msnicolodi@yahoo....
Follow
Find
4 views | +0 today
 
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant roots and rhizosphere
onto msnicolodi@yahoo.com.br
Scoop.it!

The innermost secrets of root development

The innermost secrets of root development | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

For a plant embryo to grow from a single fertilized egg cell to a complex multicellular structure, it must undergo a highly ordered sequence of cell divisions, during which the emerging tissues are patterned and ultimately differentiate. In vascular plants, the vascular tissues lie deep within roots and shoots, where they provide the main mechanism for transporting water and nutrients between organs. The specification of root vascular tissues provides an elegant system to investigate tissue patterning. It had previously been shown that two plant hormones cross regulate each other's activity and transport to control vascular patterning (1). However, on page 636 of this issue, De Rybel et al. (2) identify a new interaction between these hormones through the regulation of their local synthesis, such that collectively these hormonal interactions coordinate the processes of both cell division and tissue patterning to specify the stereotypical vascular pattern in Arabidopsis embryos.


Via Francis Martin, Christophe Jacquet
Mario Sergio Nicolodi's insight:

Compartilhando: "Para um embrião de planta de crescer a partir de uma única célula de ovo fertilizado de uma estrutura multicelular complexo, devem ser submetidos a uma sequência altamente ordenada de divisões celulares, durante o qual os tecidos são emergentes modelado e, finalmente diferenciar."

more...
Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 4:39 PM

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 5:08 PM

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

Your new post is loading...
Your new post is loading...
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Grain du Coteau : News ( corn maize ethanol DDG soybean soymeal wheat livestock beef pigs canadian dollar)
Scoop.it!

Nitrogen-fixing bacteria could help arable farmers slash costs - Farming UK news

Produtores de culturas arvenses poderia reduzir os custos de fertilizantes, aumentar a produção e proteger o meio ambiente, após o lançamento de uma nova bactéria mistura fixadora de nitrogênio. Desenvolvido por Jim Brown em Sistemas de solo, Enfixa é uma combinação de nitrogênio-fixação e bactérias de solubilização de nutrientes, que fixam nitrogênio atmosférico e transformá-lo em uma fonte útil para a cultura. Ele pode ser usado em sistemas orgânicos ou convencionais. Sr. Brown, que desenvolveu e utiliza Enfixa em sua fazenda de 600 acres perto de Newbury, Berkshire, diz ensaios aráveis mostraram produtores usando Enfixa pode reduzir pela metade suas aplicações de nitrogênio, sem sacrificar o rendimento. "E quando aplicado com meias-doses de nitrogênio aplicado, que impulsionaram a produção em até 17% nas culturas de aveia em nossa fazenda", acrescenta. As bactérias, que são fornecidos em uma suspensão líquida, pode ser aplicado a culturas arvenses ou pastagens utilizando um pulverizador normal, de preferência com uma fonte de açúcar, como o melaço. "Aplicações Spring são melhores, mas Enfixa poderia ser usado como cobertura no outono, se o solo ainda está quente", diz Brown.





 



Varejo em £ 80 por litro e aplicado com um mínimo de 250 ml / ha, de preferência dividida em duas aplicações, ele compara muito favoravelmente contra nitrato de amônio ou uréia fertilizante custos de cerca de £ 75 / ha para as culturas de outono, ou £ 150 / ha para a Primavera culturas. , bem como fixação de nitrogênio valioso a partir do ar e torná-lo disponível para a planta, as bactérias Enfixa também assimilar e armazenar nitrogênio livre na zona de raiz, diz Mike Harrington, agrônomo independente em Edaphos. "Quando fertilizante nitrogenado é aplicado há mais disponível do que a planta pode usar imediatamente. Esse nitrogênio reposição pode facilmente acabar lixiviação para as águas subterrâneas, mas com o uso de Enfixa ele é capturado e, em seguida, liberado gradualmente, fornecendo uma fonte constante para a cultura, sem fluxos de crescimento saudáveis. " Enfixa também libera fosfato e traçar nutrientes do estoque disponível em o solo e promove uma melhor absorção na planta, com culturas tratadas com níveis de tecido 60% mais elevados de nitrogênio, bem como níveis mais elevados de fosfato, potássio e nutrientes essenciais. No entanto, o teor de nitrogênio de Enfix é desprezível, ou seja, a sua utilização é sem restrições em sistemas orgânicos e zonas vulneráveis aos nitratos, diz Harrington. "Ele pode, portanto, ajudar os produtores a manter ou aumentar a produção, mantendo a conformidade com os regulamentos ZVN e proteger o meio ambiente."






