Inovação Educacional
Follow
Find
116.5K views | +117 today
Inovação Educacional
Noticias, publicacoes e artigos de opiniao que abram caminhos para a inovacao educacional.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Escola tem de mudar para reduzir desigualdades sociais, indica Unesco

Escola tem de mudar para reduzir desigualdades sociais, indica Unesco | Inovação Educacional | Scoop.it
Ensino de competências deve substituir foco do professor em conteúdo. Tecnologias em sala de aula precisam ser usadas para desafiar estudantes a criar seu método de aprendizado

"Se a escola não mudar, vamos colaborar para o aumento das desigualdades sociais", afirmou Francesc Pedró, chefe da Divisão de Políticas Educacionais da Unesco, durante a apresentação do estudo "Tecnologias para a Transformação da Educação" em São Paulo na última terça-feira (25).

O estudo, que reúne estratégias para o uso da tecnologia, aponta a qualidade da educação com equidade como o desafio dos países da América Latina para os próximos anos.

"Nos últimos 15 anos, tentamos garantir o acesso à educação. Agora precisamos pensar em como garantir o acesso com qualidade e equidade, para que a educação possa precisamente ajudar os estudantes a superar barreiras sociais", afirma Pedró. "Vemos a tecnologia como uma janela de oportunidade."

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

La integración de las tecnologías digitales en las escuelas de América Latina y el Caribe

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Venda da Uniasselvi deve ser concluída em 2015

A venda da unidade de ensino a distância (EAD) Uniasselvi pela Kroton deve ser concluída até o segundo trimestre de 2015. A venda da unidade foi estabelecida como condição para que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovasse a fusão entre Kroton e Anhanguera.
“Até o segundo trimestre. Algo entre abril e maio, termos o processo de venda da Uniasselvi concluído”, diz Rodrigo Galindo, presidente da Kroton, durante conversa com jornalistas.
Segundo o executivo, tem algumas dezenas de players interessados no ativo. “É um ótimo ativo. Vendemos com dor no coração porque foi a condição do Cade”, diz.
Na disputa, ele esclarece que o preço será levado em conta e a capacidade do comprador em manter a qualidade dos cursos. “Temos uma responsabilidade com os nossos alunos”, comenta.
Mesmo após a grande negociação com a Anhanguera, os executivos garantem que novas aquisições não são descartadas hoje. ‘A gente não parou os processos de aquisições. Continuamos olhando ativos, ativos que tenham entre cinco mil e dez mil alunos”, diz Frederico Abreu, vice-presidente financeiro da companhia.
Abreu destaca que a companhia olha praças estratégicas e, dado o adiantado do processo de integração entre Kroton e Anhanguera, é factível que aquisições ocorram em processo paralelo.
Galindo pontua que há a intenção de adquirir, mas não a necessidade. “Implantamos ferramentas que garantem crescimento orgânico nos próximos dez anos”, afirma. Novas aquisições, segundo ele, serão consideradas no Norte e Nordeste e marcas fortes nessas localidades serão avaliadas.
“Também vamos levar em conta um preço atrativo. Essa é a vantagem de não precisar fazer aquisição e, sim, querer”, diz Galindo.
EAD
A Kroton estima que até o final de 2015 terá 448 novos pólos de ensino a distância (EAD) prontos para funcionarem em 2016. “Isso são 62% pólos a mais em relação ao que temos hoje”, diz Roberto Valério, vice-presidente de Graduação EAD e Pólos.
Do total dos pólos anunciados, cerca de 20 já foram visitados ou estão com visitas marcadas, conta o executivo.
Anhanguera
A Kroton Educacional avalia que há "grandes oportunidades de marcas" na Anhanguera. Além das sinergias já previstas, o presidente da Kroton, acredita que há potenciais ganhos a serem abstraídos de reposicionamento de marca da Anhanguera.
“A gente pode ganhar onde a Anhanguera já é marca premium e onde o brand equity (valor de marca) é mediano podemos aumentar a proposta de valor e, depois disso, elevar tíquete médio”, diz Galindo, durante evento com analistas em São Paulo.
A companhia já divulgou que estima capturar R$ 300 milhões em sinergias em até 36 meses após a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que ocorreu no início do ano.
Sobre os possíveis efeitos da escolha da nova equipe econômica, Gislaine Moreno, diretora de avaliação e desenvolvimento institucional da Kroton, acredita que nada será modificado. "Não tenho medo mesmo. Já estive no MEC depois das eleições. Continua do mesmo jeito. Quanto aos programas, não acredito. São políticas de estado e não de governo”.
Rodrigo Galindo pontua que pode haver até estagnação dos investimentos no Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) já que o programa influencia no superávit primário. “Pode haver estagnação dos investimentos e não termos ampliação, mas não acredito porque, pelo que foi dito na campanha eleitoral, a tendência é de ampliar o programa”, diz.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

