Estudo vai apontar chances de negócios em educação | Graça Santos | Scoop.it

Levantamento começa a mapear oportunidades para startups no país; áreas mais procuradas já começam a aparecer

Tem cheiro de empreendedorismo no ar. A primeira parte de um estudo que pretende mapear as áreas de oportunidades para startups de educação foi apresentada ontem, durante o Transformar. Realizado a partir de uma parceria entre o Instituto Inspirare e a Potencia Ventures, o relatório “Oportunidades no Setor de Educação para Negócios Focados na População de Baixa Renda” deve ser finalizado até junho, mas já aponta alguns indícios importantes das configurações do setor. “Estamos conseguindo verificar demandas que não estão sendo atendidas de modo adequado e, ainda, um panorama com muitas possibilidades de negócios”, afirma Carolina Aranha, consultora de investimentos e empreendedorismo do Inspirare.

Primeiro, a boa notícia. Existe um movimento emergente de startups em educação. A prévia do estudo está considerando jovens empresas mapeadas pelos principais fundos de investimentos, aceleradoras, educadores, escolas da rede pública e privada e mais de 70 empreendedores que se inscreveram para participar do pitch do Transformar. Na ocasião, oito empreendedores tiveram cinco minutos para defender seus projetos a uma banca de especialistas e investidores. O volume de inscritos em menos de duas semanas surpreendeu os organizadores do pitch e ofereceu insumos à pesquisa. “Foi uma surpresa positiva e vibrante, principalmente pela rapidez com que conseguimos mobilizar muitas startups que não estavam no nosso radar”, afirma Carolina.


Via Luciano Sathler