Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades
30.3K views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

FCT — Concurso de Bolsas Individuais 2016

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia ê a entidade governamental portuguesa responsável pelo financiamento e avaliação do sistema científico e tecnológico. Concurso de Bolsas Individuais 2016.
FCSH/NOVA's insight:
Encontram-se abertas as candidaturas para as Bolsas de Pós-Doutoramento (BPD) da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).
O concurso de bolsas individuais apoia investigadores, que pretendam prosseguir investigação pós-doutoral de ponta, em unidades de investigação nacionais.

Quem se pode candidatar?
Podem candidatar-se cidadãos nacionais, cidadãos de outros estados membros da União Europeia, cidadãos de estados terceiros detentores de título de residência válido ou beneficiários do estatuto de residente de longa duração, ou cidadãos provenientes de países com os quais Portugal tenha celebrado acordos de reciprocidade.
Os candidatos terão de ser doutorados preferencialmente há menos de 6 anos.

Qual a duração da bolsa?
A duração máxima da bolsa é renovável até ao máximo de 6 anos mediante parecer favorável na avaliação intermédia, realizada no fim do primeiro triénio.

Condições de elegibilidade:
• Ter concluído, até à data de submissão da candidatura, o grau académico de doutor.
• Não ter beneficiado de uma BPD diretamente financiada pela FCT, independentemente da sua duração.

Quais os critérios de avaliação?
A avaliação das candidaturas será realizada por painéis de avaliação constituídos com base na adaptação da classificação FOS do Manual Frascati. 
As candidaturas são pontuadas de 1,000 (mínimo) a 5,000 (máximo) em três critérios de avaliação:
i) mérito do candidato;
ii) mérito do plano de trabalhos;
iii) mérito das condições de acolhimento.
Os três critérios de avaliação terão a ponderação, respetivamente, de 40%, 40%, 20% no caso de candidaturas a BPD.
Qual o valor das bolsas?
Os candidatos selecionados recebem subsídios de manutenção mensal de acordo com os valores fixados no Regulamento e, quando aplicável, outros complementos de bolsa, tais como propinas, subsídios de instalação, viagem e seguro de saúde.

As candidaturas terão de ser submetidas até ao dia 15 de julho de 2015 por via electrónica no portal de concursos a bolsas da FCT.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Prémio "Almirante Teixeira da Mota /2016"

Prémio "Almirante Teixeira da Mota /2016" | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
Direcção de Faróis Marinha Portuguesa
FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se aberto o período de candidaturas para o do Prémio “Almirante Teixeira da Mota” promovido pela Academia de Marinha com o objetivo de incentivar e dinamizar a pesquisa e a investigação científica nas áreas de Artes, Letras e Ciências ligadas ao Mar e às Marinhas.

Quem pode concorrer?
Podem concorrer cidadãos nacionais e estrangeiros.
Que trabalhos que podem concorrer?
Os trabalhos apresentados têm de ser originais, nos domínios do Mar e da marinha cuja publicação tenha sido concluída no ano anterior.

Qual o valor do prémio?
O prémio terá um valor pecuniário de 5.000 euros e um diploma. 

Qual a data limite de apresentação de candidaturas? Os trabalhos terão de ser enviados até ao dia 30 de Setembro de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Projetos Conjuntos 2017/2018 – Portugal Polónia

Projetos Conjuntos 2017/2018 – Portugal Polónia | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
The Fundação para a Ciência e a Tecnologia is the portuguese government body responsible for financing and evaluating the national scientific and technological system. Support. Poland. 2012 Call for 2013/14
FCSH/NOVA's insight:
O Acordo de cooperação científica entre Portugal e Polónia é estabelecido entre a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e o Ministry of Science and Higher Education da Polónia e destina-se ao intercâmbio de investigadores no âmbito de projetos comuns de investigação.

As candidaturas são realizadas em conjunto e submetidas em simultâneo às agências respectivas de financiamento, o parceiro português terá de submeter à FCT e o parceiro polaco ao Ministry of Science and Higher Education.

Que atividades são financiadas?
Serão financiadas as viagens de ida e volta dos investigadores portugueses à Polónia e estadia dos investigadores polacos em Portugal. A estadia do investigador é paga pelo país de acolhimento.

 Quais são os critérios de avaliação?
Mérito científico e qualidade da proposta; qualidade das equipas de investigação da proposta; relevância da participação de jovens investigadores da parte portuguesa; adequação das missões de mobilidade ao programa proposto.
A não inclusão de jovens investigadores na equipa tem caráter eliminatório.
É dada prioridade a novos projetos e/ou novas equipas de investigação.

Como será o processo de seleção?
As propostas serão avaliadas em 2 fases. As propostas consideradas elegíveis serão avaliadas por ambas as Partes e posteriormente analisadas em reunião conjunta na Comissão Mista de seleção, composta por elementos da FCT e do MSHE, sendo apuradas para financiamento aquelas que forem objeto de acordo na conciliação de interesses entre as duas instituições.