CAPES seleciona projetos conjuntos de pesquisa entre Brasil e Holanda

CAPES seleciona projetos conjuntos de pesquisa entre Brasil e Holanda | Inovação Educacional | Scoop.it

A CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) está selecionando projetos conjuntos de pesquisa desenvolvidos por grupos brasileiros e holandeses nas diversas áreas do conhecimento como parte do programa CAPES/NUFFIC.

Os grupos de estudantes devem estar vinculados a instituições de ensino superior e/ou de pesquisa e têm até o dia 5 de dezembro para fazer a inscrição. O início das atividades está previsto para o ano de 2015. O concurso vai selecionar até 30 projetos conjuntos de pesquisa, podendo haver alteração na quantidade. As propostas de projeto podem ser enviadas de qualquer área do conhecimento. 

A proposta deve ser similar em cada um dos países. A proposta brasileira deve ser elaborada em conformidade com as diretrizes publicadas pela CAPES, e a holandesa com as diretrizes da NUFFIC.

Além disso, elas também devem ser caráter inovador e favorecer a aprendizagem da língua no país parceiro. 

As bolsas oferecem um auxílio financeiro diário aos pesquisadores, além de cobrir os custos com seguro-saúde e deslocamento.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Pronatec vai beneficiar pessoas com deficiência, população de rua e adolescentes

Pronatec vai beneficiar pessoas com deficiência, população de rua e adolescentes | Inovação Educacional | Scoop.it

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) terá uma modalidade para beneficiar pessoas com deficiência, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e moradores de rua. O chamado Pronatec Direitos Humanos teve as regras e critérios para a execução e monitoramento definidas em portaria da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) publicada hoje (26) no Diário Oficial da União.
De acordo com a portaria, a modalidade será dividida em três grupos: Pronatec Viver Sem Limite, Pronatec Sinase e Pronatec População de Rua.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Os países que mais ajudam suas empresas a serem competitivas

Os países que mais ajudam suas empresas a serem competitivas | Inovação Educacional | Scoop.it

Suíça é o país que mais ofereceu condições para empresas desenvolverem, atraírem e reterem profissionais no mundo neste ano. Ela lidera o ranking World Talent Report 2014, organizado pela escola de negócios IMD.
A lista leva em conta três quesitos básicos: o investimento e desenvolvimento de talentos locais (que reflete o investimento público e qualidade da educação), o apelo (capacidade de reter os trabalhadores locais e atrair os estrangeiros) e a prontidão (capacidade de cumprir as exigências do mercado com os talentos que tem disponíveis).
Além disso, o levantamento considera mais de 20 indicadores, alguns estatísticos e outros subtraídos de uma pesquisa com 4.300 executivos internacionais.
O ranking abrange 60 países. Em segundo lugar fica a Dinamarca e em terceiro a Alemanha. Os Estados Unidos só aparecem na 12ª posição e o Brasil, na 52ª.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Elon Musk diz que robôs podem matar humanos em 5 anos; mas se arrepende

Elon Musk diz que robôs podem matar humanos em 5 anos; mas se arrepende | Inovação Educacional | Scoop.it

Minutos depois de postar o comentário no site Edge.org, que discute o futuro da ciência e da tecnologia, o bilionário deletou seu post.
Mas um usuário da rede social Reddit conseguiu recuperar a postagem.
Musk termina seu comentário alertando: "As empresas líderes em AI tomaram grandes medidas para garantir a segurança. Elas reconhecem o perigo, mas acreditam que podem moldar e controlar as superinteligências digitais e prevenir aquelas maléficas de escaparem para a internet. Isso ainda estamos para ver..."

