Inovação Educacional
Follow
Find
147.3K views | +97 today
Inovação Educacional
Noticias, publicacoes e artigos de opiniao que abram caminhos para a inovacao educacional.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Tecnologia: uma forte aliada na aprendizagem

Tecnologia: uma forte aliada na aprendizagem | Inovação Educacional | Scoop.it
Os alunos que chegam à Educação Infantil são crianças que vieram ao mundo no momento em que as tecnologias digitais chegaram para mudar as pessoas, as relações e também para constituir uma nova forma de aprender. Podemos chamar essas crianças de “nativos digitais”.
Smartphones e tablets atraem os pequenos por meio de propostas interativas, que proporcionam experiências construtivas para o desenvolvimento infantil. O Colégio Pentágono, inserido na contemporaneidade digital e tendo em vista a excelência acadêmica, investe constantemente em tecnologia para um melhor aprendizado. As aulas de TE – Tecnologia Educacional, sempre contextualizadas, são planejadas para dar sentido ao que se aprende na sala de aula.
O manuseio dos iPads com os alunos de G2 (2 anos) e G3 (3 anos), tem como proposta estimular a coordenação dígito manual, raciocínio lógico, reconhecimento de formas, cores, assim como a cooperação (como nas propostas em dupla), postura de estudante e os cuidados que as crianças devem ter com estes equipamentos. Já as turmas de G4 (4 anos) e G5 (5 anos) trabalham com o Computador e o iPad com o intuito de estimular a alfabetização, atender à diversidade das hipóteses de escrita, desenvolver habilidades e procedimentos de leitura, sequência numérica, quantificação, comparação e habilidades com as ferramentas básicas dos recursos tecnológicos (limpar histórico, acessar as pastas dos jogos, entrar e sair do programa, digitar, apagar e etc.). As propostas e os objetivos são planejados em parceria com as professoras de sala de aula, tendo como base os conteúdos que embasarão a pesquisa e o desenvolvimento de jogos pela professora de TE.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Bruxelas define prioridades para educação até 2020

Bruxelas define prioridades para educação até 2020 | Inovação Educacional | Scoop.it
A Comissão Europeia quer reforçar a cooperação a nível europeu nas áreas da educação e da formação até 2020. São seis as prioridades que incluem a melhoria das perspetivas de emprego.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Microcertificações seguem toda a experiência de aprendizado

Microcertificações seguem toda a experiência de aprendizado | Inovação Educacional | Scoop.it
Com apoio da tecnologia, é cada vez mais fácil continuar a aprender durante a vida toda e receber uma certificação. Isso pode acontecer na educação básica, com atividades na escola ou durante as férias, no ensino superior ou até mesmo de maneira informal em cursos rápidos que em nada lembram a rigidez dos currículos universitários. Ao invés de passar longo tempo em um curso de pós-graduação, é possível escolher temas específicos e já aplicá-los na prática.

Nos Estados Unidos, a organização Badge Alliance trabalha pela popularização do open badge, um distintivo ou medalha digital que comprova o aprendizado em determinada atividade ou a participação em um projeto. Além de permitir que a aquisição de uma nova habilidade seja compartilhada em redes sociais, o arquivo de imagem leva consigo informações de identificação, tais como: instituição emissora, data e descrição de atividade, além de links para requisitos e evidências de que o aluno de fato cumpriu o exigido.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Educação a Distância na GloboNews

Educação a Distância na GloboNews | Inovação Educacional | Scoop.it

O Programa Mundo S.A., da Globonews, enfocou a Educação a Distância em sua edição do dia 31/08/2015. Com falas de Stavros Xanthopoylos e Roberto Valério, dentre outros, ficou muito esclarecedor e colabora com a disseminação da modalidade. A ABED pôde contribuir com a preparação da pauta e outras orientações. O conteúdo está disponível para quem é assinante de TV a Cabo com a Globonews no pacote, mediante login e senha, no sitehttp://globosatplay.globo.com/globonews/.

