Ocupar Portugal
3.7K views | +0 today
Follow
Ocupar Portugal
Ocupar Portugal. Por quê? Para quê? O que fazer? Onde? Quem? Como? Quando? Quanto?
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Acusações por corrupção dispararam em dois anos

Acusações por corrupção dispararam em dois anos
Virgilio A. P. Machado's insight:
A ministra da Justiça, Francisca Van Dunnen, procuradora do Ministério Público de carreira, [...] declarou que fruto da corrupção «acumularam-se e fizeram-se riquezas ilegítimas». Estas surgiram devido ao conhecimento antecipado das leis, ao «controle da informação, associado à falta de escrutínio», que geraram «o ambiente que favoreceu o favor, engendrou a gratidão, propiciou o abuso na decisão e práticas vizinhas da extorsão». E condenados foram quantos? Alguém sabe?
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Direção da FCSH-UBI cede a pressões da embaixada de Marrocos e proibe conferência sobre o Sahara Ocidental - POR UN SAHARA LIBRE .org

Direção da FCSH-UBI cede a pressões da embaixada de Marrocos e proibe conferência sobre o Sahara Ocidental - POR UN SAHARA LIBRE .org | Ocupar Portugal | Scoop.it
A conferência “Sahara Ocidental: a luta pela autodeterminação de um povo” anunciada na semana passada a realizar no próximo dia 6 de Dezembro na Universidade da Beira Interior, Covilhã foi proibida pela...
Virgilio A. P. Machado's insight:
«A Presidência da FCSH-UBI optou por proibir a realização da conferência na FCSH-UBI, isto depois de ter anuído dias antes à realização da mesma. Podemos afirmar, portanto, que esta decisão da parte da Presidência da FCSH-UBI constitui um grave entrave à liberdade académica e à liberdade de iniciativa daqueles que integram a UBI e deste Núcleo [de Estudantes de Ciência Política e Relações Internacionais da Universidade da Beira Interior] em particular, pois a embaixada [do Reino de Marrocos] não obrigou na carta enviada este órgão a proibição da conferência na FCSH-UBI, nem tinha legitimidade nem autoridade para o fazer, nem se demonstrou ofendida, ou como fomos acusados, vítima de um incidente diplomático. A Presidência da FCSH-UBI optou por agir desta forma fazendo uso do seu livre-arbítrio.»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Petição contesta visita do papa a Fátima e credibilização do milagre

Petição contesta visita do papa a Fátima e credibilização do milagre | Ocupar Portugal | Scoop.it
O músico Pedro Barroso, o advogado Carlos Tomé e o padre Mário de Oliveira, da Lixa, são algumas das pessoas que promoveram uma petição contra a ida do papa a Fátima para credibilizar o milagre de...
Virgilio A. P. Machado's insight:
«O papa Francisco tem sido uma personalidade que nos merece algum respeito por muitas atitudes em prol de uma igreja mais moderna, uma igreja da verdade, uma igreja católica de grande responsabilidade e com intervenções até muitas vezes sociais e públicas de grande valor. Como é que ele agora vem credibilizar uma anedota destas?»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Disparam pedidos de ajuda de imigrantes lusófonos nos EUA

Disparam pedidos de ajuda de imigrantes lusófonos nos EUA | Ocupar Portugal | Scoop.it
Há muita preocupação desde que Trump se tornou presidente-eleito.
Virgilio A. P. Machado's insight:
Já estão em marcha os esforços do governo português na protecção dos emigrantes nos EUA: «Iremos redobrar o nosso esforço de educação sobre a importância do processo de naturalização, com sessões informativas sobre imigração ao longo do ano, apoio gratuito ao preenchimento dos formulários de candidatura e campanhas de publicidade incentivando a obtenção da cidadania americana».
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Dívida pública supera os 133% do PIB

Dívida pública supera os 133% do PIB | Ocupar Portugal | Scoop.it
A dívida pública portuguesa manteve a tendência de agravamento no terceiro trimestre deste ano, atingindo o valor mais elevado pelo menos desde 2007, mostram os dados do Banco de Portugal.
Virgilio A. P. Machado's insight:
«Este valor representa um crescimento face ao trimestre anterior (131,7 por cento do PIB) e ao mesmo período de 2015 (130,4 por cento). Em valores absolutos, a dívida pública ascende a 244,4 mil milhões de euros, tendo também aumentado em cadeia e em termos homólogos.   Recorde-se que no Orçamento do Estado para 2016 foi inscrito um valor de 127,7 por cento do PIB para a dívida, entretanto revisto em alta no OE 2017 para 129,7 por cento. Isso exigirá uma descida de mais de três pontos percentuais nos últimos três meses do ano.»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Anabela Campos, co-autora do livro “Negócios da China”: “Chineses entram com pezinhos de lã”

  Há quem diga que é uma obra para “memória futura”.
Virgilio A. P. Machado's insight:
O que é extraordinário é que, no mundo ocidental, os investidores chineses não estão em mais nenhum país como estão em Portugal. Estão na energia, no mercado financeiro – na Fidelidade, podem vir a ser o maior accionista do BCP, que é o maior banco privado português, e são um forte candidato à compra do Novo Banco –, estão na TAP, estão nos media, estão na saúde (no Hospital da Luz), estão no imobiliário.
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Para que servem as nossas ruas?

