Inovação Educacional
Follow
Find
170.7K views | +91 today
Inovação Educacional
Noticias, publicacoes e artigos de opiniao que abram caminhos para a inovacao educacional.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Educação a distância e sua história

Educação a distância e sua história | Inovação Educacional | Scoop.it

A educação a distância está em pauta, por isso nossos amigos jornalistas do Centro Universitário Adeventista de São Paulo – UNASP, preparam uma reportagem bem legal sobre esse assunto super atual.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Escolagov abre inscrições para cinco cursos EAD

Escolagov abre inscrições para cinco cursos EAD | Inovação Educacional | Scoop.it
Confira o cronograma de cursos:

Atendimento ao Cidadão – Período de realização: de 01/03/2016 a 20/03/2016.
Objetivo: Possibilitar atendimento ao público com o foco na excelência, eficiência e eficácia no serviço público e domínio de técnicas que promovam comportamentos e atitudes de resultados significantes em um atendimento.

Ética e Serviço Público – Período de realização: de 01/03/2015 a 20/03/2016.
Objetivo: Aprimorar o conhecimento do servidor público sobre a dimensão ética de sua atividade profissional e o uso da Ética na resolução de problemas no serviço público.

Gestão Estratégica de Pessoas e Planos de Carreira: Período de realização: de 01/03/2016 a 20/03/2016.
Objetivo: Identificar a gestão por competências como ferramenta eficaz para concretizar os objetivos estratégicos da organização e analisar a gestão por competências como instrumento promovedor de inovação, aprendizagem e desenvolvimento dos indivíduos e das equipes.

Legislação Aplicada a Logística de Suprimentos, Lei 8.666/93, Pregão e Registro de Preços – Período de realização: de 01/03/2016 a 30/03/2016.
Objetivo: Obter o entendimento de como contratar bens, serviços e obras através de processos de licitações com eficiência e moralidade de forma a garantir a seleção da proposta mais vantajosa para a Administração Pública a partir do conhecimento, reflexão critica e aplicação da legislação de suprimentos.

Orçamento Público – Período de Realização do Curso no Ambiente Virtual da SOF: de 07/03/2016 a 11/04/2016.
Objetivo: capacitar os servidores em temas de sua prática cotidiana, reforçando seu embasamento teórico e normativo e ampliando o conhecimento de estudantes e cidadãos interessados no assunto. Consequentemente, espera-se aprimorar a qualidade dos orçamentos elaborados pelos entes federativos, trazendo reflexos positivos para a qualidade do gasto público e fortalecimento do controle social.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Educação Metodista promove reestruturação de seus portais

Educação Metodista promove reestruturação de seus portais | Inovação Educacional | Scoop.it
“A estrutura tecnológica de um Portal Web e de sites na Web hoje tem uma complexidade inerente muito grande. Especialmente se você quer usar o website como um sistema de informação, tanto para a comunidade interna, quanto para ampliar a chamada busca orgânica por meio dos buscadores eletrônicos. Então a gente consegue ganhar escala e sofisticação tecnológica em uma única arquitetura e com uma outra lógica de SEO, que facilita a chamada busca orgânica. O objetivo principal é dar a maior visibilidade possível ao que nós já realizamos de benefícios para os nossos alunos, seus familiares, nossos colaboradores, e especialmente as comunidades aonde nós nos localizamos”, explica o diretor de Inovação, Comunicação e Marketing da Metodista, professor Dr. Luciano Sathler.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

