JUST4MOMs
41 views | +0 today
Follow
JUST4MOMs
Ser mãe é uma aventura diária!

Hoje em dia é tanta informação que resolvi criar este Scoop.it não só para selecionar a informação que considero boa e relevante, como partilhar com outras mães, nada como a troca de experiências e conhecimentos.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

A criança e o sono

A criança e o sono | JUST4MOMs | Scoop.it
A criança e o sono As crianças precisam de mais horas de sono do que se imagina. E ele é fundamental para a saúde e o desenvolvimento.
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Ninguém é um exemplo para ninguém

Ninguém é um exemplo para ninguém | JUST4MOMs | Scoop.it
Leia a crónica do psicólogo Eduardo Sá.
Luisa Mello e Faro's insight:

 

 

Ninguém é um exemplo para ninguém
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Mum's the boss: A felicidade, a necessidade de ser ser elogiado, bajulado e as estrelinhas

Mum's the boss: A felicidade, a necessidade de ser ser elogiado, bajulado e as estrelinhas | JUST4MOMs | Scoop.it
Luisa Mello e Faro's insight:



Há umas semanas atrás escrevi um post sobre a moda do feedback positivo e das estrelinhas and so on, aplicada aos nossos filhos. Explicava que este tipo de metodologia ou estratégia deve ser utilizada com parcimónia e de forma inteligente e não porque está na moda e porque lemos e ouvimos que sim, que devemos fazê-lo a cada oportunidade. A ideia do post foi, como todos os posts que aqui escrevo, oferecer-te uma nova forma de ver as coisas para que possas reflectir sobre o assunto.

Hoje falo para ti, adult@ que és. Se acima somos nós que oferecemos esses elogios, hoje falo-te dos elogios que recebemos e dos quais somos dependentes (umas pessoas mais que outras)(...)

more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Birras!
https://susanaleiria.wordpress.com/2012/12/19/notas-de-palmo-e-meio-es-u...

Birras!<br/>https://susanaleiria.wordpress.com/2012/12/19/notas-de-palmo-e-meio-es-u... | JUST4MOMs | Scoop.it
Birras!
https://susanaleiria.wordpress.com/2012/12/19/notas-de-palmo-e-meio-es-uma-fotocopia/

Notas de Palmo e Meio – És uma fotocópia!
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

As crianças e os pesadelos

As crianças e os pesadelos | JUST4MOMs | Scoop.it
A ocorrência de pesadelos nas crianças é um problema que preocupa com alguma frequência os pais.
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Mama Mia: A falta de respeito

Mama Mia: A falta de respeito | JUST4MOMs | Scoop.it
Na educação de crianças trabalho com uma premissa básica que no fundo é válida para qualquer relação:

“Demonstra o mesmo respeito à criança que gostavas que ela te demonstrasse a ti.”

E por simples que pareça essa premissa, temos todos desafios de a integrar, de realmente viver de acordo com a ideia de que merecemos, todos, o mesmo respeito. Adultos, velhos, amarelos, gays, negros, altos, professores, heterossexuais, baixos, polícias…. e crianças! [...]
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Infantários... e “infetários”

Infantários... e “infetários” | JUST4MOMs | Scoop.it
Quando os mais pequeninos se estreiam na escola. A idade ideal, o que fazer na entrega e nas doenças.
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

The Parent-Child Relationship, A Relationship of Contrast - an Article by Teal Scott: The Spiritual Catalyst

The Parent-Child Relationship, A Relationship of Contrast - an Article by Teal Scott: The Spiritual Catalyst | JUST4MOMs | Scoop.it
The Parent-Child Relationship, A Relationship of Contrast - an Article by Teal Scott The Spiritual Catalyst. Childhood isn’t supposed to be purely enjoyable; neither is parenting.
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

As crianças não são hiperactivas, são mal-educadas

As crianças não são hiperactivas, são mal-educadas | JUST4MOMs | Scoop.it

É uma comédia que se acumula no dia-a-dia. Um sujeito vai ao café ler o jornal, e o café está inundado de crianças que não respeitam nada, nem os pardalitos e os pombos, e os pais "ai, desculpe, ele é hiperactivo", que é como quem diz "repare, ele não é mal-educado, ou seja, eu não falhei e não estou a falhar como pai neste preciso momento porque devia levantar o rabo da cadeira para o meter na ordem, mas a questão é que isto é uma questão médica, técnica, sabe?, uma questão que está acima da minha vontade e da vontade do meu menino, olhe, repare como ele aperta o pescoço àquele pombinho, é mais forte do que ele, está a ver?". E o pior é que a comédia já chegou aos jornais. Parece que entre 2007 e 2011 disparou o consumo de medicamentos para a hiperactividade. Parece que os médicos estão preocupados e os pais apreensivos com o efeito dos remédios na personalidade dos filhos. Quem diria?


Ler mais: http://expresso.sapo.pt/as-criancas-nao-sao-hiperactivas-sao-mal-educadas=f780888#ixzz2IkKaiFnJ
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Questões para lá de pertinentes no blog. A de hoje:
'É possível amar dois filhos...