Para que servem as nossas ruas? | Ocupar Portugal | Scoop.it
As ruas são os espaços públicos mais fundamentais que temos, mas também são os mais negligenciados.
Virgilio A. P. Machado's insight:
As ruas já serviram para tudo isso e ainda não foi há muito. Lembro-me como se fosse hoje. Neste caso, será possível fazer o tempo voltar para trás?
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Actualidade: Intervenção pública da cultura não se pode medir pelos orçamentos do ministério -- Governo

Actualidade: Intervenção pública da cultura não se pode medir pelos orçamentos do ministério -- Governo | Ocupar Portugal | Scoop.it
As últimas notícias e reportagens sobre Portugal e o Mundo. Actualidade, Globo, Desporto, Fama e TV, Arte e Lazer. Passatempos. Todas as fotos e videos em destak.pt
Virgilio A. P. Machado's insight:
Se assim é, tem aí alguém que me explique porque é que o homem não se demite?
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Ministros da Educação recrutados fora das ciências da educação

Ministros da Educação recrutados fora das ciências da educação | Ocupar Portugal | Scoop.it
Ministros da Educação recrutados fora das ciências da educação. O que têm em comum João de Deus Pinheiro, Eduardo Marçal Grilo ou Nuno Crato
Virgilio A. P. Machado's insight:
Quem são os ministros que entre 1974 e 2012 tiveram em mãos a pasta da Educação? A resposta pode surpreender. A larga maioria são homens, nascidos em Lisboa. Provêm de meios sociais favorecidos. E estudaram em liceus prestigiados. Sim, não há caso de um ministro da Educação que tivesse estudado numa escola técnica. Mais: nenhum dos 27 titulares do ensino em Portugal tinha licenciatura em educação ou pedagogia, apenas dois deles fizeram pós-graduações na área. No que diz respeito à representatividade de géneros, os números dão que pensar. Pelo número 107 da Avenida 5 de Outubro passaram apenas quatro “senhoras ministras”.
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

A arquitetura que eu estudei, acabou! / Entrevistas / Home - Diário Imobiliário

A arquitetura que eu estudei, acabou! / Entrevistas / Home - Diário Imobiliário | Ocupar Portugal | Scoop.it
Diário Imobiliário
Virgilio A. P. Machado's insight:
«É porque ele não estudou «arquitetura»... Estudou arquiteCtura!»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Católicos ucranianos em Portugal querem “integração sem assimilação” - Renascença

Católicos ucranianos em Portugal querem “integração sem assimilação” - Renascença | Ocupar Portugal | Scoop.it
De visita a Portugal, o líder da Igreja Greco-Católica da Ucrânia diz que os ucranianos em Portugal não são apenas pessoas à procura de emprego, mas missionários.
Virgilio A. P. Machado's insight:
Existem mais de 20 igrejas católicas de rito oriental, que estão em plena comunhão com o Papa e com Roma mas seguem as suas próprias tradições, têm a sua própria liturgia e espiritualidade bem como a sua própria hierarquia que governa a igreja de forma autónoma. Os restantes católicos, que são a esmagadora maioria, são de rito latino, ou romano. Em Portugal a esmagadora maioria dos católicos são de rito latino, mas ao longo dos últimos anos o influxo de imigrantes da Europa de Leste fez aumentar o número de cristãos orientais. Muitos são ortodoxos, mas uma grande parte são católicos de rito oriental, sendo que destes a maioria são da Igreja Greco-Católica da Ucrânia. Aquela igreja já mandou para Portugal alguns padres que cuidam destas comunidades, sempre em parceria com os bispos portugueses, que lhes têm cedido capelas ou igrejas para fazerem as suas celebrações. [...] «A principal mensagem que queremos transmitir aos bispos católicos na Europa é que o cuidado pastoral para migrantes das igrejas orientais pode ser resumido na frase «integração, mas não assimilação» », explica Shevchuk. O arcebispo-maior vê a integração dos seus fiéis em países como Portugal como uma forma de enriquecimento das igrejas locais. «Um dos homens que me recebeu no aeroporto, quando cheguei a Lisboa, disse-me que a maioria das pessoas olha para os imigrantes como pessoas que vieram à procura de emprego, mas na realidade são missionários, porque estão a tentar partilhar a sua identidade cristã. Por isso a integração é muito importante, mas assimilação não, porque através da assimilação perde-se a tradição própria, a riqueza e tudo o que teria para partilhar com os outros».
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Médicos são profissionais mais valorizados : Notícia - Grupo Marktest