Via Stéphane Bisaillon
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant-Microbe Symbioses
Scoop.it!

Plant growth promoting rhizobia: challenges and opportunities

A agricultura moderna enfrenta desafios, como a perda da fertilidade do solo, flutuações nos fatores climáticos e aumento de patógenos e pragas ataques. Sustentabilidade ambiental e segurança da produção agrícola baseia-se em abordagens ecológicos como biofertilizantes, biopesticidas e retorno resíduo da colheita. A multiplicidade de efeitos benéficos de inoculantes microbianos, especialmente o crescimento das plantas promotores (PGP), enfatiza a necessidade de reforçar ainda mais a pesquisa e sua utilização na agricultura moderna. PGP habitam a rizosfera de nutrientes de exsudatos radiculares de plantas. Por reação, eles ajudam a (1) o crescimento das plantas através do enriquecimento de nutrientes do solo pela fixação de nitrogênio, solubilização de fosfato, produção de sideróforos e fitormônios de produção (2) aumento da protecção das plantas, influenciando celulase, protease, lipase e β-1,3 glucanase e produções aumentar a defesa das plantas, desencadeando resistência sistêmica induzida por lipopolissacarídeo, flagelos, homosserina lactonas, acetoína e butanodiol contra pragas e patógenos. Além disso, os micróbios PGP conter variação útil para tolerar estresses abióticos, como extremos de temperatura, pH, salinidade e seca; metais pesados e poluição por pesticidas. Buscando esses micróbios PGP tolerante é esperado para oferecer maior crescimento da planta eo rendimento mesmo sob uma combinação de tensões. Esta revisão resume a pesquisa PGP relacionados e seus benefícios, e destaca os benefícios do PGP rizóbios pertencentes à família Rhizobiaceae, Phyllobacteriaceae e Bradyrhizobiaceae.


Via Jean-Michel Ané
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant-Microbe Symbioses
Scoop.it!

Patterns in root traits of woody species hosting arbuscular and ectomycorrhizas: implications for the evolution of belowground strategies

Patterns in root traits of woody species hosting arbuscular and ectomycorrhizas: implications for the evolution of belowground strategies | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

Características das raízes variam enormemente entre as espécies vegetais, mas temos pouca compreensão de como esta variação afeta o seu funcionamento. De interesse central é como características de raízes estão relacionados para plantar estratégias de aquisição de recursos a partir do solo. Examinamos características de raízes de 33 espécies arbóreas de florestas nordeste dos Estados Unidos, que formam dois dos tipos mais comuns de mutualismo com fungos, micorrizas arbusculares (AM) e ectomicorrizas (EM). Examinamos distribuição da característica de raiz com relação à planta a filogenia, a quantificação do sinal filogenético ( K estatística) na morfologia fina raiz e arquitetura, e usados contrastes filogeneticamente independentes (PICs) para testar se táxons formando diferentes associações micorrízicas tinham diferentes características de raízes. Encontramos um padrão de espécies formando raízes com diâmetros mais finos como espécies diversificadas ao longo do tempo. Sinais filogenéticos moderados Given ( K  =  0,44-0,68), foi utilizado PICs para examinar traços variação entre taxa formando AM ou EM, revelando que hostes do AM foram associados com menor intensidade de ramificação ( r PIC  = -0,77) e diâmetro da raiz mais grossa ( r PIC  = -0,41). Porque EM evoluiu relativamente mais recentemente e de forma intermitente através filogenias de plantas, diferenças significativas em características das raízes e colonização entre as plantas que formam AM e EM implicam ligações entre a evolução dessas interações bióticas e características das raízes e sugerir um histórico de pressões de seleção, com trade-offs para apoiar diferentes tipos de associações. Finalmente, através de plantas hospedeiras de EM e AM, espécies com diâmetros de raiz mais finas e comprimento da raiz mais específica (SRL) tinha menos de colonização ( r PIC  = 0,85, -0,87), sugerindo restrições sobre a colonização ligadas à evolução da morfologia da raiz.


Via Jean-Michel Ané
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant-Microbe Symbioses
Scoop.it!