A data limite de apresentação de candidaturas é 30 de junho de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

FCSH/NOVA distinguida com três bolsas individuais do Horizonte 2020 no último concurso

FCSH/NOVA distinguida com três bolsas individuais do Horizonte 2020 no último concurso | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA distinguida com três bolsas individuais do Horizonte 2020 no último concurso.
FCSH/NOVA's insight:
O IEM, CESEM e IHC, centros de investigação da FCSH/NOVA, obtiveram mais três bolsas atribuídas pelo programa Marie Sklodowska-Curie. 
Os projetos vencedores foram:
ArtMedGIS - Analysis of the Artistic Exchanges in the Medieval Mediterranean between 12th and 15th Centuries through the Geographical Information Systems (GIS): A Critical Review of “Centre” and “Peripheries” da investigadora Maria Marcos Cobaleda. Tem como objetivo a análise das trocas artísticas na Península Ibérica durante a época medieval através de Sistemas de Informação Geográfica (SIG). O projeto será supervisionado por Maria João Branco do IEM.

Mercator-e - Quantifying the impact of transport infrastructures: network analysis applied to the study of the Iberian Peninsula (From Roman Times to XIXth Century) do investigador Pau de Soto pretende analisar o impacto das infra-estruturas dos transportes para o desenvolvimento dos países e territórios ibéricos. O projeto será supervisionado por Daniel Alves, do IHC. 

Propera - The Profanation of Opera: Music and Drama on Film do investigador João Pedro Cachopo. O projeto será supervisionado por Mário Vieira de Carvalho, do CESEM, e tem como objetivo a análise da experiência estética sob o ponto de vista interdisciplinar da interação entre os dois géneros artísticos – ópera e cinema. A FCSH/NOVA tem ainda outros projetos no âmbito das Ações Marie Sklodowska-Curie IRSE e ITN. - See more at: http://fcsh.unl.pt/media/noticias/destaques/bolsas-marie-sklodowska-curie#sthash.nJA1qKtX.dpuf


more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Candidaturas abertas - Programa Pessoa - FCT

Candidaturas abertas - Programa Pessoa - FCT | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
The Fundação para a Ciência e a Tecnologia is the portuguese government body responsible for financing and evaluating the national scientific and technological system. Bilateral agreements: PESSOA Programme 2011.
FCSH/NOVA's insight:
O Programa Hubert Curien (PHC) luso-francês resulta de uma colaboração bilateral gerido pela FCT em Portugal e pelo CAMPUSFRANCE em França.

O Programa Pessoa tem como principal objetivo a implementação do intercâmbio científico de excelência entre os laboratórios de investigação dos dois países, favorecendo o aparecimento de novas equipas e novos temas de cooperação. 

No âmbito deste programa encontram-se abertas as convocatórias para o intercâmbio de investigadores no âmbito de projetos comuns de investigação para o biénio de 2017/2018.

Quais as atividades previstas?
As atividades previstas para o financiamento são a mobilidade de investigadores participantes nos projetos: despesas de viagem e estadia da equipa portuguesa em França.

Como decorre a candidatura?
As candidaturas terão de ser produzidas por ambos os investigadores de cada país e submetidas aos respectivos organismos, em Portugal à FCT e em França ao CAMPUSFRANCE. A candidatura nacional terá de ser submetida através do link disponibilizado pela FCT acompanhada por uma Declaração de Compromisso disponibilizada no mesmo site.

O subsídio financeiro é atribuído conforme o orçamento disponível.

A data limite de submissão de candidaturas é 6 de junho de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Sessão de Informação Ações Marie Sklodowska-Curie e ERC

Sessão de Informação Ações Marie Sklodowska-Curie e ERC | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Irá decorrer na FCSH/NOVA uma sessão de informação sobre as Ações Marie Sklodowska-Curie e o European Research Council (ERC) proporcionado pelos pontos de contacto nacional para estes programas do Horizonte 2020.

O evento terá lugar no dia 11 de maio de 2016 das 09h45 às 12h45 n sala de Multiusos 3, edifício ID da FCSH/NOVA. Para além da oportunidade de conhecer melhor estes dois programas, haverá espaço para partilha de experiência como investigador João Pedro Cachopo.

A sessão é aberta a todos os interessados, dentro e fora da faculdade, mas requer inscrição no formulário disponível em: http://www.gppq.fct.pt/h2020/eventos.php?id=5253
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Mercado de Parcerias para as Redes de Implementação do URBACT

Mercado de Parcerias para as Redes de Implementação do URBACT | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se disponível o Mercado de Parcerias para as Redes de Implementação do URBACT.

O Mercado de Parcerias agrega as cidades que queiram entrar em consórcios ou que têm uma ideia de projeto para submeter propostas de candidatura às Redes de Implementação do URBACT.

