Viagem a Andrómeda: O Futuro à Janela | Paraliteraturas + Pessoa, Borges e Lovecraft | Scoop.it

"Quis a sorte que a minha primeira leitura de ficção científica portuguesa fosse O Futuro à Janela (1991), de Luís Filipe Silva. Aqui, a palavra "sorte" revela-se particularmente adequada, dado o acaso que me levou a encontrar este livro, perdido entre centenas de volumes num alfarrabista de Lisboa."


Via Jorge Candeias