When They Promise the Netflix for Education, Cover Your Wallet

When They Promise the Netflix for Education, Cover Your Wallet | Inovação Educacional | Scoop.it
According to education consultant Michael Horn,[1] college has a lot in common with “your cable TV package.”
Horn says, “You really want just the accounting degree and you also get the football team alongside it. You’re paying for things that you will never ever use. It’s not tailored to actual needs.”
Horn (and his disruptor ilk) maintain that education needs to be “Netflixed.”
Do we really need to run through these arguments again and point out that education is not merely a content delivery system? Did the great MOOC hype collapse not already expose this fiction?
We already have things that are the educational equivalent of Netflix. I call them libraries, and guess what? They’re even better than Netflix because rather than relying solely on algorithms, they come stocked with trained professionals who will help you fulfill your content needs.
But never mind, because like all things, education must be disrupted. I just wish for once, the disruptors spoke to actual, you know, students before engaging in their disruptory ways.
Someone who thinks that football is not important to college choice must not be aware of student attitudes at places like Alabama, Clemson, or University of Michigan, where you will find many non-athlete students who indeed chose the school because of the football team.
But remember that Horn is not an educator. These people are never educators. He comes out of the Clayton Christensen Institute for Disruptive Innovation Boogaloo. He is now a principal in something called Entangled Solutions, a higher ed consultancy that uses their “startup connections to bring cutting edge technology to the academic world.”
Interestingly, the principals at Entangled Solutions with their “let them eat competency” attitudes have degrees from U. Chicago, Yale, Harvard MBA, CalTech, and Wharton.[2]
Their enemy is accreditation, and so Horn and others have formed a “task force” to challenge the control accreditors have over which institutions get access to federal grant and loan money. If they are successful, they will “open the door for the Airbnbs and Ubers of higher education.”
Do you join me in wondering how the introduction of rent-seeking entities into higher education could possibly benefit the broader public?
I don’t doubt these people deep down mean well, and sincerely believe their own B.S., but let’s not lose sight of the fact that it is B.S., and these companies are indeed on the grift. If their ideas were so good, they wouldn’t need to attach themselves to the public teat to fund them.
Indeed, programming bootcamps have managed to thrive in the marketplace, with the chief strategy officer at Reactor Core, the parent of the successful Hack Reactor camps telling the Washington Post that seeking accreditation, “Seemed like a lot of overhead and no real benefit for the students.”
Hack Reactor and the bootcamps like it are filling an underserved niche and bringing benefit to their customers and the industries they serve. For now. It seems inevitable that this sector too will overshoot the mark of demand and some providers will fall by the wayside, as they should in a free and open market.
Not satisfied with nibbling at the underserved edges, the higher ed disruptor crowd flat doesn’t like how college works, not in terms of education, but as a marketplace, and want to take their own shot at the problem. They don’t want to compete with legacy institutions so much as wreck them so they can rise in their place.
It’s unfortunate then, that our futuristic saviors seem to know so little about actual human beings.
It’s true, many fewer people would be interested in a four-year college experience if it didn’t come bundled with a degree. And yet, when you talk to students they will name dozens of other reasons they are glad to be in college: to grow as a person, to figure out what they want to do, to make friends and connections, to learn, to have fun, and yes, to go to football games.
College is like life, something to be lived, experienced, and we can't really predict or quantify the outcomes.
If you talk to students (and I do) and ask them if they want or would benefit from an “unbundled” education, you will find very few who answer in the affirmative.
My students are somewhere between befuddled by (Why would anyone want that?) and terrified of (I would fail, hard) such a future.
I teach a very traditional cohort of students, and the traditional college and university structure doesn’t make sense for everyone pursuing post-secondary education. There is indeed a role for competency-based education serving industries where discrete, demonstrable skills are necessary.
Though, I remember a time when the business themselves provided this service and called it “training,” but never mind.
And I am not one to deny the very real problems institutions face. The cost of college to students is a crisis. Of course the cause of this crisis is the disinvestment of public money in education, a fact the disruptor crowd almost always ignores because to acknowledge it would mean casting doubt over the necessity for disruption.
They see public disinvestment as a fixed state of being, as opposed to a reversible policy choice.
The idea that we’ll technology our way out of this is a fantasy. Entangled Solutions should know this better than anyone, as one of its other principals, Paul Freedman, had his first educational venture, Altius Education, which was supposed to help people move from associates degrees to four-year colleges, go splat after underperforming, and attracting a Justice Department investigation.[3]
But the disruptors continue to push a narrative of broken institutions, failing students, and too much of the policy-making public is willing to accept that story.
I have a counter-narrative, the oldest one in the book: History repeats itself.
Just as the worst actors of the for-profit industry slink off the stage, followed by lawsuits and government fines, we see our techno-solutionists stepping into the breach, claiming that higher education is “over-regulated.”
Tell that to the former customers of Corinthian Colleges.[4]
Different players, same game. Let’s not be fooled.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Babson Group reflects on final report on online education enrollments