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Computador está fora da sala de aula na maioria das escolas públicas

Os dados são da pesquisa TIC Educação lançada na noite de hoje (10) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil

A maioria das escolas públicas do país (99%) tem computador e acesso à internet (95%), mas a tecnologia ainda não está na sala de aula. Os dados são da pesquisa TIC Educação lançada na noite de hoje (10) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI) por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic).

Segundo a pesquisa, feita em 1.125 escolas em áreas urbanas e que ouviu estudantes, professores e diretores, em apenas 6% dos estabelecimentos os computadores estão instalados nas salas de aula e 85% nos laboratórios de informática. “O que é um negócio ainda meio esquisito, que é separado da biblioteca. Então, você passa a ideia que livro é uma coisa e computador é outra. Tudo fora de lugar”, disse o assessor da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco), Guilherme Canela.

Em 30% das escolas o uso do computador acontece prioritariamente na sala de aula, mas por esforço dos educadores. “Porque ou professor ou a professora gentilmente leva o seu equipamento para a sala de aula”, ressaltou. Diante desse fato, o assessor da Unesco indagou como é possível construir uma escola da chamada educação do século 21 se “o computador está em uma outra sala, trancada com 53 cadeados?”

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

5 coisas que pessoas carismáticas fazem

5 coisas que pessoas carismáticas fazem | Inovação Educacional | Scoop.it

Carisma se sente no ar. Não se trata apenas de alguém agradável. Pessoas carismáticas chamam atenção. Eles energizam os outros e os motivam a tomar iniciativa. Será que essas pessoas nascem assim ou aprendem a desenvolver a característica? Uma mistura dos dois, provavelmente.
O carisma pode ser desenvolvido e se esta é sua aspiração, o site da Inc. listou cinco dicas para começar.
1. Pessoas carismáticas exalam alegria
A primeira coisa a ser notada em alguém carismático é o brilho no olhar. Elas sentem uma forte paixão que as movem. Mesmo quando bravas, elas convencem os outros de suas causas. Elas sentem prazer pelo que fazem e compartilham experiências. Aumente seu carisma ao compartilhar paixões e ao ajudar colegas.
2. Pessoas carismáticas inspiram confiança
Elas parecem ter o mundo sob controle. Elas parecem ser seguras, mesmo quando não são de fato. Pessoas carismáticas acreditam em suas habilidades, em seus conhecimentos e em seus valores. A linha tênue entre narcisismo e confiança também é clara. Invista no carisma ao controlar inseguranças e enaltecer qualidades. Compartilhe sua confiança com os outros para que eles se sintam mais fortes com sua presença.
3. Pessoas carismáticas compartilham suas convicções
Elas se destacam melhor quando estão à frente de um movimento. É importante acreditar em algo poderoso e disseminar essa crença. Convicções e ações consistentes influenciam opiniões e decisões. Apatia e indiferença podem acabar com o carisma. Seja comprometido e inspire pessoas a lutarem por suas causas.
4. Pessoas carismáticas são ótimas contadoras de histórias
Para seguir alguém, é preciso conhecer o contexto da situação e qual é a verdadeira motivação por trás de uma determinada ação. Contar histórias é a forma mais eficiente para quebrar o gelo e despertar emoções. Pessoas com carisma têm o dom da narração e são agradáveis de ouvir. Elas são intrigantes e envolvem seus ouvintes. Aprenda a contar histórias emocionantes, use metáforas e pratique o bom humor para entreter ao informar.
5. Pessoas carismáticas transmitem empatia
Quando Bill Clinton faz um discurso, por mais que a mensagem seja para milhares de pessoas, a sensação é que ele está falando exclusivamente com você. Este é um talento de carismáticos.  É preciso focar olhos, ouvidos e alma no próximo, e não em si mesmo. Pessoas com carisma provocam risadas, fazem outros se sentirem especiais, fascinantes e interessantes.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Como fazer Vídeos para youtube

