Além dos muros da escola
5 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Sônia Maria Da Silva Coelho
Scoop.it!

Educação a Distância

Neste texto de José Manoel Moran, ele fala sobre educação a distância. Educação a distância nada mais é do que estudar sem estar no mesmo espaço físico do professor/orientador/tutor, mas ligado a ele por uma ferramenta, sendo que atualmente o mais comum é a internet. A educação a distância é uma ótima forma de exemplificar como o processo de ensino-aprendizagem pode ocorrer além dos muros da escola, em espaço e tempo diferente e alcançando resultados muito semelhantes. As estratégias utilizadas neste modo de ensino- organização, planejamento e preparo- pode ser levada para o ensino presencial, fazendo com que o aluno consiga se organizar de modo a realizar as suas atividades. Desse modo ele não ira aprende somente a ter uma rotina, mas a ver a prática do ensino presente em seu dia-a-dia, mesmo fora do espaço físico chamado escola.

Ficando por aqui, até breve,

Sônia Coelho.

more...
No comment yet.
Scooped by Sônia Maria Da Silva Coelho
Scoop.it!

Lição de Casa- Responsabilidade dos pais ou professores

Saiba por que a lição de casa é importante para pais, professores e alunos..

É com esse artigo da revista Educar para crescer que eu irei começar a falar sobre o tema deste tópico- Além dos muros da escola. A lição de casa é a exemplificação ideal para este assunto, afinal é com ela que os professores podem verificar o que o aluno esta captando durante as aulas, além de ser muito importante na criação de uma rotina de estudos fora de sala de aula, fazendo com que o aluno seja capaz de se organizar a fim de estudar.O que muitas pessoas se perguntam é: De quem é a responsabilidade pelo dever de casa? Dos pais ou dos professores?

Existem pais que reclamam que não sabem o contéudo abordado no dever e por isso não conseguem ajudar os filhos; há também professores que alegam que os pais não demonstram interesses pelas atividades escolares e que por isso os filhos não fazem a lição de casa. 

O primeiro de tudo é que tanto pais quanto professores devem se responsabilizar pelo dever de casa, cada um a seu modo claro. Os pais devem perguntar aos filhos sobre o que eles estão aprendendo na escola, e caso ele não saiba, ou não domine o contéudo, pedir para o filho explicar-lhe, esse é uma maneira do aluno fixar o que aprendeu. Também faz parte da tarefa dos pais, arrumar um ambiente aconchegante para que o filho possa estudar- longe da televisão, em um horário que ele saiba que não existem outras coisas de interesse do aluno acontecendo de modo a distraí-lo- estabelecendo junto com ele uma rotina de estudos, mostrar-se interessado pelas perguntas feitas pela criança- mesmo que não saiba a resposta, ajude-a a encontrá-la.

é papel do professor encaminhar a casa atividades interessantes e que despertem o interesse do discente pelos deveres, procurar corrigir sempre aquilo que foi solicitado e o mais breve possível, tirar dúvidas em sala de aula ao perceber que a classe não esta conseguindo realizar as atividades- afinal não adianta nada, fazer por fazer.

Acredito que com essas dicas, pais e professores conseguiram despertar a atenção dos alunos pelo estudo também fora da sala de aula. Foi um prazer, e nós falamos em breve.

Sônia Coelho.

more...
No comment yet.
Scooped by Sônia Maria Da Silva Coelho
Scoop.it!

Muito mais do que copia e cola

Muito mais do que copia e cola | Além dos muros da escola | Scoop.it
A rotina das crianças e dos adolescentes mudou muito nos dias atuais. O número de internautas entre 6 e 14 anos cresce a cada dia e esse público já constitui 12% da população online do Brasil, segu...

Nos últimos anos a chamada Geração Z tem sido criada em frente a uma tecnologia que tem possibilitado a revolução informacional, a internet. Com o proposito de ligar a tudo e a todos a Web faz parte do dia-a-dia da maioria das crianças e adolescentes no mundo todo. Escolhi este o texto ' A influência da tecnologia na educação de novas gerações' do blog Eduque Ação, pois ele apresenta argumentos favoraveis e contrários ao uso da internet no processo de aprendizagem de crianças e adolescentes.

Primeiro vamos tentar levar o tema para fora da sala de aula, conforme a proposta do tópico, como utilizar a internet no processo de aprendizagem dos nossos alunos?

Se pensarmos que praticamente todos os trabalhos que são realizados atualmente, utilizam como fonte textos retirados da web, então diriamos que a internet cumpre o seu papel como fornecedora de informações, porém, muitos desses trabalhos são basicamente Ctrl C + Ctrl V (funções para copiar e colar), o que nos faz pensar em outra questão: O que faz com que os alunos levem para sala de aula trabalhos completamemte plagiados, as vezes sem sequer ler sobre o texto clonado?

Muitos dirão, é a facilidade com que a internet permite que crianças e adolescentes se tornem plagiadores, é acreditar que na web tudo esta disponível, então não precisa dar os devidos créditos ao autor original. Muitos professores, para evitar o copia-cola, fazem com que seus alunos entreguem trabalhos manuscristos, dizendo que pelo menos eles leram o que estão escrevendo. Não acredito que essa técnica funcione, afinal o plágio só vai ser mais trabalhoso. 

Em minha opinião a internet não é uma inimiga e sim uma aliada, portanto vamos utilizá-la sim, mas tomando alguns cuidados para evitar as cópias de texto a torto e a direito. Primeiro, nos trabalhos nada de perguntas superficiais como, O que é, Quando Aconteceu, Quem fez, Como fez. é muito difici para os alunos- e não só para eles- decorar datas, nomes de pessoas, lugares, e processos complexos. Ao invés dessas perguntas que deixam os alunos tentados a colar, faça perguntas que os levem a reflexão, comparações, algo que os faça pensar e que muitas vezes evita o copia-cola.

Mais tarde volto a falar sobre o uso da internet além dos muros da escola.

Beijos,

Sônia Coelho.

more...
No comment yet.
Scooped by Sônia Maria Da Silva Coelho
Scoop.it!

A condição de algumas escolas brasileiras

A condição de algumas escolas brasileiras | Além dos muros da escola | Scoop.it

Decidi começar este tópico com este texto de um blog que denúncia a situação precária das escolas . Quando falamos sobre os processos de ensino-aprendizagem, logo nos vem a mente um lugar entre quatro paredes, com horário para chegar e para sair, no entanto o processo de ensino-aprendizagem não pode apenas estar vinculado ao meio físico. É de suma importância que a criança aprenda não apenas na escola, mas a cada momento do seu dia ela possa aprimorar o conhecimento adquirido, através de atividades que forneçam meios para isso.

É claro que estamos diante de uma situação muito embaraçosa. Como pode ser observado nas imagens, muitas crianças não tem frequentado escolas com condições para recebê-las, acomodando-as de forma devida, tornando assim o processo de aprendizagem algo prazeroso. As condições das escolas brasileiras hoje, muitas vezes são estarrecedoras e provocam indignação na população, se quisermos evoluir nos processos referentes ao ensino além da sala de aula, é preciso primeiro pensar em como o espaço físico tem sido utilizado para a captação do conhecimento.

Sônia Coelho.

more...
No comment yet.