Literaturas lusófonas
9 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Rescooped by Clara Ryfenholz from The Art of Literature
Scoop.it!

Cem anos de Jorge Amado

Cem anos de Jorge Amado | Literaturas lusófonas | Scoop.it

 O Colóquio Internacional 100 anos de Jorge Amado é um evento que pretende celebrar o centenário de nascimento do autor, discutindo a sua obra através de abordagens multidisciplinares, especialmente no âmbito das atuais agendas teórico-críticas da História, das Letras e das Artes, destacando-se os diálogos interculturais entre Brasil, Portugal e Países Africanos de Língua Portuguesa.                                                                                         

 

 O evento ocorrerá em duas sessões, a primeira terá como tema: História, Literatura e Cultura, será realizada nas dependências da Universidade Estadual de Santa Cruz, no período de 24 a 26 de setembro de 2012 e a segunda, discutirá o Escritor, Portugal e o Neorrealismo, em Vila Franca de Xira, Lisboa, Coimbra, Porto, no período de 12 a16 de novembro de 2012.

 

http://coloquio100anosdejorgeamado.blogspot.pt/p/o-congresso-internacional.html


Via Sandra V. Barbosa
more...
Ozeia 's comment, November 6, 2012 8:30 AM
obrigada
Sandra V. Barbosa's comment, September 20, 2013 6:41 PM
Clara, bem-vinda ao Scoop.it.
Rescooped by Clara Ryfenholz from Em Português
Scoop.it!

MpB - Música portuguesa Brasileira | Um documentário de Pierre Aderne

MpB - Música portuguesa Brasileira | Um documentário de Pierre Aderne | Literaturas lusófonas | Scoop.it
Uma tertúlia musical entre Brasil, Portugal e África. Estreia a 9 de Novembro de 2012, no Cinema São Jorge, em Lisboa, no âmbito do Rotas & Rituais. Com Tito...

Via Zélia Santos (zeliams)
more...
No comment yet.
Rescooped by Clara Ryfenholz from Inovação Educacional
Scoop.it!

De Ramos a Brown

De Ramos a Brown | Literaturas lusófonas | Scoop.it

O professor da Ivy League que é filho de uma empregada doméstica e de um cabo da Marinha

Especialista em história atlântica, que busca compreender a dinâmica comum a África, Portugal e Brasil, Roquinaldo Ferreira acaba de se tornar professor da Universidade Brown. De origem pobre e formado na escola pública, projeta-se na Ivy League, conjunto de oito instituições da elite acadêmica dos EUA.

Se você comentar com Roquinaldo Ferreira o ineditismo de sua trajetória para os padrões brasileiros, ele vai concordar, embora relutante. Se você constatar então que ele é o primeiro brasileiro negro do andar de baixo a chegar tão longe na elite da academia americana, o professor ficará resignado, fará ponderações e, em seguida, explicará a modéstia: "Não quero dramatizar a minha vida".

Filho de um cabo da Marinha e de uma empregada doméstica, o mais velho de três irmãos criados em Ramos, bairro pobre da zona norte do Rio de Janeiro, Roquinaldo Ferreira, 45, é um dos mais destacados africanistas de sua geração. Colheu seus louros acadêmicos e intelectuais nos EUA, na África e na Europa.

No Brasil, onde seu nome não é tão difundido, ele sempre estudou em escolas públicas. Serviu-se de bolsas do governo para se graduar, fazer mestrado e doutorado, quando obteve o título de PhD em história, com ênfase na África Central, pela Universidade da Califórnia.

Sem conseguir se estabelecer no país natal, Roquinaldo construiu uma bem-sucedida carreira no exterior. Professor da Universidade da Virgínia, nos EUA, é também professor-visitante da Universidade de Genebra.

Neste semestre, ele assume a Vasco da Gama Chair, espécie de cátedra nos departamentos de história e de estudos luso-brasileiros da Universidade Brown, uma das oito universidades da Ivy League, sigla conhecida pela excelência e pelo elitismo social (também integram o grupo Harvard, Yale, Princeton, Columbia, Dartmouth College, Cornell e Universidade da Pennsylvania).


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Scooped by Clara Ryfenholz
Scoop.it!

Colóquio 100 anos de Jorge Amado: O Colóquio Internacional

Colóquio 100 anos de Jorge Amado: O Colóquio Internacional | Literaturas lusófonas | Scoop.it

O Colóquio Internacional 100 anos de Jorge Amado é um evento que pretende celebrar o centenário de nascimento do autor, discutindo a sua obra através de abordagens multidisciplinares, especialmente no âmbito das atuais agendas teórico-críticas da História, das Letras e das Artes, destacando-se os diálogos interculturais entre Brasil, Portugal e Países Africanos de Língua Portuguesa.

more...
No comment yet.