Como fazer Vídeos para youtube | Inovação Educacional | Scoop.it

COMO FAZER VÍDEOS PARA YOUTUBE!!
Primeiro você precisa estipular o conteúdo e objetivo do seu vídeo. Pode ser um vídeo informativo, de vendas, de interação ou mesmo para explicar algum produto ou assunto.
Para que você possa gravar seu vídeo precisa de uma câmera. Acredito que um camera simples já é suficiente, eu por exemplo gravo com uma Canon 16.0 MegaPixels.Você de inicio só precisa se preocupar com a mensagem a passar, e que seus ouvintes irão entender você.
Você poderá gravar o áudio no seu próprio celular, e editar seu vídeo com aúdio em um programa chamado Camtasia.
OBS:  Não esqueça que você está falando com pessoas, nem esqueça o alcance que seu vídeo poderá ter. Fale sempre a verdade e seja coerente.
Depois que você gravou seu vídeo, você precisa carregar ele para o youtube, essa é a parte de como fazer vídeos para youtube que se torna mais técnica e as vezes tem que ter um pouco de paciência, outra dica que posso dar é deixe seus vídeos baixando durante a noite.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

A vida depois do não - Estácio

A vida depois do não - Estácio | Inovação Educacional | Scoop.it

Até o ano passado, o grande objetivo do engenheiro mecânico Rogério Melzi, presidente da rede de ensino Estácio, era criar a Ambev da educação. Ele dizia que sua empresa era como a Brahma nos anos 90 e a concorrente Anhanguera era a Antarctica (as duas se uniram para formar a Ambev em 1999).
Ex-funcionário da Ambev, Melzi levava a meta tão a sério que, por muito tempo, evitou abrir faculdades nos lugares em que a Anhanguera era forte, como o estado de São Paulo e as regiões Centro-Oeste e Sul. As empresas finalmente começaram a negociar uma fusão em abril de 2013 — que, se fosse concluída, criaria a maior companhia de educação do país, com quase 800 000 alunos.
Em duas semanas, prepararam um rascunho do contrato a ser assinado. Mas a Estácio fez exigências que a Anhanguera não estava disposta a cumprir, como uma auditoria prévia antes de concluir a fusão. Sem acordo, a negociação parou — para a Estácio.
A concorrente Kroton entrou em cena e, em apenas três dias, fechou a fusão com a Anhanguera, o que deu origem ao maior grupo de educação do mundo, com 1,5 milhão de alunos. O projeto da Ambev da educação foi-se embora. E a Estácio, de destinada à liderança, ficou bem atrás da líder inconteste Kroton. Ainda dá para sonhar com a liderança?  
Hoje, a Estácio é a segunda maior companhia de educação de capital aberto do país. Vale 8,5 bilhões de reais, 150% mais do que há dois anos. É um número e tanto — mas a Kroton vale o triplo. Num setor em plena consolidação, é uma diferença grande demais para quem quer competir.
“Não vejo por que a gente não possa ser a maior em valor de mercado. Não quero o segundo lugar”, diz Melzi. Depois do baque da perda da Anhanguera, o executivo abriu a mão e partiu para novas aquisições. Em um ano e meio, gastou 748 milhões de reais para comprar cinco redes.
A principal delas foi a Uniseb, rede de ensino a distância com forte presença em São Paulo. Segundo ­Melzi, mais “duas ou três aquisições” podem ser anunciadas até o fim do ano (executivos do setor dizem que há uma negociação em curso no Nordeste). “Ainda temos 700 milhões em caixa. Não falta dinheiro para comprar”, diz.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

MEC discute implantação de tecnologia em escolas que têm dificuldade de acesso à internet

MEC discute implantação de tecnologia em escolas que têm dificuldade de acesso à internet | Inovação Educacional | Scoop.it

O FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), instância ligada ao MEC (Ministério da Educação), realiza nesta quarta-feira (26) uma audiência pública, em Brasília, para definir as especificações técnicas do chamado Media Center (Plataforma de Nuvem Educacional).
A ferramenta permitirá que cada uma das 190 mil escolas públicas do País salve conteúdos educacionais feitos por seus professores uma plataforma interna. Os materiais poderão ser direcionados aos alunos e docentes da instituição por uma rede local, sem necessidade de conexão à internet. 
A iniciativa foi comentada ontem (25) pela diretora de formulação de conteúdos educacionais da SEB (Secretaria de educação Básica) do MEC, Mônica Franca. Ela esteve presente no seminário internacional “Tecnologias para a transformação da educação”, realizado em São Paulo, pela Fundação Santilla, junto à Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), e em parceria com o Insper. 
— O Media Center vai ser um grande conjunto de tecnologias que, dentro da escola, vão permitir acesso aos conteúdos dispensando o acesso à internet, como se fosse uma rede local, uma ‘rede interna de cada escola. Não é uma ideia nova, mas é uma solução mais barata para ofertarmos nas escolas, e aí abrir um canal que dá acesso aos conteúdos digitais. 
Segundo Mônica, um projeto piloto já foi aplicado em uma escola do Distrito Federal. Agora, a ideia é, depois da audiência pública que terá a presença de representantes da indústria, planejar o lançamento do edital para a criação dos equipamentos. 
— Esforços estão sendo feitos para lançarmos os editais para a produção dos equipamentos a serem instalados nas escolas no início de 2015.
Ela ressalta que não há previsão de data para o funcionamento do sistema nas instituições de ensino.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Conheça 10 sites para aprender mais de 200 idiomas estrangeiros gratuitamente

Conheça 10 sites para aprender mais de 200 idiomas estrangeiros gratuitamente | Inovação Educacional | Scoop.it

Portais permitem que internauta pratique sozinho ou com outros usuários vários idiomas: do inglês à língua russa

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Na era do tablet, escolas resgatam brincadeiras antigas

Na era do tablet, escolas resgatam brincadeiras antigas | Inovação Educacional | Scoop.it

Entre as antigas, as brincadeiras de correr no pátio é que sobrevivem firmes e vitoriosas. A professora do ensino fundamental I e coordenadora adjunta do Colégio Catarinense, Magali Schmitz Knoll, conta que os alunos menores ainda pedem para brincar de pega-pega e esconde-esconde, apesar dos tablets e computadores presentes em sua rotina “A tendência são brincadeiras antigas mais de corpo, que tragam empolgação, que eles possam correr. Também percebemos que os pequenos do infantil ainda adoram brincar de casinha, por exemplo, onde eles assumem os papéis da família.” Entre as antigas que caíram em desgosto pelos pequenos, a professora cita os jogos de tabuleiro. “Eles acabaram sendo substituídos pelos jogos eletrônicos, que chegaram com um atrativo visual maior”, justifica.
Mas nem por isso as escolas deixam de ensinar os jogos tradicionais. A pedagoga e especialista em educação, Denise Tinoco, elenca como benefícios das brincadeiras antigas o desenvolvimento da linguagem, a tolerância, capacidade de se colocar no lugar do outro e, principalmente, o trabalho em conjunto e o desenvolvimento social. “Em muitos brinquedos cantados você precisa do outro para brincar, como aquelas brincadeiras de colocar um colega no meio da rodinha (a brincadeira viuvinha, onde a criança que está no meio escolhe e abraça outro colega pode ser um exemplo) e a troca de papéis é importante para o desenvolvimento.”