Recordamos que a convocatória Redes de Implementação está aberta até ao dia 22 de junho de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Abertura de concurso para constituição de Painel de Avaliação Externa URBACT

Abertura de concurso para constituição de Painel de Avaliação Externa URBACT | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se aberto o período de candidaturas para o Painel de Avaliação Externa para o URBACT.

Este Painel de avaliadores será responsável pela avaliação das fases 1 e 2 das candidaturas submetidas ao recente concurso Redes de Implementação. Serão seleccionados 5 avaliadores (incluindo um presidente de Painel).

Recomenda-se a leitura da convocatória para análise da documentação necessária para apresentação de candidatura. A convocatória está disponível em: http://urbact.eu/sites/default/files/call_eap_implem_networks_final.pdf

A data limite de apresentação de candidaturas é 8 de maio de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Prémio Fernão Mendes Pinto (Edição 2016) - AULP

Prémio Fernão Mendes Pinto (Edição 2016) - AULP | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Estão abertas as candidaturas para o Prémio Fernão Mendes Pinto atribuído pela Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP).

Este prémio pretende galardoar uma dissertação de mestrado ou de doutoramento que contribua para a aproximação das Comunidades de Língua Portuguesa, explicitando relações entre comunidades de, pelo menos, 2 países.

Quais as áreas elegíveis?
As áreas elegíveis são:
Letras e Artes;
Ciências Exatas; 
Ciências da Saúde e da Vida; 
Ciências Sociais e Humanas.

As propostas devem ser apresentadas pelas instituições membros da AULP.

Qual o valor do prémio?
O valor do prémio é de 8.000€ a atribuir numa parceria conjunta entre a AULP e a CPLP ao autor premiado e cuja publicação será da responsabilidade do Instituto Camões.

Qual a data limite de apresentação de candidaturas?
Os trabalhos têm de ser apresentados até ao dia 31 de julho de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Pré-apresentação da 1ª Convocatória Espaço Atlântico 2014-2020

Pré-apresentação da 1ª Convocatória Espaço Atlântico 2014-2020 | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Foi publicado recentemente o calendário de abertura das próximas convocatórias do Espaço Atlântico 2014-2020.

O Espaço Atlântico é um Programa Operacional da Cooperação Territorial Europeia financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Este programa abrange as regiões atlânticas de Espanha, França, Irlanda, Portugal e Reino Unido, incluindo os Açores, Madeira e as Ilhas Canárias, contrariamente à programação de 2007-2014.

A nova programação Espaço Atlântico 2014-2020 tem como objetivos gerais contribuir para a Estratégia 2020 da União Europeia - crescimento inteligente, sustentável e inclusivo alcançando a coesão territorial, económica, social.

A convocatória terá duas fases:
1 - Submissão e seleção da Expressão de Interesse (Expression of Interest - EOI);
2 - Submissão da candidatura de projeto completa e aprovação.

As prioridades previstas são:
1: Estimular a inovação e a competitividade;
2: Promover a eficiência dos recursos;
3: Fortalecer a resiliência do território face aos riscos de origem natural, climática e humana;
4: Reforçar a biodiversidade e o património natural e cultural.

As datas previstas são:
26 abril 2016: Abertura da convocatória
31 maio 2016: Data limite para submissão de EOI
Setembro 2016: Seleção de EOIs

more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Prémio Literário José Luís Peixoto

Prémio Literário José Luís Peixoto | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Está aberto o período de candidaturas ao Prémio Literário José Luís Peixoto. Este prémio destina-se a cidadãos de nacionalidade portuguesa e ainda a cidadãos naturais e/ou residentes em países de língua oficial portuguesa.

O objetivo do prémio é incentivar a criatividade literária entre os jovens, bem como o gosto pela leitura.

Que tipos de trabalhos elegíveis?
São elegíveis trabalhos inéditos na modalidade de poesia. Cada candidato poderá apresentar até 2 trabalhos.

Quem pode concorrer?
Podem concorrer jovens que completem 25 anos de idade até ao dia 31 de Dezembro de 2016.

Qual o valor do prémio?
O prémio terá um valor de 1000 euros.

Qual a data limite de apresentação de candidaturas?
A data limite de apresentação é 29 de abril de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Convocatória aberta Redes de Implementação- URBACT

Convocatória aberta Redes de Implementação- URBACT | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se aberta a convocatória para as Redes de Implementação (Implementation Networks) do Programa URBACT III.

O URBACT é um Programa Europeu de parcerias entre cidades europeias para intercâmbio de boas práticas para a promoção do desenvolvimento urbano sustentável, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

As Redes URBACT são de redes de intercâmbio de experiências transnacionais com o objetivo de apoiar as cidades europeias no desenho e implementação de políticas urbanas integradas e sustentáveis.
As Redes de Implementação visam apoiar as cidades na implementação das suas estratégias/planos de acção integradas de desenvolvimento urbano sustentável, já existentes. Através destas redes as Cidades terão a oportunidade de trabalhar em conjunto e encontrar soluções para os desafios que enfrentam.
 