Babson Group reflects on final report on online education enrollments | Inovação Educacional | Scoop.it
The Babson Survey Research Group is ending its influential report on the number of students who study online and how chief academic officers feel about the delivery method, citing a “coming of age” of the online education market.
Yet the 13th and final annual report, released today, shows that perceived skepticism among faculty members toward online education remains, and that many colleges continue to have no interest in online courses.
With the federal government now including distance education students in the Integrated Postsecondary Education Data System, or IPEDS, the Babson Group said it will shift its focus away from estimating how many students take online courses. The group isn’t giving up on research, its co-director Jeff Seaman said, but will discontinue its annual report in favor of interactive publications -- including a new website and infographics -- and in-depth papers on strategy, policy and more.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Pré-selecionados no Fies podem contratar financiamento a partir de hoje

Pré-selecionados no Fies podem contratar financiamento a partir de hoje | Inovação Educacional | Scoop.it
O estudante pré-selecionado na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que tiver a inscrição validada pela instituição de ensino pode comparecer a partir desta quarta-feira (10) à agência bancária para contratar o financiamento. Para validar a inscrição, ele deve procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Portal Britannica Escola registra maior número de acessos em 2015

Os acessos ao Portal Britannica Escola têm aumentado a cada ano. Dados levantados pela equipe da Encyclopædia Britannica, mostram um crescimento de quase 50% nos acessos no ano de 2015 com relação ao ano de 2014. Foram 2.973.490 em 2015, enquanto em 2014 foram registrados 2.034.073 acessos.

O portal Britannica Escola é uma parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com a Encyclopædia Britannica uma das mais conhecidas e conceituadas editoras do mundo. Acessando a interface da Britannica Escola, alunos e professores podem utilizar, durante o processo de aprendizado, ferramentas de ensino e recursos multimídia disponíveis no portal, como artigos de enciclopédia, imagens e vídeos, atlas do mundo, biografias, notícias diárias voltadas para as crianças, recursos interativos de geografia, jogos interativos, entre outros. O portal é todo em português e gratuito e o conteúdo é voltado para alunos e professores do ensino fundamental.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Após percorrer 38 cidades em um ano, fotógrafo lança livro sobre o Mais Médicos: 'é um manifesto humanista', diz

Após percorrer 38 cidades em um ano, fotógrafo lança livro sobre o Mais Médicos: 'é um manifesto humanista', diz | Inovação Educacional | Scoop.it
É um manifesto humanista, mais do que um livro de fotografia. É assim que Araquém Alcântara, um de nossos maiores fotógrafos de natureza — ele prefere ser chamado de fotógrafo brasileiro — qualifica a última publicação que lançou. O livro Mais Médicos é um registro do programa do governo federal que levou mais de 18 mil médicos a 4 mil municípios do País. “Eu queria ir a esses lugares onde o Estado está chegando pela primeira vez”, conta Alcântara, em seu escritório na Vila Olímpia, zona oeste de São Paulo. “Eu sei como é, minha infância foi assim. Meus pais, analfabetos, nunca foram a médico nenhum”.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Por que eu odeio escola, mas amo educação

Suli Breaks, artista da palavra falada, faz boas provocações sobre a escolarização moderna. Será que o sucesso no sistema escolar está relacionado ao sucesso na vida? Qual o real valor do ensino escolar tradicional? Ele nos educa, em geral, para cooperar na criação de novas ideias ou apenas para retermos informações prontas e marcarmos as respostas certas nas provas?

