Governança Civil Móvel
292 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Fábrica de aplicativos ajuda a transformar uma boa ideia em um software para celular

Fábrica de aplicativos ajuda a transformar uma boa ideia em um software para celular | Governança Civil Móvel | Scoop.it
A fabrica de aplicativos é uma plataforma que permite criar e compartilhar apps de forma fácil e sem programação.
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Workshops - Mowa Social Office - YouTube

Uma pequena amostra do trabalho realizado pelas oficinas do escritório social. No vídeo são retratados momentos dos workshops sediados na Escola Viva, Colégi...
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from The Semantic Sphere
Scoop.it!

Devenir réflexif (Gabriel Plassat)

Devenir réflexif (Gabriel Plassat) | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Les firmes se positionnaient vis à vis de leurs clients par des études marketing, des sondages, des panels consommateurs. Ces boucles rétroactives "pauvres" permettaient de comprendre les besoins et de planifier le développement de produits de façon verticale. Cette approche est bien sûr dépassée dans un monde chaotique, complexe - au sens de complexus, ce qui est tissé ensemble -, interdépendant et hyperlié. Notre compréhension de la multitude doit évoluer, pour développer de meilleurs produits et services mais surtout pour nous permettre de mieux comprendre notre environnement et de mieux nous voir évoluer nous mêmes. L'Internet augmente nos processus cognitifs...

Via Pierre Levy
more...
Mlik Sahib's curator insight, March 27, 2014 11:39 PM

"Pierre Lévy dans son dernier livre la sphère sémantique décrit sur plus de 400 pages le chemin qui l'a guidé vers l'IEML (lire également un article du blog de Pierre Lévy). Probablement un des projets majeurs du web puisqu'il s'agit d'utiliser un métalangage nouveau, l'IEML, pour structurer, organiser et représenter toute la culture sous une forme réflexive. Pierre Lévy construit ainsi une technologie permettant à des programmes de nous renvoyer des "images" augmentées de nos propres processus cognitifs, nous permettant d'améliorer notre intelligence collective. Plusieurs articles sont nécessaires pour décrire cette rupture ... Cette réflexivité rejoint la notion d'holoptisme déjà abordée dans ce blog. "

Rescooped by Gregorio Marin from Measuring Social Impact
Scoop.it!

Digital Media and Learning Competition

Digital Media and Learning Competition | Governança Civil Móvel | Scoop.it

Hoping to make a Social Impact Assessment badge - all help and collaboration welcome!!


Via Emily Rotella
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

The Startup That’s Bringing Coding to the World’s Classrooms | Business | WIRED

The Startup That’s Bringing Coding to the World’s Classrooms | Business | WIRED | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Teachers across the United Kingdom know how they're going to spend their summer vacations: learning to code.
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Literacy in the algorithmic medium
Scoop.it!

How Do We Teach Digital Literacy to Digital Natives? - Edudemic

How Do We Teach Digital Literacy to Digital Natives? - Edudemic | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Is it possible for our students to be both digital natives and digitally unaware? Young people today are instant messengers, gamers, photo sharers and supreme multitaskers. But while they use the technology tools available to them 24/7, they are struggling to sort fact from fiction, think critically, decipher cultural inferences, detect commercial intent and analyze …

Via ThePinkSalmon, Pierre Levy
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Doe!
Scoop.it!

Aplicativo da AACD permite fazer doações pelo smartphone - IDG Now!

Aplicativo da AACD permite fazer doações pelo smartphone - IDG Now! | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Aplicativo da AACD permite fazer doações pelo smartphone
IDG Now!
A Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) anunciou o lançamento do seu aplicativo, que permite às pessoas realizarem doações à instituição por meio de seus smartphones.

Via Marcelo Estraviz
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

R.I.A. Festival | Simple Book Production

R.I.A. Festival | Simple Book Production | Governança Civil Móvel | Scoop.it
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Ao Quadrado | Tecnologias que mudam o mundo

Ao Quadrado | Tecnologias que mudam o mundo | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Gregorio Marin's insight:

Ao Quadrado agora no catralivre.com.br e também no Mundial da educação !

more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Big Data Analysis in the Clouds
Scoop.it!