Médicos são profissionais mais valorizados : Notícia - Grupo Marktest | Ocupar Portugal | Scoop.it
Virgilio A. P. Machado's insight:
«Para 26 por cento dos inquiridos na sondagem da Marktest, a profissão de médico é a mais valorizada. A uma distância muito grande surge a de professor em segundo lugar, referida por 6,7 por cento dos inquiridos. [...] A exceção vai para os jovens dos 18 aos 24 anos, que colocam na 2.ª posição a profissão de engenheiro (6,4 por cento de referências) [...]»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Actualidade: Universidades encolhem os ombros perante a praxe - sociólogo

Actualidade: Universidades encolhem os ombros perante a praxe - sociólogo | Ocupar Portugal | Scoop.it
As últimas notícias e reportagens sobre Portugal e o Mundo. Actualidade, Globo, Desporto, Fama e TV, Arte e Lazer. Passatempos. Todas as fotos e videos em destak.pt
Virgilio A. P. Machado's insight:
Apesar de uma mudança de atitude em relação à praxe por parte do atual Governo, «parece ainda haver alguma resistência» por parte das instituições do ensino superior, notou, defendendo que estas deveriam «investir muito mais em modalidades de acolhimento e receção dos novos alunos».
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Fundamentos para racionalizar um debate

Fundamentos para racionalizar um debate | Ocupar Portugal | Scoop.it
Em um país polarizado a intolerância virou regra e há muitos debates desinformativos. Como racionalizar esse debate?
Virgilio A. P. Machado's insight:
«[...] se há certeza absoluta, não há atualização nem aprendizado. Ou seja, não há fatos ou argumentos que convençam quem não tem dúvidas e não cogita a possibilidade de estar enganado. O excesso de confiança em sua posição impede o indivíduo de avaliar sua própria ignorância em determinado assunto: ele sequer sabe que não sabe. [...] O progresso vem apenas quando passamos a duvidar de nós mesmos, reconhecemos nossa relativa ignorância e aprendemos com os outros. Frequentemente, nesse processo passamos a entender a complexidade de questões que antes pareciam tão simples. E, principalmente, vemos que argumentos contrários, que antes soavam absurdos e sem sentido, podem ao menos ter algum mérito. Na próxima vez que uma questão importante exigir sua atenção e você, leitor, for expressar sua posição, pense: «que evidência me faria reconsiderar minha opinião?». Se não houver sequer uma hipotética e improvável evidência que atenda a esse critério, cuidado! Você pode estar sendo o próximo dogmático do debate e desperdiçando uma boa oportunidade de aprendizado.»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

O que o PS disse no passado sobre Paulo Macedo

O que o PS disse no passado sobre Paulo Macedo | Ocupar Portugal | Scoop.it
O Governo de António Costa escolheu Paulo Macedo para liderar a Caixa.
Virgilio A. P. Machado's insight:
Quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é tolo, ou não sabe da arte de engolir sapos.
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Voto de pesar do Partido Socialista pela morte de um ditador que assassinou mais de 20 mil pessoas

Voto de pesar do Partido Socialista pela morte de um ditador que assassinou mais de 20 mil pessoas | Ocupar Portugal | Scoop.it
Voto de pesar n.º 159/XIII, apresentado pelo Partido Socialista PELO FALECIMENTO DE FIDEL CASTRO Faleceu no passado dia 25 de Novembro, com 90 anos de idade, Fidel Castro, estadista e dirigente histórico de Cuba, cujo percurso...
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Da escola à política, somos todos contra a corrupção (mas só quando ela não é injusta a nosso favor)

Da escola à política, somos todos contra a corrupção (mas só quando ela não é injusta a nosso favor) | Ocupar Portugal | Scoop.it
Mexer os pauzinhos era uma expressão comum na cidade onde nasci. Significava acionar alguém, geralmente uma autoridade pública, para driblar alguma barreira, alguma fila, alguma multa, alguma reprovação.
Virgilio A. P. Machado's insight:
«Numa sociedade de troca, em que até a esmola é oferecida com um fim (o céu, em alguns casos, ou a isenção tributária, na maioria deles), aprendemos a valorizar nossa rede de influência sem perceber que ela pouco ou nada difere daquilo que condenamos no quintal vizinho. Seria maldade dizer que a revolta contra a corrupção explode apenas quando não nos chamam para a festa, mas que parece – ah, parece.»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Mais de 80% dos portugueses consideram que poder económico influencia o Estado

