem? - Eder Tomás, professor de português, fluminense.
- Cultura - Martim Cesar Feijó, professor universitário da FAAP. Paulista.
- O que é - Explicação de alguns termos como ecologia, política etc. Colaboradores diversos.
- Biografias - Colaboradores diversos.
- Vídeo da Semana - Série Brasileiros e Militantes, da FAP; http://www.senado.gov.br/noticias/tv/videos


Via Ihering Guedes Alcoforado
more...
No comment yet.
Rescooped by Stephen from Geoprocessing
Scoop.it!

Aplicativo Bairros Cariocas

Aplicativo Bairros Cariocas | Coisas do Brasil | Scoop.it
O Instituto Pereira Passos (IPP) disponibiliza na internet o sistema "BAIRROS CARIOCAS". Trata-se de um aplicativo que oferece informações organizadas sobre a cidade, as regiões administrativas ...

Via Elpidio I F Filho
more...
No comment yet.