Mundo Fantasmo: 2886) "Zero History" (2.6.2012) | Paraliteraturas + Pessoa, Borges e Lovecraft | Scoop.it

"Nos últimos dez anos recrudesceu a discussão sobre a posição dos romances recentes de William Gibson dentro da ficção científica. Depois de duas trilogias futuristas, Gibson mergulhou num mundo que é visivelmente equivalente ao nosso, sem futurismo, sem elementos fantásticos, sem nada que viole as leis da natureza ou que nos transporte para um mundo diferente."


Via Jorge Candeias