As TIC no currículo
45 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Rescooped by Vânia Silva from Matemática - aplicações livres e gratuitas para ensino
Scoop.it!

Educação Matemática – EDUMAT » Software Matemáticos

Educação Matemática – EDUMAT » Software Matemáticos | As TIC no currículo | Scoop.it

Via João Marques
more...
No comment yet.
Scooped by Vânia Silva
Scoop.it!

1sf.pdf

Vânia Silva's insight:

Com lentes e as câmaras voltadas em outra direção, Laura Maria Coutinho, no artigo Aprender com o vídeo e a câmera. (pág. 18-21)

Este artigo refere a importância do audiovisual no nosso dia-a-dia, pois o audiovisual alcança níveis de perceção humana que os outros meios não.

A autora defende que, as escolas devem criar mecanismos de expansão permitindo aos alunos a expansão das suas próprias ideias. As escolas deviam permitir acesso às máquinas de vídeo como forma de expressão que cada uma delas possa despertar tanto nos professores como nos alunos. Os alunos devem criar os seus próprios produtos audiovisuais e devem ser originais. Visto que as tecnologias digitais podem ser reproduzidas, repetidas, repensadas e refeitas por vezes perde-se o sentido primordial do ato criar e da sua originalidade.

Realça ainda, a necessidade de criar projetos digitais pois estes tendem a superar o obstáculo entre o saber-fazer e o saber-usar. É importante que as pessoas percebam qual o pano por trás de um ecrã. Como Milton José de Almeida, cita “as artes em imagens-sons nos distanciam do saber-fazer, colocam-nos no saber-ver-entender passivo e também nos remetem ao saber-pensar ativo.” A meu ver, o saber-fazer é o ” ponto” mais próximo do conhecimento sobre determinado conteúdo.

Por vezes, a escola é uma instituição muito restrita apenas a duas linguagens: a escrita e a oral, sendo assim, deviam ter atenção aos novos meios pois, estes também propõem novas formas de estar no mundo e até na escola. Muitos dos projetos como por exemplo um filme, requerem muito tempo e os horários escolares são escassos. Mas se o trabalho for bem planeado pelo professor é possível alcançar um produto final. Trabalhos como pequenos fragmentos, recortados de filmes, de programas ou criados, permitem compreender com mais clareza e refinamento a natureza da linguagem fílmica e televisiva (linguagens presentes desde da nossa infância que por vezes não são claras pois nunca foram trabalhadas).

 

Vânia Silva

more...
No comment yet.
Scooped by Vânia Silva
Scoop.it!

As%20TIC%20no%20curr%C3%ADculo%20escolar.pdf

Vânia Silva's insight:

Este artigo, de Sónia Pires, foi publicado na revista educação em 2009, intitulado “As TIC no currículo escolar”, pretende abordar a integração das tecnologias informáticas de comunicação no Ensino Básico.

 

Como refere o artigo, segundo Papert (1997) «espalhado pelo mundo, existe um apaixonado caso de amor entre crianças e computadores», isto é, o uso dos computadores teve grande impacto nas crianças, «(…) cúmplices na aventura de descobrir as tecnologias de informação e comunicação» (Barra, 2004, p.13), a meu ver estas tecnologias detiveram um grande impacto devido as suas imensas funções e como a primeira frase o explica por estar divulgado pelo mundo. Ao longo dos anos, as TIC tem vindo a conquistar de sociedade em sociedade e claro que estas não podiam deixar de ser um excelente apoio de trabalho na educação das crianças.

 

De início o povo português estranhou e o uso das TIC não era tão bem visto, na sala de aula, como é nos dias de hoje, mas com o passar do tempo essa estranheza passou a ser dependência e o uso das TIC não passou de moda como qualquer outro brinquedo, cuja função é única. Agora, o povo já tem como ambição «colocar Portugal entre os cinco países Europeus mais avançados ao nível de modernização tecnológica do ensino».

 

Incluir o uso das TIC nos planos curriculares, segundo Ponte (1994, pp. 44), «encorajou o desenvolvimento de práticas de projeto dentro das escolas, contribuindo fortemente para o estabelecimento duma nova cultura pedagógica, baseada numa relação professor/aluno mais próxima e colaborativa». O campo educacional tem sido influenciado pela tecnologia sob diferentes aspetos, seja porque as pessoas envolvidas no processo educativo (professores/as, alunos/as, funcionários/as) se relacionam com ela, seja pela presença ostensiva que os materiais tecnológicos têm nas instituições escolares.

 

Aconselho vivamente a sua leitura, no decorrer do artigo são levantadas passagens curiosas sobre a incorporação das TIC, como por exemplo: a organização do espaço físico da sala de aula; constrangimentos das TIC no ensino, o seu percurso na sociedade portuguesa, alguns dos objetivos relevantes na sua utilização, programas presentes na distribuição de computadores, entre outros programas e fatos socias, e ainda um destaque, vivenciado por Sónia Pires, nas áreas curriculares do 1º ciclo do Ensino Básico.

 

Cumprimentos,

 

Vânia Silva

more...
No comment yet.