El ‘big data’ ya está creando las primeras desigualdades y amenazas

El ‘big data’ ya está creando las primeras desigualdades y amenazas | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Dos informes de la Casa Blanca y el Fondo Monetario Internacional muestran que el big data está provocando nuevas amenazas y desigualdades

Via Toni Sánchez, Pierre Levy
more...
Wellington Cruz's curator insight, May 4, 2014 7:49 PM

BIG DATA - Muita Informação associada a uma enorme capacidade de processamento. Eis o mapa do futuro: Ricos de informação de um lado (em verde esperança) ; Pobres de informação do outro (em cinza cocô e vermelho) e no meio,  os emergentes (em amarelo peido ) ... Será que uma hora esse mapa vai mudar?

Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Escolas apostam em experiência real de trabalho | PORVIR

Escolas apostam em experiência real de trabalho | PORVIR | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Studio Schools, para jovens de 14 a 19, se inspiram nos estúdios renascentistas para trabalhar com educação baseada em projeto
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Education and Cultural Change
Scoop.it!

Materiales de "Gamificación en la educación y la formación"

Materiales de "Gamificación en la educación y la formación" | Governança Civil Móvel | Scoop.it
El pasado 23 de abril, celebramos el Día del Libro en SocialBiblio aprendiendo un poco más sobre la gamificación en la educación y la formación, de la mano de Miguel Castillejo, que nos habló de la...

Via A Petapouca, Pierre Levy
more...
María Dolores Díaz Noguera's curator insight, April 26, 2014 2:27 PM

Materiales de Gamificación en la educación y la formación.

Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Fábrica de Aplicativos (Eric Chaim) - YouTube

Tetra Apper, a Fábrica de Aplicativos fazendo a diferença!!!!
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Uma Nova Forma - Oficina de App Casa do Zezinho - YouTube

Aula de introdução ao universo mobile, segundo Gregório Marin Jr. Oficina de aplicativos na Casa do Zezinho.
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

5 aplicativos educacionais grátis para Android, IOS, Html5 | Blog da Fábrica de Aplicativos

5 aplicativos educacionais grátis para Android, IOS, Html5 | Blog da Fábrica de Aplicativos | Governança Civil Móvel | Scoop.it
Conheça 5 aplicativos educacionais grátis para todas plataformas. Saiba como algumas pessoas estão revolucionando a educação com a Fábrica de Aplicativos.
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Education and Cultural Change
Scoop.it!

Materiales de "Gamificación en la educación y la formación"

Materiales de "Gamificación en la educación y la formación" | Governança Civil Móvel | Scoop.it
El pasado 23 de abril, celebramos el Día del Libro en SocialBiblio aprendiendo un poco más sobre la gamificación en la educación y la formación, de la mano de Miguel Castillejo, que nos habló de la...

Via A Petapouca, Pierre Levy
more...
María Dolores Díaz Noguera's curator insight, April 26, 2014 2:27 PM

Materiales de Gamificación en la educación y la formación.

Rescooped by Gregorio Marin from Doe!
Scoop.it!

Filantropia é o último dos artigos de luxo

Filantropia é o último dos artigos de luxo | Governança Civil Móvel | Scoop.it

O(a) cidadão(ã) já comprou um iate, um guarda-roupa Chanel completo para a filha adolescente, coleciona conversíveis e investiu numa vila na Toscana. Ou pagou para batizar uma estrela, acampou no deserto, estudou neurociência e ampliou seu estoque de arte moderna. O que mais ele(a) pode fazer de sua tediosa vida? "O maior dos luxos é a filantropia. É quando quem já tem tudo finalmente encontra um diferencial", afirma Célia Kochen Parnes, presidente da Unibes, entidade que atende 14 mil pessoas por ano.

A moça não faz só frases de efeito. Ela aplica as técnicas do mercado de luxo em sua gestão para aumentar a arrecadação para os programas sociais. Começa por entender as motivações de seus potenciais doadores. Seria o status? Pois há uma resposta para isso. "Fazer o bem permite que o doador se sinta realmente único." Seria uma tendência a generosidade?