Poderão integrar estas Redes cidades dos 28 Estados Membros da UE, da Noruega e da Suíça que já tenham aprovada uma estratégia urbana integrada, e para cuja implementação tenham já financiamento assegurado.

Quais as áreas temáticas?
• Strengthening research, technological development and innovation (TO1)
• Enhancing access to and use and quality of ICT (TO2)
• Enhancing the competitiveness of SMEs (TO3)
• Supporting the shift towards a low carbon economy in all sectors (TO4)
• Promoting climate change adaptation, risk prevention and management (TO5)
• Protecting the environment and promoting resource efficiency (TO6)
• Promoting sustainable transport and removing bottlenecks in key network infrastructures (TO7)
• Promoting employment and supporting labour mobility (TO8)
• Promoting social inclusion and combating poverty (TO9)
• Investing in education, skills and lifelong learning by developing education and training infrastructure (TO10)

Quem pode participar?
Podem participar as autoridades legais que representam as cidades, municípios. A parceria deve ser composta por 1 Instituição proponente (deve ser apenas uma cidade) com um mínimo de 7 e máximo de 9 cidades de pelo menos 3 Estados Membros e Estados Parceiros.

A parceria deve ter um equilíbrio de parceiros que corresponda ao mínimo de 4 cidades de regiões menos desenvolvidas em projetos de compostos por 8 a 9 cidades e 3 cidades de regiões menos desenvolvidas quando a parceria seja composta por 7 cidades.

A duração máxima dos projetos são 30 meses, 6 meses para o desenvolvimento da proposta de rede (Fase 1) e 24 meses para a implementação das atividades e outputs da rede (Fase 2).

As taxas de financiamento FEDER são calculadas de acordo com cada parceiro:
Parceiros de regiões menos desenvolvidas são co-financiados até 85% ;
Parceiros de regiões mais desenvolvidas têm um co-financiamento de 70%; Parceiros da Suíça e Noruega devem ter um co-financiamento nacional de 50%.
Os custos totais elegíveis devem rondar os 600.000€ e os 750.000€ para o total de 30 meses de duração das redes.
  
A data limite de apresentação de propostas é 22 de junho de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

“Swimming with Sharks: Critical Skills and Tools for the Entrepreneur” na FCSH/NOVA

Empty description
FCSH/NOVA's insight:
Irá decorrer na FCSH/NOVA entre os dias 7 e 9 de abril de 2016 o curso “Swimming with Sharks: Critical Skills and Tools for the Entrepreneur”.

Este curso tem como objetivos a formação em empreendedorismo, nomeadamente: Compreensão da natureza e práticas de empreendedorismo; Compreensão ampla e intelectual dos conceitos centrais do empreendedorismo; Aplicação de ferramentas práticas concebidas para a criação de valor. 
Serão ainda ensinadas práticas de desenvolvimento de confiança profissional e de resiliência aos desafios do percurso empreendedor, observação e experiência de práticas adequadas ao ecossistema pessoal e empreendedor (através de consultores, mentores, redes, tecnologia, plataformas e sistemas), aperfeiçoamento da estrutura ética pessoal e organizacional no empreendedorismo e compreensão de que forma os empreendedores podem influenciar o mundo de maneira positiva.

Esta formação teórico-prática será assegurada por docentes da Universidade de Point Loma (Califórnia).

Quem poderá participar? A formação destina-se a empreendedores, jovens empreendedores, empresários, executivos. Os participantes devem ter competências básicas de compreensão e comunicação em Inglês, dado o curso ser ministrado nessa mesma língua. O link para inscrição encontra-se disponível em: http://www.entrepreneurs.pt/inscricao_formacao/

Para mais informações sobre preço e inscrição: http://www.entrepreneurs.pt/course/swimming-with-sharks/

Participe!

more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Convocatória aberta concurso INTEGRA - Ciência Viva

FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se aberto o período de candidaturas para o Programa INTEGRA – Ciência para a Inclusão Social da Ciência Viva.
Este programa tem como objetivo promover acões de inclusão social de crianças e jovens em contexto de migração ou de deslocação forçada dos países de origem.

Qual a duração máxima dos projetos?
Os projetos terão a duração máxima de 2 anos.

Quais as entidades elegíveis?
As entidades elegíveis para a apresentação de candidaturas ao INTEGRA são instituições culturais ou sociais sem fins lucrativos. Contudo, os projetos devem ser promovidos por associações e entidades de solidariedade social, em colaboração com instituições científicas, museus e centros de ciência.

Algumas das atividades elegíveis são:
• Contacto directo e pessoal com profissionais da ciência e da tecnologia;
• Actividades conjuntas com museus e centros Ciência Viva;
• Actividades de ciência e cultura que promovam o envolvimento de famílias e comunidades num contexto de diversidade cultural • Valorização da experiência, cultura, tecnologia e conhecimento das comunidades migrantes ou deslocadas;
• Apoio aos professores na sua acção educativa com crianças e jovens em contexto de migração ou com o estatuto de refugiado ou deslocado.