Identification and functional characterization of a sulfate transporter induced by both sulfur starvation and mycorrhiza formation in Lotus japonicus

Identification and functional characterization of a sulfate transporter induced by both sulfur starvation and mycorrhiza formation in Lotus japonicus | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it
Micorrizas arbusculares (MAs) são uma das simbioses mais difundidas no mundo. Eles permitem que as plantas para receber nutrientes minerais a partir do fungo simbiótico que por sua vez recebe de volta a 20% de plantas de carbono e completa o seu ciclo de vida. Especialmente em condições de baixa de nutrientes, SOU fungos são capazes de melhorar significativamente fosfato planta e aquisição de nitrogênio, mas poucos dados disponíveis sobre o enxofre (S) nutrição.Estamos focados em S metabolismo  Lotus japonicus  sobre a colonização micorrízica sob fome enxofre ou a reposição. Investigamos ambas as concentrações de sulfato de tecidos e expressão de genes relacionados com a S, em tipo de célula ou órgão inteiro nível.Expressão gênica e concentração de tecido sulfato mostrou que  Rhizophagus irregulari colonização s pode melhorar o estado nutricional da planta S sob S fome. Um grupo 1 transportador de sulfato,  LjSultr1; 2 , induzida por ambos os S formação fome e micorrizas, foi identificado. Sua transcrição foi localizada em células contendo arbuscule, o que foi confirmado com um ensaio promotor-GUS, e sua função foi verificado através de fenotipagem de Cultivo mutantes em mudas não colonizadas.LjSultr1, 2  parece, assim, codificar uma proteína chave envolvido na absorção de sulfato de planta. Em contraste com os transportadores de fosfato, um único gene, LjSultr1; 2 , parece mediar vias directas e simbióticas de absorção de S em  L. japonicus .
Via Jean-Michel Ané
more...
Jean-Michel Ané's curator insight, August 20, 11:01 PM

Wow.. great paper!

Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant roots and rhizosphere
Scoop.it!

The innermost secrets of root development

The innermost secrets of root development | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

For a plant embryo to grow from a single fertilized egg cell to a complex multicellular structure, it must undergo a highly ordered sequence of cell divisions, during which the emerging tissues are patterned and ultimately differentiate. In vascular plants, the vascular tissues lie deep within roots and shoots, where they provide the main mechanism for transporting water and nutrients between organs. The specification of root vascular tissues provides an elegant system to investigate tissue patterning. It had previously been shown that two plant hormones cross regulate each other's activity and transport to control vascular patterning (1). However, on page 636 of this issue, De Rybel et al. (2) identify a new interaction between these hormones through the regulation of their local synthesis, such that collectively these hormonal interactions coordinate the processes of both cell division and tissue patterning to specify the stereotypical vascular pattern in Arabidopsis embryos.


Via Francis Martin, Christophe Jacquet
Mario Sergio Nicolodi's insight:

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

more...
Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 4:34 PM

Compartilhando: "Para um embrião de planta de crescer a partir de uma única célula de ovo fertilizado de uma estrutura multicelular complexo, devem ser submetidos a uma sequência altamente ordenada de divisões celulares, durante o qual os tecidos são emergentes modelado e, finalmente diferenciar."

Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 4:39 PM

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant roots and rhizosphere
Scoop.it!

The innermost secrets of root development

The innermost secrets of root development | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

For a plant embryo to grow from a single fertilized egg cell to a complex multicellular structure, it must undergo a highly ordered sequence of cell divisions, during which the emerging tissues are patterned and ultimately differentiate. In vascular plants, the vascular tissues lie deep within roots and shoots, where they provide the main mechanism for transporting water and nutrients between organs. The specification of root vascular tissues provides an elegant system to investigate tissue patterning. It had previously been shown that two plant hormones cross regulate each other's activity and transport to control vascular patterning (1). However, on page 636 of this issue, De Rybel et al. (2) identify a new interaction between these hormones through the regulation of their local synthesis, such that collectively these hormonal interactions coordinate the processes of both cell division and tissue patterning to specify the stereotypical vascular pattern in Arabidopsis embryos.


Via Francis Martin, Christophe Jacquet
Mario Sergio Nicolodi's insight:

Compartilhando: "Para um embrião de planta de crescer a partir de uma única célula de ovo fertilizado de uma estrutura multicelular complexo, devem ser submetidos a uma sequência altamente ordenada de divisões celulares, durante o qual os tecidos são emergentes modelado e, finalmente diferenciar."

more...
Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 4:39 PM

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 5:08 PM

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant-Microbe Symbioses
Scoop.it!

