Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo
3.4K views | +7 today
Follow
Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo
De que maneira, no filme, a ciência aparece relacionada com a vida? De que maneira elementos geométricos expressam modos de conceber o universo? Qual é visão dos filósofos, artistas a esse respeito? E dos religiosos e de pessoas ao povo? As ideias das personagens interferem nos acontecimentos?
Os acontecimentos influenciam as ideias das personagens? Gabriel Prado, Gabriela Pereira, Jonathan Kudrevic, Nathalia Lima e Yuri Peres alunos do 2º ano D, apresentam o Projeto Alexandria organizado pelo colégio E. E. Professor Gabriel Ortiz.
Curated by Nathalia Lima
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

O Filme

O Filme | Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo | Scoop.it
Nathalia Lima's insight:

A temática do filme Alexandria remonta os discursos e a cultura do início da idade média, conduzindo-nos a construção imagética do espaço e do tempo histórico e nos remetendo ao passado como se este fosse passível de ser revivido. O filme trata das concepções relacionadas ao o conhecimento, ao papel da mulher, as experiências com a matemática, com a filosofia, com a astrologia e com as relações de poder, bem como apresenta o processo do trabalho científico, testemunhando o movimento que abriga a pesquisa, a dúvida, a frustração, as descobertas na busca de respostas para a sua pergunta. Dessa forma, enxergamos a história se colorindo em nossa retina. Os cenários do filme são elaborados a cada diálogo, imagens que até então só existiam na iconografia dos livros de história e na elaboração imagética de nossas leituras passam a ser quase reais. O decorrer da narrativa nos encanta e impacta ao mesmo tempo, bem como nos compromete a refletir sobre a herança cultural e ideológica e sobre as conseqüências destas na nossa sociedade. O filme aborda o valor da ciência por duas características: a primeira é ser fonte de inquietação intelectual e a segunda é ter o poder de revolucionar as verdades e as crenças de uma época. Nessa perspectiva o filme tece seu roteiro através dos conflitos de poder, dos debates filosóficos e da narrativa religiosa retratando a história da filósofa Hypatia. Dessa forma, atravessamos a fronteira do tempo e ancorado na contemporaneidade ainda percebemos a intolerância, o preconceito entre gênero, a propagação das verdades absolutas e a alienação. Na área da educação as rupturas e reflexões representam o caminho para superação desta limitação do pensamento linear e fechado. Reconhecemos portanto, a relevância do avanço do ensino memorístico e livresco para o ensino reflexivo e participativo; vale, portanto salientar a importante instrumentalização do aluno para pensar criticamente sobre as ciências, sobre as perguntas cotidianas e sobre os processos históricos.

more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Ciência

-
Nathalia Lima's insight:
A ciência aparece no filme de varias maneiras diferentes, principalmente influência de condicionantes histórico-sociais sobre a produção do conhecimento científico, as questões de gênero na Ciência e na atividade científica, os conflitos entre Ciência e religião, e ainda, as relações entre arte e Ciência. No filme é possível ver também a essência do que é a doutrina cristã. Nunca paramos para pensar no que acreditamos e Hipátia diz isso a um de seus discípulos que se tornou cristão, que passa a questionar tudo, mas nunca questiona o que ele acredita.
more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Física e Astronomia

-

Nathalia Lima's insight:

 O primeiro modo de conceber o universo expressado no filme é de Ptolomeu, ele apresenta um sistema cosmológico geocêntrico, isto é a Terra está no centro do Universo e os outros corpos celestes, planetas e estrelas, descrevem órbitas ao seu redor. Estas órbitas eram relativamente complicadas resultando de um sistema de que o elemento geométrico “circulo’’ é representado por “epiciclos”, ou seja, círculos com centro em outros círculos. Mas este sistema de Ptolomeu foi quebrado no século 16, por Copérnico que por fim adotou um sistema chamado heliocêntrico depois confirmado por Galileu. No começo do século 17, Kepler removeu as últimas dificuldades, demonstrando que os planetas não giram em círculos, mas em elipses . Kepler adotou as seguintes leis: 1° ele determina que a trajetória de um planeta é uma elipse em que um dos focos está o Sol. O ponto de maior aproximação é chamado de Periélio e o seu oposto, o mais distante, Afélio. 2° ele determina que "O segmento que une o planeta ao Sol varre áreas iguais em tempos iguais". 3° equaciona as relações entre as várias trajetórias de vários planetas. Para todos os planetas do mesmo sistema a relação entre o quadrado do período e o cubo do raio médio da trajetória é constante.

more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Filosofia vs. Religião

Filosofia vs. Religião | Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo | Scoop.it
Nathalia Lima's insight:

Os filosofos e artistas apaoiavam as teorias de Hipátia, gostavam de pensar que as coisas que aconteciam ao redor tinham sempre uma explicação a ser desvendada. Já os religiosos acreditavam que isso era um insulto por questionar as vontades de Deus, o que gerou muito conflito. 

more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Teorias de Hipátia

Teorias de Hipátia | Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo | Scoop.it

O filme Hipátia, busca o tempo todo buscar explicações sobre o planeta e a vida das pessoas que nele vivem. Para isso, Hipátia usa a física e astronomia para fazer suas teorias. Ela estuda o movimento dos planetas e suas velocidades, também podemos ver a teoria da inércia, que ela usa pra entender porque quando um objeto é lançado, não cai pra trás, mesmo o movimento do barco é pra frente, por exemplo.

more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Geocentrismo e Heliocentrismo

.