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Blended Learning: The Future Of Higher Education? Forbes

Universities have long been wrestling with the internet. On the one hand it represents a huge opportunity, in the shape of an enormous resource and new methods of delivery; on the other it represents a huge threat, in the shape of an enormous resource and new methods of delivery.

But a pilot program at one of the world’s top universities is providing evidence that blended learning could be the future of higher education.

Starting last semester, undergraduates in the engineering faculty at Imperial College London have been taking online business courses.

While online courses are nothing new, the idea of delivering them to students who are physically present in the university is unusual.

Engineering students may be more amenable to business courses than undergraduates in other faculties, although even so a previous attempt to interest them in online business courses five years ago “failed miserably”, according to David Lefevre, head of Imperial’s education technology unit.

Then, the technology was not quite ready and buy-in from senior management not as wholehearted as it could have been, but this time it is looking different, he says.

“[The students] have been very positive and enthusiastic and they’re rating the course highly,” says Lefevre. “They have taken to it quite readily.”
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Considerada a profissão do futuro, cientista de dados ganha até R$ 12 mil

Considerada a profissão do futuro, cientista de dados ganha até R$ 12 mil | Inovação Educacional | Scoop.it
Esse profissional é responsável por relacionar informações aparentemente desconexas, de hábitos de consumo a comportamento nas redes sociais, em bancos de dados legíveis.

"É ele quem dá sentido a esse monte de dados não estruturados que existem hoje", diz Eduardo Mendes, professor da Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getulio Vargas.

"A empresa entende padrões de comportamento para aplicá-los na prática, lançando novos produto e fazendo campanhas certeiras."

Leonardo Oliveira, 28, ocupa há três meses o cargo de cientista de dados chefe da Biva, start-up de serviços financeiros. Ele analisa os padrões dos clientes para tentar prever o risco de conceder novos empréstimos.

Formado em engenharia aeronáutica, ele ingressou no mercado financeiro logo que saiu da faculdade. Em seu primeiro emprego, num banco, tentava prever, com base em dados históricos, a probabilidade de a instituição perder dinheiro em um determinado investimento.

MERCADO CRESCE
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

UFJF abre 54 vagas para professores efetivos em JF e GV

UFJF abre 54 vagas para professores efetivos em JF e GV | Inovação Educacional | Scoop.it
A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) está com 54 vagas abertas para docentes efetivos nos campi de Juiz de Fora e Governador Valadares. São 30 oportunidades para o campus sede e outras 24 para o avançado. Em  Juiz de Fora, o departamento com mais oportunidades é o de Ciência da Computação, com cinco vagas. Já em Valadares, o Departamento de Medicina é o que oferece mais vagas: sete (veja quadro abaixo). Os vencimentos variam de R$ 2.983 a R$ 8.639,50, conforme a carga horária e a titulação do candidato.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

EAD: Curso inova ao ensinar latim pela internet

EAD: Curso inova ao ensinar latim pela internet | Inovação Educacional | Scoop.it
O curso surgiu em 2013, quando Falcón se viu incapaz de atender à demanda por aulas particulares presenciais. Ao longo de 36 vídeos com cerca de duas horas cada, ele ensina aos alunos a captar a essência do idioma para além da gramática.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Professores Youtubers ensinam a criar videoaula de sucesso

Professores Youtubers ensinam a criar videoaula de sucesso | Inovação Educacional | Scoop.it