Qual o financiamento previsto?
O financiamento a conceder será de acordo com as despesas consideradas necessárias ao desenvolvimento das atividades.

Quais as despesas elegíveis?
• Despesas com deslocações.O pagamento de quilómetros e ajudas de custo a pessoas externa à entidade proponente tem de ser justificadas através da emissão de factura/recibo, sujeita a impostos;
• Despesas com aquisições de bens e serviços;
• Despesas com pessoal afecto ao projecto não remunerado pelo orçamento de Estado;
• Aquisição de equipamento, em casos excepcionais e devidamente fundamentados;
• Overheads, até ao limite de 10% das despesas directas elegíveis, relacionados directamente com o desenvolvimento do projecto.

Qual a data limite de apresentação das candidaturas?
As candidaturas poderão ser apresentadas até ao dia 01 de julho de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Ciência 2016 - Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal

Ciência 2016 - Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
Ciência 2016 - Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal
FCSH/NOVA's insight:
Irá decorrer de 4 a 7 de julho de 2016 o “Encontro Ciência 2016” no Centro de Congressos de Lisboa, organizado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia em colaboração com a Ciência Viva -Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, Academia das Ciências de Lisboa e a Comissão Parlamentar de Educação e Ciência.

Este será um debate de apresentação e reflexão sobre a atividade cientifica e tecnológica em Portugal e de discussão em torno dos principais temas de investigação internacionais. 

 É aberto a toda a comunidade cientifica.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Redes de Implementação URBACT Aprovadas

Redes de Implementação URBACT Aprovadas | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Já são conhecidas as Redes de Planeamento de Ação do URBACT. São no total 20 redes dos quais estão presentes 8 cidades portuguesas e 2 entidades (non-city partners):
• Amadora - cidade parceira líder na rede Arrival Cities
• Loulé - cidade parceira líder na rede Vital Cities
• Amarante - cidade parceira na rede Change!
• Amarante - cidade parceira na rede CityCentreDoctor
• Braga - cidade parceira na rede Boostinno
• Braga - cidade parceira na rede CityMobilNet
• Porto - cidade parceira na rede InFocus
• Porto - cidade parceira na rede Smart Impact
• Coimbra - cidade parceira na rede Gen-Y-City
• Espinho - cidade parceira na rede MAPS (Disarmed Cities)
• Fundão - cidade parceira na rede Agri-Urban
• Lisboa (DLBC) - parceiro na rede Interactive Cities
• Porto (SRU Porto Vivo) - parceiro na rede Second Chance

Estas Redes têm como objetivo apoiar as cidades na implementação das suas estratégias integradas de desenvolvimento urbano sustentável, numa perspetiva de melhores práticas para enfrentarem os desafios em conjunto.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Programa das Ações Universitárias Integradas Luso –  CRUP

CRUP - Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas
FCSH/NOVA's insight:
O Programa das Ações Universitárias Integradas Luso – Francesas (PAUILF) está enquadrado no acordo entre a Conférence des Présidents d'Université (CPU) e o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP).

Este programa destina-se a apoiar intercâmbios académicos e científicos entre as instituições que nos dois países integram o CRUP e a CPU, nomeadamente o desenvolvimento de projetos de investigação conjunta que permitam a realização e o acompanhamento de uma tese de doutoramento em co-tutela em todas as áreas disciplinares.

Quais os critérios de seleção?
• Qualidade e coerência do projeto em co-tutela;
• Complementaridade académica dos dois parceiros envolvidos;
• Integração da formação numa estratégia de cooperação das duas instituições proponentes;

Quais as atividades elegíveis?
O financiamento destina-se ao Apoio a mobilidade do doutorando durante o período de concretização da tese; Mobilidade dos docentes implicados; Apoio nos encargos resultantes da participação do doutorando em conferências e/ou seminários, organizados na EUROPA, desde que aí sejam apresentados trabalhos de investigação realizados no quadro do projeto de doutoramento em curso.

O apoio financeiro terá a duração de 3 anos.

As candidaturas terão de ser submetidas simultaneamente nos dois países, sendo que em Portugal terá de ser enviada para o email carolina@crup.pt acompanhada de um parecer do responsável do Departamento/Instituição.

A data limite de apresentação de propostas é 31 de maio de 2016
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Convocatória Plataforma Trans-Atlântica para as Ciências Sociais e Humanidades (T-AP)

Convocatória Plataforma Trans-Atlântica para as Ciências Sociais e Humanidades (T-AP) | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
A Plataforma Transatlântica para as Ciências Sociais e as Humanidades é uma parceria de 14 agências de investigação de vários Estados-Membros da UE, do Brasil, da Argentina, Chile e Canadá financiado pelo 7º Programa-Quadro (2013-2016). Em Portugal, o organismo responsável é a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Os principais objetivos da Plataforma Transatlântica são o reforço da cooperação internacional através da identificação de oportunidades para futuras colaborações científicas e da criação de uma plataforma transatlântica nos domínios das Ciências Sociais e Humanidades.

