Biologia 2014
6 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Isabela Roncato
Scoop.it!

MAN - YouTube

Animation created in Flash and After Effects looking at mans relationship with the natural world. Music: In the Hall of the Mountain King by Edvard Grieg. fa...
Isabela Roncato's insight:

(Carla, a parte do vídeo a que o meu texto vai se referir é até os 3 minutos do mesmo)

No momento em que foi citado a mito judaico-cristão, a cultura ocidental e sua interação com o ambiente em aula, esse vídeo me veio imediatamente à cabeça. Esta animação mostra um homem que acaba de chegar na terra e começa a usufruir abusivamente da natureza ao seu redor, até terminar sozinho em uma pilha enorme de resíduos. Chega até a ter uma conotação cômica inicialmente, mas no desenvolvimento do vídeo se percebe que aquilo realmente retrata a realidade e isso se perde. 

O mito judaíco-cristão é diferente de outros anteriores por que foi criado com o propósito de organizar uma sociedade em um determinado sistema. Nesse momento, surgiu o capitalismo primordial, em suas raízes, que se desenvolveria até o modelo que temos hoje. A cultura ocidental é baseada nesse sistema e isso é representado no vídeo pela dinâmica com que o ambiente é consumido, destruído e devastado pelo homem capitalista, cristão, ocidental.

more...
No comment yet.
Scooped by Isabela Roncato
Scoop.it!

HowStuffWorks "Can God and science co-exist?"

HowStuffWorks "Can God and science co-exist?" | Biologia 2014 | Scoop.it
Can God and science co-exist, or are the two concepts far too different? Find out if God and science can co-exist in this article.
Isabela Roncato's insight:

Encontrei um texto em inglês cujo título traduzido é "Poderiam Deus e a ciência coexistir?". Se relaciona muito com o tema da nossa debate em sala: fomenta uma discussão parecida, apenas onde o conhecimento popular foi substituído pela religião. Basicamente, o texto apresenta argumentos de ambos os lados, ou seja, de pessoas que acreditam que é possível a coexistência de ambos os "dogmas" e de pessoas que acreditam que isso não é possível. Josh Clark (o autor), cita teorias de paleontologistas, pesquisas reconhecidas e também exemplos de experiências. É muito interessante perceber, comparando o texto e a nossa discussão em sala, como a ciência parece se opor à tudo, permanecer hermética apenas porquê aquilo foi provado por algum número ou fato é ‘irretorquível’ e não ceder à ideia de que os ambos, religião e ciência, são complementares; a ciência não é aberta a algo que pertence à natureza do ser humano, que é, muitas vezes, se inclinar a crença e a fé.

more...
No comment yet.
Scooped by Isabela Roncato
Scoop.it!

Cientistas aprendem com o conhecimento popular - YouTube

Professora universitária aprova ervas indicadas por mateiros mineiros para a cura de diversos males. Plantas que eles conhecem realmente são eficazes.
Isabela Roncato's insight:

Este vídeo é uma reportagem que mostra como o senso comum e algumas áreas da ciência podem se fundir e gerar um tipo só de conhecimento. A professora universitária de fitoterapia entrevistada no vídeo afirma que as plantas que os mateiros conhecem e utilizam têm realmente caráter medicinal e são eficazes na hora de curar diferentes tipos de mal-estar. Assim, prova-se que o conhecimento popular é em muitos casos eficaz e que a maneira que ele é construído ("ouvi dizer que (...)") não deve ser desmerecida. O fato que o conhecimento popular carece de evidências factuais não deve interferir na proporção de sua influencia em nenhum tipo de discussão pois, segundo o exemplo acima, essa área merece tanta credibilidade quanto qualquer outra área do conhecimento

more...
No comment yet.
Scooped by Isabela Roncato
Scoop.it!

Ciência – Wikipédia, a enciclopédia livre

Ciência - Wikipédia, a enciclopédia livre

Da correta compreensão é fato que a ciência não exclui os crentes, teístas ou religiosos do seu leque de cientistas; contudo é também fato que a ciência, graças aos pré-requisitos do método científico, exclui por completo, dela e de suas teorias científicas, as convicções não testáveis frente ou mesmo tanscendentes ao factualmente real; sendo a ciência, por parágrafo constitutivo explícito em sua definição stricto sensu - e por ausência de fato contraditório - expressamente cética e secular no que lhe cabe .

Isabela Roncato's insight:

comentário da aula

more...
No comment yet.