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Como descobrir o que o Google sabe sobre você

Como descobrir o que o Google sabe sobre você | Inovação Educacional | Scoop.it

Não é segredo que o Google coleta dados sobre a vida de seus usuários. O objetivo disso é poder oferecer propagandas e anúncios bem direcionados. A grande vantagem para o Google é poder cobrar um valor mais alto das empresas que fazem os anúncios.
Ao usar o Google ou qualquer outro produto da empresa, os usuários estão autorizando que informações sejam coletadas (você não achou que o Google oferecia esse monte de coisas legais de graça à toa, não é?).
São diversos métodos usados para coletar as informações. Desde os termos buscados no Google, até o que é compartilhado no Google+ ou os lugares que são buscados no Maps.
Se você quiser descobrir tudo (ou quase tudo) que a empresa sabe sobre você, aqui vai um guia rápido.
Para isso, basta entrar na página de configurações enquanto logado na conta do Google. A página é https://www.google.com/settings

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

USP divulga salários de professores e funcionários

USP divulga salários de professores e funcionários | Inovação Educacional | Scoop.it

A USP divulgou nesta segunda-feira (17) os salários de todos os seus servidores docentes e técnico-administrativos, sejam ativos ou aposentados. A lista com os vencimentos está no Portal Transparência do site da universidade.
A divulgação dos vencimentos dos funcionários vem após uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que pode levar ao corte dos salários acima do teto do funcionalismo público.
No plano federal, o teto é o salário dos ministros do STF: R$ 29,4 mil. Nos Estados, o limite é o ganho dos governadores. Em São Paulo, o salário do governador Geraldo Alckmin é de R$ 20,6 mil.
A remuneração do próprio reitor da USP, Marco Antonio Zago, está acima deste teto -- ele recebe salário mensal de R$ 28.900,24, segundo os dados divulgados pela universidade.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

MEC lança Idioma Sem Fronteiras para alunos e docentes de Letras estudarem línguas no exterior

MEC lança Idioma Sem Fronteiras para alunos e docentes de Letras estudarem línguas no exterior | Inovação Educacional | Scoop.it

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta segunda-feira (17) o Programa Idioma Sem Fronteiras, vinculado ao Ciência Sem Fronteiras e voltado para alunos e professores de línguas que desejam elevar a proficiência em determinada língua. A medida foi publicada no Diário Oficial da União.

Veja aqui a portaria.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Esgotado de tanto trabalhar? Você não é o único

Esgotado de tanto trabalhar? Você não é o único | Inovação Educacional | Scoop.it

 Se perguntássemos a qualquer trabalhador da Revolução Industrial até nossos dias  se ele se sentia estressado no trabalho, a resposta, provavelmente, seria afirmativa e enfática. Contudo, especialistas do local de trabalho dizem que há algo de incomum em andamento hoje em dia. A concorrência global, o downsizing e o contato eletrônico constante com o escritório se combinaram para criar um nível possivelmente inédito de estresse.
“Sem dúvida alguma, é isso mesmo o que acontece”, avalia Stewart Friedman, diretor do Projeto de Integração Trabalho/Vida da Wharton. “Se fizermos uma análise dos últimos 50 anos, veremos que as pessoas estão trabalhando mais, e que mais tempo de sua atenção consciente é dedicada ao trabalho e a decisões relacionadas a ele, o que é um desafio, porque a ubiquidade da tecnologia permite agora 24 horas por dia de comunicação durante os sete dias da semana. A maior parte de nós não cresceu com essas ferramentas e ainda estamos nos ajustando com o que significa criar fronteiras significativas entre o trabalho e outros lugares de nossa vida. Trata-se, portanto, de uma nova habilidade.”
De fato, a pressão é maior do que nunca, sobretudo nos EUA, observa Hendrie Weisinger, autor em parceria com J. P. Pawliw-Fry de um livro a ser publicado em breve: “O desempenho sob pressão: a ciência de fazer o seu melhor quando mais importa” [Performing Under Pressure: The Science of Doing Your Best When It Matters Most]. Contribuíram para essa situação fatores como a concorrência global, a longevidade, as mídias sociais e os valores materiais, diz Weisinger. Além disso, acrescenta, houve “uma mudança de uma cultura empresarial fabril, que enfatizava os resultados da produção, para uma cultura empresarial mais voltada para as relações entre as pessoas, o que fez do sucesso uma coisa dependente do que os outros fazem. E os outros ninguém pode controlar”.

more...
No comment yet.