Effect of dual inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi and sulphur-oxidising bacteria on onion (Allium cepa L.) and maize (Zea mays L.) grown in sandy soil under green house conditions

Effect of dual inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi and sulphur-oxidising bacteria on onion (Allium cepa L.) and maize (Zea mays L.) grown in sandy soil under green house conditions | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

Trinta isolados de  Thiobacillus  sp. Foram isolados com sucesso em Thiobacillus meio de enriquecimento a partir de diferentes plantas rizosfera.  Thiobacillus  A1,  Thiobacillus  A2 deu o pH mais baixo e mais alto sulfato total no meio líquido após uma semana. Estas duas amostras foram utilizadas como bioinoculants. O efeito da inoculação com os dois isolados selecionados e / ou fungos micorrízicos arbusculares (FMA) em cebola e milho plantas foi estudado em experimento em vasos em casa de vegetação. Os fertilizantes minerais foram aplicados na dose recomendada de N, P, K e enxofre (S), além de fosfato de rocha (RP) como fertilizante P. Os resultados mostraram que, a inoculação deu aumentos significativos nas concentrações de N, P, K e S em plantas de solo da rizosfera nos períodos de amostragem de 60 e 90 dias do plantio. Altas concentrações de nutrientes foram encontrados em solos adubados com NK + S + fosfato de rocha (RP) e inoculadas com o FMA +  Thiobacillus  A1. A contagem total de bactérias de enxofre-oxidante, atividade da desidrogenase (mg TPF / 100 g solo seco dia -1 ) e CO 2  evolução (mg CO 2 / 100 g solo) foram determinadas na rizosfera das plantas testadas. Biologia do solo foi afetada por um ou outro mineral ou tratamentos biofertilizante. Foram encontradas diferenças significativas para as amostras coletadas após 60 dias de cebola e 90 dias para milho fertilizado com NK + S + RP e inoculadas com FMA +  Thiobacillus  A1 que deu as maiores diferenças significativas sobre controle. Micorrízicos número de esporos e infecção AMF percentuais em plantas raízes muito afetado pela FMA especialmente quando combinada com  Thiobacillus A1 após 60 dias do plantio. O peso seco de bulbos de cebola e milho dispara bem como conteúdos de NPK significativamente afetadas pela AMF e  Thiobacillus  inoculações do que as plantas controle.


Via Jean-Michel Ané
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from MycorWeb Plant-Microbe Interactions
Scoop.it!

Identification and functional characterization of a sulfate transporter induced by both sulfur starvation and mycorrhiza formation in Lotus japonicus

Identification and functional characterization of a sulfate transporter induced by both sulfur starvation and mycorrhiza formation in Lotus japonicus | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

Arbuscular mycorrhizas (AMs) are one of the most widespread symbioses in the world. They allow plants to receive mineral nutrients from the symbiotic fungus which in turn gets back up to 20% of plant carbon and completes its life cycle. Especially in low-nutrient conditions, AM fungi are capable of significantly improving plant phosphate and nitrogen acquisition, but fewer data are available about sulfur (S) nutrition.We focused on S metabolism in Lotus japonicus upon mycorrhizal colonization under sulfur starvation or repletion. We investigated both tissue sulfate concentrations and S-related gene expression, at cell-type or whole-organ level.Gene expression and sulfate tissue concentration showed that Rhizophagus irregularis colonization can improve plant S nutritional status under S starvation. A group 1 sulfate transporter, LjSultr1;2, induced by both S starvation and mycorrhiza formation, was identified. Its transcript was localized in arbuscule-containing cells, which was confirmed with a promoter-GUS assay, and its function was verified through phenotyping of TILLING mutants in nonmycorrhizal seedlings.LjSultr1;2 thus appears to encode a key protein involved in plant sulfate uptake. In contrast to phosphate transporters, a single gene,LjSultr1;2, seems to mediate both direct and symbiotic pathways of S uptake in L. japonicus.


Via Francis Martin
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from MycorWeb Plant-Microbe Interactions
Scoop.it!