O novo concurso aberto "Digging Into Data Challenge" destina-se a apoiar projetos colaborativos multidisciplinares em conhecimento digital, que abordem questões científicas nos domínios das Humanidades e/ou das Ciências Sociais.

Que tipo de temas são elegíveis?
• Interpretação de dados: uso de análise de dados e de técnicas de modelagem e simulação para a aquisição de novas perspetivas sobre a forma como um mundo cada vez mais conectado e digital está a modificar os modos de interação de grupos e indivíduos, incluindo, entre outros, a criação e o desenvolvimento de processos e fenómenos criativos, culturais e sociais, bem como a análise de tendências históricas e de transformações linguísticas.
• Novas aplicações de dados: uso de uma ou mais fontes de informação que não tenham sido originalmente concebidas/produzidas/recolhidas para fins de investigação, como por exemplo sistemas de dados abertos/código-fonte aberto (open data/open source) ou informação "ao vivo" gerada em tempo real, de forma isolada ou combinada, para abordar questões científicas em Humanidades e/ou Ciências Sociais.
• Aplicações de informação multi-formato (multi-form data) e/ou multi-fonte (multi-source data) na investigação: explorar o potencial de calibração, combinação e interoperabilidade de conjuntos de dados (datasets) em dois ou mais formatos distintos e/ou a partir de duas ou mais fontes distintas, com o objetivo de abordar questões científicas em Humanidades e/ou Ciências Sociais.

Quem pode participar?
Podem participar a Alemanha, Argentina, Brasil (São Paulo), Canadá, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Holanda, México, Portugal e Reino Unido.

Os projetos anteriormente financiados encontram-se disponíveis em: http://diggingintodata.org/awards/2013

O orçamento nacional previsto é: Compromisso nacional para o concurso: 250.000 € Financiamento máximo por proposta com participação portuguesa: 62.500 €

A data limite de apresentação de candidaturas é 29 de junho de 2016.



more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Prémios Green Talents - German Federal Ministry of Education and Research

Prémios Green Talents - German Federal Ministry of Education and Research | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
The German Federal Ministry of Education and Research rewards scientists from numerous countries & scientific disciplines for their achievements in sustainability research.
FCSH/NOVA's insight:
Está aberto o período de submissão de candidaturas aos prémios Green Talents - International Forum for High-Potentials in Sustainable Development, promovido pelo pelo German Federal Ministry of Education and Research (BMBF).

Quem são os destinatários?
Este prémio destina-se a jovens investigadores na área do Desenvolvimento Sustentável.

Qual o prémio?
O vencedor do prémio poderá usufruir de um estágio de três meses numa instituição de investigação na Alemanha à sua escolha, assim como da participação no Fórum Ciência que irá decorrer em outubro de 2016 na Alemanha.

Quais os requisitos para a participação?
• Os candidatos têm de estar inscritos ou ter concluído um mestrado há menos de 3 anos.
• Os candidatos têm de ter bons conhecimentos técnicos de inglês; • Não podem ter cidadania alemã.
• Ter um foco de investigação importante baseada na interdisciplinaridade do desenvolvimento sustentável.

Qual a data limite de submissão de candidaturas?
A data limite de submissão de candidaturas é 24 de maio de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Abertas as candidaturas ao prémio de Victor de Sá de História Contemporânea 2016

Abertas as candidaturas ao prémio de Victor de Sá de História Contemporânea 2016 | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Encontram-se abertas as candidaturas para o Prémio de Victor de Sá de História Contemporânea 2016.

 
Quem se pode candidatar?
Podem-se candidatar jovens investigadores e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa até aos 35 anos (completados até 31 de Dezembro de 2016), residentes no país ou no estrangeiro.

Quais os trabalhos elegíveis?
São elegíveis trabalhos em língua Portuguesa sobre temas de História Contemporânea Portuguesa a partir de 1820.
Os trabalhos terão de ter um número mínimo de 50 páginas de texto, originais dactilografados a dois espaços em folha A4, ou impressos publicados durante o ano de 2015 ou até à data limite de apresentação de candidatura, em 1 de julho de 2016.

Qual o valor do prémio?
O valor do Prémio é de 3.500,00 euros para o vencedor e de 500€ para a menção honrosa.

Qual a data limite de entrega dos trabalhos?
Os trabalhos terão de ser entregues até ao dia 1 de julho de 2016, até às 17h00, em triplicado, por correio registado ou diretamente na Universidade do Minho – Conselho Cultural, Largo do Paço, 4704-553 Braga.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Aberta 2ªConvocatória Interreg Europe

Aberta 2ªConvocatória Interreg Europe | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se disponível a 2ª Convocatória INTERREG Europe. O INTERREG Europe é programa territorial dedicado à cooperação inter-regional.