Nathalia Lima's insight:

No filme há muitos debates sobre qual teoria estaria certa: Geocentrismo defende a Terra como centro do universo ou Heliocentrismo o Sol como o centro. A teoria do universo geocêntrico ou geocentrismo foi criada por Ptolomeu e Aristóteles que aderem à hipótese de que a Terra estaria parada no centro do universo com os corpos celestes, inclusive o Sol, girando ao seu redor. Essa visão predominou no pensamento humano até o resgate, feita por Nicolau Copérnico da teoria heliocêntrica, criada por Aristarco de Samos. Heliocentirsmo - Teoria científica que afirma ser o Sol o centro do sistema solar. Esta teoria foi proposta pela primeira vez pelo astrônomo grego Aristarco de Samos, mas só com Nicolau Copérnico e em especial com Galileu Galilei é que se tornou mais sustentada.

more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Princípio da Inércia no filme Alexandria (ÁGORA, 2009)

Hipácia executa um experimento que será explicado pelo princípio da Inércia.
more...
Kalyl Vazquez's curator insight, September 17, 2013 5:48 PM

Observação:

 

Ptolomeu
Basicamente, essa teoria supunha a Terra no centro do Universo e que, em órbitas circulares compostas, moviam-se em torno da Terra os astros Lua, Mercúrio, Vênus, Sol, Marte, Júpiter e Saturno, em ordem de diâmetros orbitais crescentes. (Os demais planetas ainda não tinham sido descobertos.) Além de Saturno estava a esfera das estrelas fixas. A expressão órbitas circulares compostas, usada acima, significa aqui que, para explicar o movimento observado dos planetas com relação às estrelas fixas, era necessário supor órbitas circulares secundárias - os chamados epiciclos – em torno de pontos das órbitas principais, estas sendo círculos em torno da Terra.

 

Inercia
A primeira lei de Newton é equivalente à lei de inércia de Galileu Galilei, como o próprio Newton reconhece: um corpo em repouso ou com velocidade retilínea e constante, permanece nesse estado se nenhuma força atua sobre ele. Com esta lei Newton deduziu matematicamente as leis de Kepler para o movimento planetário, o que pode parecer pouco. Acontece, entretanto, que as leis de Newton se aplicam a qualquer situação da física pré-relativista e pré-quântica, como o vôo de uma aeronave ou o abastecimento de água de uma cidade.

Kepler
ele aderiu ao modelo de Copérnico ainda como estudante universitário. Em 1596 ele publicou o livro Mysterium Cosmographicum, que, além de apresentar o sistema copernicano, desenvolvia uma idéia ligando a separação das órbitas planetárias e lunar aos cinco sólidos regulares da geometria. A idéia não vingou, mas o livro lhe valeu um convite do astrônomo Tycho Brahe para ser seu assistente em Praga. Tycho estava empenhado em um trabalho meticuloso de observação e anotação das posições do Sol, dos planetas e das estrelas. Quando ele faleceu em 1601, Kepler ficou com seus livros de anotações, muito precisas e confiáveis, e a partir daí inferiu que as órbitas dos planetas não eram circulares e sim elípticas, com o Sol ocupando um dos focos da elipse. A elipse assemelha-se a um círculo achatado, mas as órbitas keplerianas tinham pouco achatamento, com os focos próximos do centro. Assim podemos considerar o sistema de Kepler como também heliocêntrico, embora o Sol não ocupe exatamente o centro das órbitas.

 

Bibliografia

 

D. E. Brody e A. R. Brody, As Sete Maiores Descobertas da História, Editora Schwarcz, São Paulo (2007)
Site da Internet <en.wikipedia.org/wiki/History_of_gravitational_theory>
M. A. Seeds, Foundations of Astronomy, Wadsworth Publishing, Belmont (California, EUA), 2a. edição (1988)

 

Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Ideias e Acontecimentos

Ideias e Acontecimentos | Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo | Scoop.it

Mediante os vários enfrentamentos entre cristãos, judeus e a cultura greco-romana, os cristãos se apoderam, aos poucos, da situação. Davus que foi influenciado a mudar sua religião e trair seus colegas e a partir do momento que muda de religião pára de questionar o universo e a vida. Orestes se torna prefeito e tem que aprender a ser parcial com os debates sobre religião, mas quando todos os religiosos, não aceitam as ideias e o jeite de Hipátia, que não é o padrão que Deus quer que uma mulher se comporte e querem a amada de Orestes morta, ele não consegue separar a vida pessoal da profissional e nega entregar Hipátia à eles, porém Hipátia se entrega e acaba sendo morta.

more...
No comment yet.
Scooped by Nathalia Lima
Scoop.it!

Translação e Rotação

Translação e Rotação | Projeto Alexandria - A Filosofia do Universo | Scoop.it
Nathalia Lima's insight:

O filme expressa elementos geométricos, através de teorias. Uma das teorias de Hipátia é que o planeta Terra não permanece paralisado, pelo contrário, realiza diversos movimentos no espaço, e um dos mais importantes é o de translação. Translação é um movimento que a Terra executa em torno do Sol de forma elíptica tal movimento é responsável pela sucessão dos anos, além de influenciar diretamente na composição das estações do ano, pois em alguns períodos do movimento, a Terra modifica sua posição em relação ao Sol, alterando a intensidade de luz e calor que incide no planeta. Além da rotação da Terra que é o movimento circular que essa executa entorno de si mesma.

more...
No comment yet.