Multiple Exocytotic Markers Accumulate at the Sites of Perifungal Membrane Biogenesis in Arbuscular Mycorrhizas

Multiple Exocytotic Markers Accumulate at the Sites of Perifungal Membrane Biogenesis in Arbuscular Mycorrhizas | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

Micorrizas arbusculares (MAs) são interações simbióticas estabelecidas dentro das raízes da maioria das plantas por fungos do solo pertencentes ao Glomeromycota. A grande alojamento do fungo nos tecidos da raiz é essencialmente exercida intracelularmente, dentro de um compartimento de interface especializada rodeado pela chamada membrana perifungal, uma extensão da membrana plasmática de acolhimento. Através da combinação de imagem confocal ao vivo da proteína verde fluorescente (GFP) proteínas -tagged e microscopia eletrônica de transmissão (TEM), investigou os mecanismos que conduzem à biogênese desta membrana. Nossos resultados mostram que as respostas pré-penetração e construção de interface simbiótica estão associados a extensos dinâmica da membrana. Eles envolvem os principais componentes da maquinaria exocitica, com um maior peso do aparelho de Golgi, como revelado por ambos TEM e em imagiologia in vivo de GFP. A rotulagem de marcadores exocitose conhecidos, tais como proteínas v-SNARE da família VAMP72 e a subunidade do complexo EXO84b exocyst, permitiu imagens ao vivo dos componentes celulares envolvidos na construção da membrana perifungal, clarificar o modo como isto tem lugar antes de o crescimento intracelular hifa . Por fim, os nossos dados novos são usados para ilustrar um modelo de dinâmica da membrana no interior do aparelho de pré-AM durante a penetração da penetração do fungo.


Via Francis Martin
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant roots and rhizosphere
Scoop.it!

Linking oxygen availability with membrane potential maintenance and K+ retention of barley roots: implications for waterlogging stress tolerance

Linking oxygen availability with membrane potential maintenance and K+ retention of barley roots: implications for waterlogging stress tolerance | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

Oxygen deprivation is a key determinant of root growth and functioning under waterlogging. In this work, changes in net K+ flux and membrane potential (MP) of root cells were measured from elongation and mature zones of two barley varieties under hypoxia and anoxia conditions in the medium, and as influenced by ability to transport O2 from the shoot. We show that O2 deprivation results in an immediate K+ loss from roots, in a tissue- and time-specific manner, affecting root K+ homeostasis. Both anoxia and hypoxia induced transient membrane depolarization; the extent of this depolarization varied depending on severity of O2 stress and was less pronounced in a waterlogging-tolerant variety. Intact roots of barley were capable of maintaining H+-pumping activity under hypoxic conditions while disrupting O2 transport from shoot to root resulted in more pronounced membrane depolarization under O2-limited conditions and in anoxia a rapid loss of the cell viability. It is concluded that the ability of root cells to maintain MP and cytosolic K+ homeostasis is central to plant performance under waterlogging, and efficient O2 transport from the shoot may enable operation of the plasma membrane H+-ATPase in roots even under conditions of severe O2 limitation in the soil solution.


Via Christophe Jacquet
more...
No comment yet.
Rescooped by Mario Sergio Nicolodi from Plant roots and rhizosphere
Scoop.it!

The innermost secrets of root development

The innermost secrets of root development | msnicolodi@yahoo.com.br | Scoop.it

For a plant embryo to grow from a single fertilized egg cell to a complex multicellular structure, it must undergo a highly ordered sequence of cell divisions, during which the emerging tissues are patterned and ultimately differentiate. In vascular plants, the vascular tissues lie deep within roots and shoots, where they provide the main mechanism for transporting water and nutrients between organs. The specification of root vascular tissues provides an elegant system to investigate tissue patterning. It had previously been shown that two plant hormones cross regulate each other's activity and transport to control vascular patterning (1). However, on page 636 of this issue, De Rybel et al. (2) identify a new interaction between these hormones through the regulation of their local synthesis, such that collectively these hormonal interactions coordinate the processes of both cell division and tissue patterning to specify the stereotypical vascular pattern in Arabidopsis embryos.


Via Francis Martin, Christophe Jacquet
Mario Sergio Nicolodi's insight:

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"

more...
Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 4:34 PM

Compartilhando: "Para um embrião de planta de crescer a partir de uma única célula de ovo fertilizado de uma estrutura multicelular complexo, devem ser submetidos a uma sequência altamente ordenada de divisões celulares, durante o qual os tecidos são emergentes modelado e, finalmente diferenciar."

Mario Sergio Nicolodi's curator insight, August 8, 5:08 PM

Compratilhando: "Para um embrião de planta crescer a partir de uma única célula [...]"