Mais de 80% dos portugueses consideram que poder económico influencia o Estado | Ocupar Portugal | Scoop.it
O parlamento, as autarquias e o setor empresarial são as áreas que os portugueses consideram estar mais expostas à corrupção
Virgilio A. P. Machado's insight:
«Os dados do estudo mostram claramente que a corrupção que os portugueses identificam não está ao nível de funcionários e do pagamento de luvas. É uma corrupção mais grave, sistémica, que tem a ver com a captura das instituições públicas por grupos de interesses organizados, que têm um poder desmesurado para moldar as leis e as decisões regulatórias à sua conveniência, em detrimento do interesse público [...]. E é precisamente esta corrupção sistémica que mais contribui para degradar a qualidade da democracia e a integridade do Estado [...]. O inquérito revela ainda que uma das principais causas para a falta de eficácia no combate à corrupção em Portugal é o medo de represálias, com 56 por cento dos portugueses a admitirem tratar-se da principal razão pela qual os cidadãos não denunciam suspeitas de corrupção às autoridades.»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

O futuro faz-se com economia criativa

O futuro faz-se com economia criativa | Ocupar Portugal | Scoop.it
Estudo revela importância do setor criativo e cultural em Portugal.
Virgilio A. P. Machado's insight:
O quarto sector da economia
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

POR QUE RAZÃO NÃO DERAM VOZ ÀS MULHERES NO WEB SUMMIT 2016? – Capazes

POR QUE RAZÃO NÃO DERAM VOZ ÀS MULHERES NO WEB SUMMIT 2016? – Capazes | Ocupar Portugal | Scoop.it
Ao permitir a omissão da mulher neste evento, Portugal está a perpetuar o estereótipo da mulher enquanto desinteressada ou incapaz de obter êxito nesta ou em qualquer outra área da ciência e do saber.
Virgilio A. P. Machado's insight:
Já estava admirado de ainda não haver notícia de Portugal se ter revelado, em todo o seu provincianismo, neste evento de origem estrangeira de fora.
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

António Arnaut: «Quando apareceu a corrupção, vim-me embora»

​​​​​​​​​​António Arnaut foi um dos fundadores do Partido Socialista mas, no início da década de 80, decidiu abandonar a política, incomodado com o crescimento do carreirismo.​...
Virgilio A. P. Machado's insight:
«[...] defendo a igualdade de todos perante a lei e a comunidade, a igualdade no acesso aos direitos fundamentais, de acesso à educação, à saúde, à cultura. Por isso defendo um Estado social de direito, forte e interventivo. Porque a liberdade desacompanhada dessa igualdade permite sempre o abuso do fraco por parte do forte. Só há liberdade entre iguais. Não basta falar da liberdade dos mercados, de capitais. A liberdade do homem só se garante pelo respeito dos seus direitos fundamentais.»
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Coordenador de estudo defende mudanças no acesso ao Ensino Superior

Coordenador de estudo defende mudanças no acesso ao Ensino Superior | Ocupar Portugal | Scoop.it
Notícias da actualidade, actualizadas ao minuto
Virgilio A. P. Machado's insight:
Pediram à raposa que estudasse o método de seleccionar as galinhas. Bravo. Estamos todos de parabéns (mais uma vez...)
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

"Falta de recursos humanos nos museus é um problema gravíssimo"

"Falta de recursos humanos nos museus é um problema gravíssimo" | Ocupar Portugal | Scoop.it
Notícias da actualidade, actualizadas ao minuto
Virgilio A. P. Machado's insight:
Afinal havia outras...
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Septuagenário que criticou deputado do PSD condenado a multa

Septuagenário que criticou deputado do PSD condenado a multa | Ocupar Portugal | Scoop.it
Notícias da actualidade, actualizadas ao minuto
Virgilio A. P. Machado's insight:
Um homem de 72 anos residente em Coimbra vai ter de pagar 4200 euros por um crime de difamação contra o deputado do PSD Carlos Peixoto, segundo um acórdão do Tribunal da Relação de Coimbra (TRC). Em causa está uma carta aberta escrita pelo septuagenário, reformado, em resposta a um artigo de opinião do parlamentar, no qual este se referia ao envelhecimento da população portuguesa como a «peste grisalha». A estupidez não tem cura.
more...
No comment yet.
Scooped by Virgilio A. P. Machado
Scoop.it!

Ter mérito em Portugal não conta para nada...

Ter mérito em Portugal não conta para nada... | Ocupar Portugal | Scoop.it
Ter mérito em Portugal não conta para nada... https://t.co/aBvJfLMRft
Virgilio A. P. Machado's insight:
«O cartão de visita deve ser a competência em vez da obediência, que não nos levará a lado nenhum. Porque depois o trabalho é pouco eficaz; é simplesmente o desenvolvimento e a perpetuação da incompetência.»
more...
No comment yet.