Questões para lá de pertinentes no blog. A de hoje:<br/>'É possível amar dois filhos... | JUST4MOMs | Scoop.it
Questões para lá de pertinentes no blog. A de hoje:
'É possível amar dois filhos de forma igual?
more...
No comment yet.
Scooped by Luisa Mello e Faro
Scoop.it!

Mum's the boss: As birras dos pais

Mum's the boss: As birras dos pais | JUST4MOMs | Scoop.it
 Nesta coisa da Parentalidade Positiva, existe uma coisa que me faz sempre sorrir: a birra dos pais! Ah pois é, senhoras e senhores! Nós também fazemos as nossas birras... Queres ver? -       Se não vens comer já, não há mais playstation!pimba, vais já ver quem manda aqui! -       Dá-me lá um beijinho! Não dás? És feio!que maldade e que mentira, ainda por cima! Os miúdos têm fases (de beijos e não beijos)e, vá lá, já há mais gente a perceber isso! -       Pára de bater! Só os meninos feios é que batem!maldade, mentira! Não se bate porque isso magoa os outros, eu não quero e não resolve nada. Ainda por cima, os putos, quando têm sono, fazem destas coisas. Ok, há alturas em que a coisa passou um tal estágio que já pode ser mais do que isso MAS há sempre, mas sempre uma falta qualquer e tu, enquanto pai e mãe, tens de descobrir o que é. Por aquilo que tenho vindo a ler (e faz todo o sentido) um miúdo que está bem emocionalmente não bate! -       Pára de brincar com o pacote do açúcar! Olha que vem aí a polícia     esta farto-me de a ouvir – dá mais trabalho explicar porque é que aquilo não se faz, tirar o pacote ou eu sei lá do que dizer que vem aí o fiscal, não é? -       Tira o dedo da boca que vais ficar com ele desformado/vais ficar sem dedoE se disseres a verdade? E se disseres que os dedos têm micróbios? E se o tiveres de repetir mil vezes, vem mal ao mundo? E se disseres que estás cansad@ de lhe pedir isso? E se lhe disseres apenas ‘dedo!’? Experimenta! É que eles também se esquecem, tal e qual como nós... ainda para mais, é fonte de prazer... -       Bates-me? Pega lá que é para aprenderes! O quê? Eu sou fei@? Vamos já ver se me voltas a falar assim!E pronto, é isto... bater está mal, pois claro, mas se o faz é porque se calhar está chateado e não sabe explicar... em vez disso, age com calma e faz o que gostarias que te fizessem numa altura em que estás zangad@ É que bateres por cima, acho eu, não resolve grande coisa, pois não? Achas que o teu filho te está a desrespeitar? Procura ver mais longe do que isso, boa? -  olha que vem aí o bicho mau que te leva se não estiveres a dormirA verdade é que os miúdos precisam de descansar e dormir. Precisam. E é isso que lhes temos de dizer e explicar. E explicar que é assim que eles crescem (em altura e na cabecinha). E quando acordarem, vão estar cheios de energia para continuarem a brincar. Não há bicho mau, ok? Não há!  O que é que ganhas com isto tudo? Primeiro, não estás a fazer com que actuem com base no medo. Estás a falar a verdade e estás a respeitá-los enquanto seres humanos que são. E, compreendendo a verdade, vão aceitar. ‘Ah e tal, tu não sabes como é o meu filho.’ Pois não, não sei. O que sei, é que eu prefiro falar verdade com a minha do que saber que ela faz o que quer que seja porque tem medo de uma coisa qualquer. E isso faz, pelo menos para mim, toda a diferença. Claro que dá trabalho, claro que demora mais mas, depois de ela entender, ela aceita e, muitas das vezes explica o motivo ;). Sê firme, clar@. E repetitiva! Segundo, é com isto que eu construo uma vinculação ainda maior porque, a cada passo que dou, a cada falar verdade com ela, estou a fazer com que a nossa casa seja um lugar seguro. Porque a trato como uma pessoa, com base no respeito e tendo em conta a idade e a maturidade dela. Não a trato como um ser menos capaz nem tão pouco faço com que actue com base no medo. Mas também não faço dela um mini-adulto porque não o é. É uma crianças que precisa de orientação. Educar é isso, é o-ri-en-tar!E, aqui entre nós que ninguém nos ouve,  se há alguém ‘menos capaz’ sou eu se tenho de usar estratégias como o medo ou a punição. Mas, e se eu não os punir, como é que eles aprendem?Com os nossos comportamentos, estamos sempre a modelar e a influenciar os comportamentos dos nossos filhos. Eles aprendem porque te sabem justo, sério e coerente. Aprendem porque sabem que falas a verdade. Aprendem porque, no respeito que tens por eles, na empatia que mostras, eles devolvem tudo isso em igual respeito e empatia.Ah, isso não deve ser bem assim, pensas tu... Pois... ;) Vá lá, give peace a chance e segue, sem medos... Com persistência, firmeza e muito amor. E depois partilha aqui!
 
more...
No comment yet.