“O futuro está na internet”. A ideia já estava na cabeça de Rafael Procopio em 2010, mas foi só em 2015 que o professor de matemática contrariou conselhos da família e amigos e fez o que poucos pensavam: parou de ensinar em escolas para dar aula na internet. Apesar de ser desencorajado a abandonar o cargo no setor público de ensino do Rio de Janeiro (RJ), hoje ele conta com cerca de 244 mil inscritos no seu canal do YouTube, o Matemática Rio.
Além de Procopio, Paulo Valim, de Inhumas (GO), e Ivys Urquiza, de Maceió (AL), também compartilharam suas histórias de sucesso e números de fazer inveja a canais de humor durante a nona edição da Campus Party Brasil, evento de tecnologia e empreendedorismo que aconteceu no Anhembi, em São Paulo, entre os dias 26 e 30 de janeiro. Valim comanda o canal Química em Ação, com 181 mil inscritos e Urquiza está à frente do Física Total, com 158 mil inscritos.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Big data e analytics vão movimentar R$ 3,2 bilhões no Brasil

Big data e analytics vão movimentar R$ 3,2 bilhões no Brasil | Inovação Educacional | Scoop.it
Nas suas previsões para 2016, a IDC projeta que os mercados de big data e analytics vão movimentar US$ 811 milhões em 2016, ou com o dólar a R$ 4,00, R$ 3,2 bilhões. Esse montante, sugere a consultoria, será gerado muito pela necessidade das empresas de buscarem meios para enfrentarem, e mais do que isso, superarem as dificuldades impostas pelo momento econômico.

Ainda de acordo com a consultoria, a proximidade entre as áreas de TI e de linhas de negócio tem levado a um melhor entendimento das necessidades das empresas, gerando bons resultados. O movimento tende a se intensificar neste ano, com uma expansão do uso e ampliação a novas áreas de negócios.

No entanto, a escassez de profissionais com capacitação para esses projetos é uma dificuldade. A questão deve começar a se resolver em 2017, quando entrarão no mercado os alunos formados pelas primeiras turmas de instituições de ensino que iniciaram cursos específicos em 2013/2014. Por outro lado, muitos fabricantes têm “embarcado” Analytics em suas soluções, trazendo benefícios imediatos e pré-formatados para simplificar a adoção e utilização.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Online Report Card - Tracking Online Education in the United States, 2015

Online Report Card - Tracking Online Education in the United States, 2015 | Inovação Educacional | Scoop.it
Online Report Card – Tracking Online Education in the United States, is the 13th annual report of the state of online learning in U.S. Higher education.  The 2015 Survey of Online Learning conducted by the Babson Survey Research Group and co-sponsored by the Online Learning Consortium (OLC), Pearson, StudyPortals, WCET and Tyton Partners, is the leading barometer of online learning in the United States.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Site reúne videoaulas de 8 minutos para reforço universitário

Site reúne videoaulas de 8 minutos para reforço universitário | Inovação Educacional | Scoop.it

Com vídeos de até oito minutos, a plataforma reúne mais de 1.400 aulas nas áreas de engenharia, arquitetura, sistemas de informação, direito e administração. De acordo com o professor, a intenção é servir como reforço para universitários que não conseguiram entender a matéria ou até mesmo perderam uma aula. Tudo isso com vídeos curtos, pensando em quem precisa conciliar trabalho e faculdade.
A ideia surgiu em outubro de 2013, com gravações focadas em engenharia. “Ficamos durante um tempo apenas produzindo conteúdos, porque a gente achava que não poderia frustrar o nosso aluno, de entrar para estudar cálculo e encontrar apenas 15 aulas”, conta Borges, que é coordenador do curso de engenharia de produção da Faculdade Redentor, em Itaperuna, interior do Rio de Janeiro.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Low-Performing Students - Why They Fall Behind and How to Help Them

Why they Fall Behind and How to Help them Succeed examines low performance at school by looking at low performers’ family background, education career and attitudes towards school. The report also analyses the school practices and educational policies that are more strongly associated with poor student performance. Most important, the evidence provided in the report reveals what policy makers, educators, parents and students themselves can do to tackle low performance and succeed in school.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

