Educação
34 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Rescooped by Sonia Bertocchi from Mastering Facebook, Google+, Twitter
Scoop.it!

The Power of a Shared Idea

The Power of a Shared Idea | Educação | Scoop.it
All great things begin with an idea. Once the idea is shared, and shared, and shared... it morhps into a BIG idea. Here is the Story of An Idea.... Share ideas and watch them get grow! ~Mia

Via Ana Cristina Pratas, massimo facchinetti
more...
William Smith's comment, October 1, 2013 3:48 AM
ohhh Great - keep sharing
Tom Hood's curator insight, October 1, 2013 9:13 AM

This is what we are facilitating at #AICPALDR #MBSN Management By Sticky Notes!

Rescooped by Sonia Bertocchi from Inovação Educacional
Scoop.it!

A infraestrutura das escolas brasileiras

A infraestrutura das escolas brasileiras | Educação | Scoop.it

O Censo Escolar da Educação Básica (EducaCenso) coleta dados a respeito da infraestrutura das escolas brasileiras todos os anos. As informações obtidas vão desde se a escola tem água, esgoto e energia elétrica até a constatação da existência de biblioteca, internet, quadra esportiva e laboratório de ciências.

Uma análise dos dados nos mostra que a desigualdade presente na realidade social brasileira, também aparece na infraestrutura das escolas, ou seja, as escolas mais carentes em termos materiais se localizam, em geral, nas áreas de menor nível socioeconômico. Também podemos verificar a existência de uma correlação relativamente alta entre a infraestrutura das escolas e o desempenho médio dos seus alunos na Prova Brasil.

A simples constatação de um problema público não estabelece o caminho de sua solução. Para se buscar a melhoria, é necessário desenhar estratégias e elaborar planos de ação. Já está bastante estabelecido que um dos primeiros passos a ser dado é o estudo detalhado dos dados existentes relativo ao problema sob análise. Estruturar formas sintéticas de organizar os dados também tem sido uma trilha profícua.


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Rescooped by Sonia Bertocchi from Inovação Educacional
Scoop.it!

‘Currículo deve desafiar os talentos dos alunos’

‘Currículo deve desafiar os talentos dos alunos’ | Educação | Scoop.it

Em recente TED talk, Sir Ken Robinson fala dos 3 princípios da natureza humana: diversidade, curiosidade e criatividade

Celebridade entre os amantes de educação e orador mais assistido do TED – suas três palestras já foram vistas mais de 21,5 milhões de vezes –, Sir Ken Robinson está, mais uma vez, tendo um vídeo seu viralizado na web. Ele foi uma das estrelas do TED Talks Education, série promovida neste mês pela famosa marca de minipalestras on-line e retransmitidas pela rede PBS, com a intenção de inspirar estudantes e professores a buscar melhorias na educação do país.

Robinson usa como fio condutor de sua palestra o que chama de “três princípios para a natureza humana florescer” e mostra, com exemplos, como os sistemas escolares não permite que essas características sejam desenvolvidas. O primeiro princípio, diz ele, é que nenhum ser humano é igual, embora os programas educacionais se preocupem em tratar as crianças como seres iguais. “Crianças se desenvolvem melhor com um currículo mais amplo, que celebre seu vários talentos, e não apenas parcela deles”, afirma. O segundo é a curiosidade. “Se conseguir acender a fagulha da curiosidade em uma criança, ela aprenderá sem ajuda extra”, afirma. O terceiro é que a criatividade é inerente à vida e é por isso, brinca ele, “que a cultura humana é tão interessante, diversa e dinâmica”.

Em seus 18 minutos de palestra, entre ironias, brincadeiras e análises sérias, Robinson ressalta as características dos melhores sistemas educacionais, como a individualização do ensino e da aprendizagem, a valorização da profissão de professor e a delegação da responsabilidade e da autoridade do aprendizado às escolas. Na sequência, ironiza o fato de programas que buscam trazer os estudantes de volta para a escola e engajá-los no ensino serem chamados de educação alternativa, quando deveriam ser a opção principal. “O que eles [os projetos de educação alternativa] têm em comum são o fato de serem personalizados, terem forte apoio dos professores, terem conexões com a comunidade e um currículo amplo e diversificado.”


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Rescooped by Sonia Bertocchi from Inovação Educacional
Scoop.it!

Wikipédia aposta no professor para se tornar mais confiável no Brasil

Wikipédia aposta no professor para se tornar mais confiável no Brasil | Educação | Scoop.it

Durante uma palestra no final da tarde de ontem na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS),  a coordenadora da Wikimedia Fundation no Brasil, Oona Castro, perguntou para uma plateia formada por professores e alunos da instituição quem ali usava a Wikipédia como fonte de conhecimento. Ela não esboçou surpresa ao ver que todos os presentes ergueram as mãos para demonstrar que a enciclopédia digital faz parte do cotidiano de quem utiliza a internet. O desafio agora é levar essa cultura para a sala de aula.

A jornalista que deixou a direção do site colaborativo Overmundo no ano passado para se dedicar ao projeto de ampliar a rede de voluntários da Wikipédia no Brasil acredita que o professor, e seus alunos, são a peça chave para garantir que a enciclopédia seja uma fonte de informação mais confiável. E ela não busca, pelo menos neste primeiro momento, parcerias institucionais com reitorias de universidades e governos.


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Rescooped by Sonia Bertocchi from Inovação Educacional
Scoop.it!

Plataforma reúne módulos de escolas de fora e locais

Plataforma reúne módulos de escolas de fora e locais | Educação | Scoop.it

Veduca ampliará atuação e deve emitir certificado

Uma iniciativa que pode contribuir para a disseminação dos Moocs no Brasil é  o Veduca, site que reúne diversos módulos de instituições nacionais e  internacionais (legendadas em português), nos moldes do Coursera. A plataforma,  lançada em março de 2011, já foi visitada por mais de 1,5 milhão de usuários da  internet e pretende ampliar o serviço no segundo semestre. O objetivo é levar o  Veduca para estudantes da América Latina e emitir certificação de conclusão.

O site reúne módulos de Moocs já existentes em universidades como Harvard,  MIT, Columbia, NYU, Stanford, UCLA e, mais recentemente, da USP, Unicamp e  Unesp. O Veduca recebeu um aporte inicial de R$ 1,5 milhão, bancado por um  investidor anjo e três fundos de investimento internacionais- Macmillan Digital  Education, 500 e Mountain Partners.

A iniciativa ainda não é rentável, mas o negócio é promissor, segundo Carlos  Souza, sócio e idealizador do Veduca. Embora os cursos sejam sempre gratuitos, a  empresa está negociando uma parceria para emissão de certificados, validados  pelo Ministério da Educação (MEC). "Estamos fechando acordo com uma instituição  que fará essa intermediação das emissões. Um grupo privado nos cederá salas de  aula onde serão realizadas provas.

O estudante assiste à aula on-line e gratuitamente, mas terá a opção de pagar  para ter o documento comprobatório", explica. Será possível, por exemplo, ver  uma videoaula de direito de Harvard, legendada no site do Veduca, e realizar uma  prova aplicada por uma universidade brasileira parceira. No fim, a pessoa poderá  ter um certificado dessa instituição local, atestando que adquiriu conhecimentos  naquela área.

O Veduca também quer oferecer sua infraestrutura para instituições que querem  ingressar nos Moocs. "Podemos alugar o estúdio, a tecnologia, o especialista que  opera as máquinas e que edita o material", afirma Souza.


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.