Qual o objetivo?
O INTERREG Europe tem como objetivo a promoção da troca de ideias e experiências entre atores políticos relevantes, melhorando o desempenho dos seus instrumentos de política de desenvolvimento regional.

Qual a tipologia de projetos elegível?
São elegíveis projetos de cooperação inter-regional assente na identificação e promoção de boas práticas entre as autoridades públicas com vista à sua aplicabilidade nos Programas de Fundos Estruturais e de Cooperação Territorial Europeia, de forma melhorar estes instrumentos políticos.
Os projetos serão desenvolvidos em 2 fases. A primeira fase destinada à troca de experiências e preparação e desenvolvimento de um plano de ação que permita a implementação dos resultados das trocas de experiências. A segunda fase será dedicada à monotorização da implementação do plano de ação desenvolvido na primeira fase.
Os candidatos têm a oportunidade de solicitar apoio às suas ideias de projeto ao Secretariado Conjunto do Programa (Project idea feedback).

Quem pode participar?
Este programa tem como público-alvo organismos da administração pública (pré-requisito).
 Deve no entanto formar-se uma rede de participantes diversos, incluindo universidades, centros de inovação, empresas, associações, ONG´s, etc.É pré-requisito a participação de 3 países diferentes (onde pelo menos 3 são EM), mas recomenda-se um consórcio mais alargado (5-10 membros). Pode procurar parcerias ou estar atenta a pedidos de participação em candidaturas em http://www.Interreg4c.eu/Interregeurope/hello/

Quais são as áreas prioritárias?
1 -Reforçar a investigação, desenvolvimento tecnológico e inovação;
2 -Reforçar a competitividade das PME;
3 -Apoiar a transição para uma economia de baixo teor de carbono em todos os sectores;
4 -Proteger o meio ambiente e promover a eficiência dos recursos (onde se inclui o património cultural).

A taxa de co-financiamento é de 85% dos fundos FEDER para os organismos públicos e 75% para instituições de direito privado.

Qual é a data limite de submissão de candidaturas?
Podem ser submetidas as candidaturas até ao dia 13 de maio de 2016.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Convocatória aberta: Jovens Curadores: Galerias Municipais – EGEAC

FCSH/NOVA's insight:
Está aberta a convocatória para apresentação de propostas de projetos curatoriais de arte contemporânea promovido pela Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural de Lisboa (EGEAC) e pelas Galerias Municipais.
Os objetivos são divulgar e apoiar a produção e pensamento artístico contemporâneo na cidade de Lisboa, reforçando a importância dos jovens curadores como importantes agentes de mediação junto das novas gerações de artistas.

Quem se pode candidatar?
Podem candidatar-se cidadãos de nacionalidade portuguesa e estrangeiros residentes em Portugal até aos 35 anos. Podem participar individual ou coletivamente.

Serão seleccionados quatro projetos curatoriais que serão apresentados em quatro exposições na Galeria Municipal da Boavista, com a duração de dois meses cada um.

Qual a data limite de apresentação dos trabalhos? Os trabalhos devem ser apresentados até ao dia 13 de maio de 2016, em papel, via CTT ou por email para galeriasmunicipais@egeac.pt.
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Convocatória Europa Criativa - Vertente Intersetorial - projetos de Apoio à Integração de Refugiados

Creative Europe - Cross-sectoral - Refugee Integration Projects 2016 - Education, Audiovisual and Culture Executive Agency
FCSH/NOVA's insight:
Encontra-se aberto o período de candidaturas ao Programa EUROPA CRIATIVA – Vertente Intersetorial para projetos de Apoio à Integração de Refugiados.

Este apoio visa o financiamento de projetos culturais, audiovisuais e intersectoriais que promovam a integração dos refugiados no ambiente europeu, reforcem a compreensão cultural mutua e a promovam o diálogo intercultural e inter-religioso, a tolerância e o respeito por outras culturas.

Os objetivos específicos do presente convite consistem na execução de projetos transnacionais culturais e audiovisuais que possam:
• Ajudar os refugiados a socializar e a expressar-se sem necessariamente falarem, logo de início, a língua do país de acolhimento.
• Constituir plataformas de aprendizagem num sentido mais amplo, promovendo o respeito e a compreensão da diversidade, das competências interculturais e cívicas, dos valores democráticos e da cidadania.
• Proporcionar aos cidadãos da UE a oportunidade de descobrirem, aprenderem e compreenderem os valores e as culturas dos refugiados e, simultaneamente, enriquecerem os seus próprios valores ao longo do processo.
• Apoiar a divulgação e a co-criação de obras culturais e/ou audiovisuais em toda a Europa.
• Oferecer a possibilidade de colaboração com organizações de outros setores, com vista a estimular uma resposta mais abrangente, rápida, eficaz e de longo prazo a este desafio global.