FGV libera biblioteca digital com mais de 10 mil títulos

Das mais de 320 bases de dados contidas na Biblioteca Digital FG, 121 são abertas ao público gratuitamente. Entre elas estão coleções de leis; dicionários; estatísticas e índices econômicos, financeiros e políticos; anuários; arquivos audiovisuais e vários outros tipos de material de pesquisa.
Também está disponível ao público o repositório digital da instituição, que representa a produção acadêmica da FGV. Este conteúdo é formado por 32 títulos de periódicos e revistas, composto por 1.550 fascículos, e outros documentos, entre teses, artigos, papers e outros materiais produzidos pelas unidades da FGV, nesse último totalizando mais de 10 mil itens. Vale ressaltar a importância histórica deste acervo, já que há edições que datam do ano de 1945.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Professora é demitida após mandar nudes para alunos

Professora é demitida após mandar nudes para alunos | Inovação Educacional | Scoop.it
Uma professora de educação física foi demitida da Allen D Nease High School, escola de ensino médio em Ponte Vedra Beach (Flórida, EUA), após enviar nudes pelo Snapchat e mensagens de cunho sexual para alunos.

A direção da escola afirmou na quarta-feira (10/2) que Dionne Younce, de 28 anos, enviou "conteúdo inadequado" para pelo menos três alunos menores de idade, noticiou a "Action News Jax". De acordo com o site "Nease Athletics", Dionne era técnica da equipe feminina de levantamente de peso da escola.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

3 dicas para se conectar com seus alunos on-line

3 dicas para se conectar com seus alunos on-line | Inovação Educacional | Scoop.it
Os alunos de hoje não são mais como conhecíamos na nossa época de escola. Eles estão aprendendo em novos ambientes, utilizando ferramentas que não existiam a até pouco tempo. Mais de 21 milhões de estudantes estão matriculados em pelo menos um curso on-line, e esse número cresce a cada semestre. A realidade é que não há mais estudantes  tradicionais ou estudantes on-line; discentes de todos os lugares estão fazendo tanto cursos on-line quanto em salas de aula. Como instrutores e administradores, temos a oportunidade de ajudar os alunos acostumados a cursos tradicionais a fim de que se tornem, também, um sucesso em ambientes on-line.

Um dos ajustes mais difíceis para os estudantes em transição de uma sala de aula tradicional para um ambiente on-line é a ligação com seu professor. Muitas vezes nos cursos on-line, os alunos são apenas “um nome de usuário”, enquanto os instrutores passam a ser computadores virtuais que respondem questões. Mas, com alguns truques essenciais para criar um ambiente em que o professor on-line se torne “real”, isso não precisa acontecer.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

The future of technology in adult learning

No matter how far we progress in formal education, there is always a point at which taught learning becomes optional. With adulthood comes the agency to decide when school or university learning will end. While professional development can mean acquiring new skills, we generally reach a critical point where the frequency with which we learn new information and disciplines slows down. 
The growth of the e-learning technology market was predicted to reach $51 billion (around £36 billion) by 2016. This could revolutionise how, when, and where we learn and enable adults to achieve more than ever before.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Empresa japonesa abrirá primeira fazenda operada por robôs

Empresa japonesa abrirá primeira fazenda operada por robôs | Inovação Educacional | Scoop.it
O espaço de 4.400 metros quadrados fica na cidade de Kizugawa, ao sul de Kyoto, na parte central do Japão, e começará suas operações em meados de 2017 com uma produção diária de 30 mil cabeças de alfaces e escarola, disse neste sábado (6) à Agência Efe um porta-voz da Spread, empresa que realiza o projeto.

No local serão produzidas quatro variedades de hortaliças - escarola e as alfaces Batavia, romana e Lollo Rossa -, e os robôs vão realizar todos os trabalhos, com exceção da semeadura.

"É tecnicamente possível automatizar a semeadura também, mas decidimos não fazê-lo porque consideramos que seria pouco prático a efeitos de custo-efetividade", explicou a companhia.
more...
No comment yet.