"Os consumidores de luxo, geralmente mais bem informados, identificam como superiores os produtos que tenham valores que não sejam só materiais." Como captá-los para sua causa? "A concorrência na área da filantropia só cresce. Então é preciso criar diferenciais, a começar por um serviço de qualidade."

Ela tem tanta clareza das conexões entre os dois universos - "Começou lá atrás com a benemerência das damas da sociedade" - que até ministra uma aula sobre o tema no MBA Gestão de Marcas de Luxo, na Faap, em São Paulo. "Nós disputamos os mesmos clientes VIPs que as marcas de luxo. E elas já perceberam que não basta só vender produtos caros e exclusivo. O retorno das práticas de cidadania gera impacto positivo de imagem, turbina as vendas e incrementa os lucros." Algumas dessas grifes, por sinal, são associadas da entidade, como Gucci, Tiffany, NK Store, Tory Burch etc.

Sem apelar a histórias tristes que acionem a culpa, Célia prefere ressaltar o que proporciona o prazer e o contentamento para aumentar a arrecadação da Unibes. Por exemplo, ela investe nos shows, peças de teatro e até palestrantes internacionais que seriam o "must have" para seu público. Recentemente a entidades comprou todos os ingressos da pré-estreia de "Elis, A Musical", em São Paulo. Uma equipe própria da Unibes revendeu os tíquetes com uma margem maior. "Vou atrás do que sei que o público iria querer de qualquer forma. Eu antecipo os desejos deles." Ela encontra parceiros e patrocinadores para essas ações, o que as torna ainda mais rentáveis.

Além de eventos, Célia profissionalizou os bazares da Unibes. Hoje, eles são sete na cidade e se tornaram lojas permanentes. São a segunda frente de arrecadação da entidade, respondendo por 25% do total. Para tanto, ela organizou formas de aumentar a captação e melhorar a qualidade de doações de roupas, móveis e livros. Agora é mais frequente o aparecimento de acessórios de grife, cristais e mobiliário assinado. "O tempo é o bem mais raro. Então, fazemos a coleta com hora marcada. O doador pode ou não estar em casa. Recolhemos as peças e deixamos uma lista, como se fosse uma nota fiscal, relacionando todos os bens. Depois mandamos uma carta pessoal agradecendo a doação. Esse tipo de cuidado faz diferença."

O que também tem efeito é o sistema de logística implantado por um dos diretores voluntários, Daniel Machlup, que trabalhou anos em uma grande varejista de moda. A cada dia 2 mil peças são selecionadas e recebem códigos de barras. Depois são dispostas nos bazares seguindo as estratégias de organização de uma loja padrão. Isso significa que o item mais buscado vai estar sempre à mão, e não numa pilha disforme. Por isso, as unidades atraem até blogueiras de moda que fazem visitas constantes no lugar para montar seus "looks" do dia. "Temos muitos clientes individuais que procuram por cabo de panela, por exemplo. Mas também atraímos os brechós, inclusive os de luxo, e os sebos de livros." Uma vez por mês, a Unibes realiza o sábado cultural e cada loja ganha ambientação especial com o acervo existente, seguindo as técnicas de "visual merchandising". "Tem até fila na porta."

A entidade tem se beneficiado de outros voluntários "estratégicos". Há, por exemplo, Ana Lúcia Bertelli, especialista em "branding" que tem ajudado a reconstruir a marca Unibes e facilitar a comunicação com públicos diversos. A concepção visual foi renovada, o logo, refeito e o site passou por uma transformação. "Hoje, é possível fazer a doação on-line e já direcionada para a área de interesse: crianças, jovens, famílias etc."

A Unibes precisa de um orçamento de R$ 30 milhões para este ano. Em 2013 conseguiu R$ 29,2 milhões, mais de 15% sobre o ano anterior. Com 260 funcionários e 200 voluntários, a entidade atende crianças, na creche e no contraturno escolar; adolescentes, nos cursos profissionalizantes; adultos, no aconselhamento familiar e acompanhamento de idosos, incluindo aí vítimas do Holocausto. Foi fundada em 1915 como uma central de apoio aos imigrantes judeus, mas hoje "ampliou sua área de atuação e seu público". Suas contas são auditadas pela 4Partners, o que faz com que as empresas privadas respondam por 30% das fontes de recurso. "Assim como as marcas de luxo, queremos ser sempre referência. A transparência é um valor fundamental no processo."