Os projetos deverão ser apresentados em consórcio formados por organismos que trabalhem nos setores criativos e culturais, que criarão e testarão iniciativas concebidas para apoiar a integração dos refugiados nos países participantes e partilhar os seus resultados, e que estão referidos como parcerias criativas.
 
Os consórcios devem estar formados por um mínimo de três parceiros de dois países diferentes.  

Que entidades se podem candidatar? Podem candidatar-se entidades jurídicas com experiência relevante para os objetivos do apoio e ativas nos setores culturais e criativos.

Podem também candidatar-se organizações de outros setores - público, da educação, da saúde, da área social ou semelhantes -, os quais devem participar ativamente na concretização dos objetivos. As pessoas singulares não são elegíveis.

Qual a duração dos projetos?
Os projetos devem ter uma duração máxima de 24 meses.

Qual o valor para o financiamento?
A taxa máxima de co-financiamento é de 80% sendo que as subvenções variam entre os 100 000 e os 200 000 EUR.
Está previsto o financiamento de 8 a 12 projetos.

Qual a data limite de apresentação de candidaturas?
A data limite de apresentação de candidaturas é 28 de abril de 2016 (12h00 hora de Bruxelas).
more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Prémio Científico Mário Quartin Graça

Prémio Científico Mário Quartin Graça | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
O Prémio Científico Mário Quartin Graça, instituido pela Casa da América Latina e pelo Banco Santander Totta, destina-se a distinguir teses de doutoramento realizadas por investigadores portugueses…
FCSH/NOVA's insight:
Está aberto o período de apresentação de candidaturas ao Prémio Científico Mário Quartin Graça instituído pela Casa da América Latina e pelo Banco Santander Totta.

Este prémio tem como objetivo distinguir teses de doutoramento realizadas por investigadores portugueses ou latino-americanos em universidades de Portugal ou da América Latina.

Os temas devem ser de interesse comum ou resultar, na sua elaboração, da colaboração entre universidades de ambos os lados do Atlântico.

Quais as áreas temáticas disponíveis? As áreas temáticas disponíveis são Ciências Sociais e Humanas, Tecnologias, Ciências Naturais, Ciências Económicas e Empresariais.

Quais as condições de elegibilidade?
Para concorrer os candidatos têm:
a) Ser oriundos de Portugal ou de um país da América Latina.
b) Ter concluído o Doutoramento numa universidade Portuguesa ou Latino-Americana há menos de três anos em relação à data limite da candidatura.
c) Ter obtido uma classificação mínima de “Bom”, ou equivalente, na dissertação de Doutoramento, conforme documento emitido pela Instituição onde foi realizado.
d) Ter em consideração as condições expressas no nº 1 do Regulamento, que pressupõem uma relação a nível pessoal, universitário ou temático entre Portugal e a América Latina.

Qual o valor do Prémio?
O valor do prémio é de 5.000 euros para cada uma das três categorias.

Qual a data limite de apresentação de candidaturas?
A data limite de apresentação de candidaturas é 31 de maio de 2016.

more...
No comment yet.
Scooped by FCSH/NOVA
Scoop.it!

Prémios RegioStars 2016

Prémios RegioStars 2016 | Oportunidades de financiamento para as Ciências Sociais e Humanidades | Scoop.it
European Commission – Regional Policy - Inforegio : Regiostars Awards
FCSH/NOVA's insight:
Estão abertas as candidaturas para os RegioStars organizados pela Direção-Geral da Política Regional e Urbana da Comissão Europeia com o objetivo de identificar boas práticas no Desenvolvimento Regional e destacar projetos originais e inovadores que possam atrair e inspirar outras regiões.

As categorias disponíveis são: 1. “Crescimento Inteligente” (Oportunidades emergentes na economia global); 2. “Crescimento Sustentável” (Economia Circular); 3. “Crescimento Inclusivo” (Vida Integrada – construir comunidades inclusivas e não-segregadas); 4. “CityStar” (Soluções inovadoras para o desenvolvimento urbano sustentável); 5. "Gestão Eficaz" (Fazer a diferença, gerindo de forma diferente).

Quais as condições de submissão?
• Podem concorrer todos os projetos das regiões e cidades dos Estados membros da U.E, co-financiados pelo FEDER e pelo Fundo de Coesão, Fundo Social Europeu e pelo Instrumento de Assistência de Pré-Adesão (IPA), após 1 de Janeiro de 2008.
• Podem submeter candidatura os próprios gestores de projetos, no entanto devem contar obrigatoriamente com o aval da respetiva Autoridade de Gestão (AG).
As candidaturas podem ser enviadas pela Autoridade de Gestão (AG) regional ou local, ou pelo Gestor de Projeto, mas com a autorização da AG responsável.

As candidaturas terão de ser enviadas diretamente através do formulário on-line da plataforma RegioStars até 15 de abril de 2016.

A cerimónia de entrega irá decorrer durante o Open Days 2016 - Semana Europeia das Regiões e Cidades a 11 de outubro de 2016.
more...
No comment yet.