Via Luciano Sathler, Marcelo Estraviz
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Literacy in the algorithmic medium
Scoop.it!

The #Schools Where Apple, Google, and Facebook Get Their #Recruits | #dataviz #tech

The #Schools Where Apple, Google, and Facebook Get Their #Recruits | #dataviz #tech | Governança Civil Móvel | Scoop.it
A look at which colleges provide new recruits to the big tech companies.

Via luiy, Pierre Levy
more...
No comment yet.
Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Criando Aplicativo de Celular sem usar mouse ou teclado - YouTube

1º Aplicativo do Universo.mobi criado pelo mestre especial Eric Chaim.
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Governança Civil Móvel
Scoop.it!

Que tal criar um aplicativo com seus alunos? | Tecnologia na Educação | Nova Escola

Que tal criar um aplicativo com seus alunos? | Tecnologia na Educação | Nova Escola | Governança Civil Móvel | Scoop.it
more...
No comment yet.
Rescooped by Gregorio Marin from Education and Cultural Change
Scoop.it!

A framework for interaction and cognitive engagement in connectivist learning contexts

A framework for interaction and cognitive engagement in connectivist learning contexts | Governança Civil Móvel | Scoop.it
A framework for interaction and cognitive engagement in connectivist learning contexts

Via Ana Cristina Pratas, Pierre Levy
more...
Ana Cristina Pratas's curator insight, May 4, 2014 2:40 AM
Abstract

Interaction has always been highly valued in education, especially in distance education (Moore, 1989; Anderson, 2003; Chen, 2004a; Woo & Reeves, 2007; Wang, 2013; Conrad, in press). It has been associated with motivation (Mahle, 2011; Wen-chi, et al., 2011), persistence (Tello, 2007; Joo, Lim, & Kim, 2011), deep learning (Offir, et al., 2008) and other components of effective learning. With the development of interactive technologies, and related connectivism learning theories (Siemens, 2005a; Downes, 2005), interaction theory has expanded to include interactions not only with human actors, but also with machines and digital artifacts. This paper explores the characteristics and principles of connectivist learning in an increasingly open and connected age. A theory building methodology is used to create a new theoretical model which we hope can be used by researchers and practitioners to examine and support multiple types of effective educational interactions. Inspired by the hierarchical model for instructional interaction (HMII) (Chen, 2004b) in distance learning, a framework for interaction and cognitive engagement in connectivist learning contexts has been constructed. Based on cognitive engagement theories, the interaction of connectivist learning is divided into four levels: operation interactionwayfinding interaction,sensemaking interaction, and innovation interaction. Connectivist learning is thus a networking and recursive process of these four levels of interaction.

Alina Ghimpu-Hague's curator insight, May 8, 2014 5:24 AM

Aims to contribute to the construction of a more nuanced framework for connectivist practice by proposing a theoretical model that integrates two of connectivism's core concepts, Wayfinding Interaction and Sensemaking Interaction, with aspects of Bloom's revised taxonomy.

Rescooped by Gregorio Marin from The New Global Open Public Sphere
Scoop.it!

The Selfie Syndrome- Great Visual ~ Educational Technology and Mobile Learning

The Selfie Syndrome- Great Visual ~ Educational Technology and Mobile Learning | Governança Civil Móvel | Scoop.it

Via Dr Peter Carey, Pierre Levy
more...
David W. Deeds's curator insight, April 27, 2014 8:20 AM

Guess I didn't realize it was a "syndrome" yet. ;)

Scooped by Gregorio Marin
Scoop.it!

Future Tech Studio | A New and Innovative Approach to Education

Future Tech Studio | A New and Innovative Approach to Education | Governança Civil Móvel | Scoop.it
The Future Tech Studio is new and innovative approach to education for 14-19 year olds, specialising in IT, Business & Finance and Engineering
more...
No comment yet.