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Projeto de escola integral alcança bons resultados

— As mudanças básicas foram o tempo integral, com atividades das 8h às 16h, e a dedicação exclusiva de nossos professores, que passaram a estar todos os dias na escola. Também ganhamos uma grade diferenciada com disciplinas até então desconhecidas por nós, como Protagonismo Juvenil e Projeto de Vida — conta a diretora Mônica Pereira.

A escola de Mônica foi uma das dez primeiras da rede municipal a serem transformadas pelo projeto Ginásio Carioca. Hoje já são 28 unidades nesse modelo, e outras 11 se preparam para a mudança no ano que vem. A experiência será um dos estudos de caso apresentados no seminário internacional Educação 360, promovido pelos jornais O GLOBO e “Extra” nos próximos dias 11 e 12, em parceria com Sesc e Prefeitura do Rio e apoio da TV Globo e Canal Futura.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Nova alternativa em ensino à distância

Com o principal objetivo  de ser  a melhor e maior escola de ensino à distância do país em cursos livres voltados para o mercado corporativo, é lançada em São Paulo, a MLG Educação, que segundo o seu Co-fundador, o empresário Rogerio Lipper, pretende ser um centro de referência em educação e geração de conhecimento a distância, com orientação às tendências e necessidades apresentadas pelas organizações e a sociedade de modo geral.
 
De acordo  com Lipper, o projeto, entrou no ar em 2015 e carrega metas ambiciosas. Ele explica: ”Experimentar nossas próprias criações é um lema que iniciamos e não abandonaremos. Viver a experiência do usuário é a melhor forma de saber se algo é bom ou ruim. Por isso, na MLG Educação todos os nossos cursos passam por um rigoroso processo de seleção de docentes e mesmo depois de prontos, devem integralmente passar pelo crivo de um grupo bastante heterogêneo que irá pontuar aspectos bons e de melhoria. O laboratório é fundamental em todos os nossos projetos”.
 
Tendências
 
O mundo globalizado exige alternativas inteligentes para que os estudantes estejam próximos do conhecimento sem perder as demais atividades que o acompanham no dia a dia. E para que isso aconteça de forma equilibrada e eficaz, muitos deles apostam nos cursos de EAD, formato de educação que nos últimos anos vem crescendo no Brasil e conquistando atenção de pessoas em todas as idades.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Harvard Business School cria a sala de aula do futuro

Um estúdio de transmissão que consegue reproduzir a energia do ensino presencial em um ambiente digital. Essa é a sala de aula do futuro da Harvard Business School. As câmeras em movimento conseguem captar toda a ação do professor. Na frente dele, uma tela projeta as imagens de 60 alunos, que residem em Pequim, Varsóvia, Praga, Miami, San Francisco ou Toronto.

A transmissão em tempo real é realizada dentro da emissora pública WGBH, que fica localizada a cerca de 10 minutos da instituição. O formato, chamado de HBX Live!, foi lançado no dia 25 de agosto e traz alta qualidade de imagem e som para reproduzir o ambiente da sala de aula.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Desafios da competitividade

O País não vive uma situação fácil - está em recessão técnica, a inflação bate no teto da meta, os juros sobem, a política fiscal perde credibilidade, denúncias de corrupção envolvem a maior estatal brasileira. O momento atual faz reviver a famosa frase, atribuída a Tom Jobim, de que "o Brasil não é para principiantes". Com a finalidade de oferecer um espaço de discussão sobre os rumos para se reverter essa situação - especialmente em relação à indústria -, o Grupo Estado, com apoio da Confederação Nacional da Indústria, promoveu um novo evento da série Fóruns Estadão Brasil Competitivo, no qual especialistas discutiram o atual cenário, suas causas e possíveis medidas para atingir um novo patamar de crescimento.
Um dos consensos a que chegaram os participantes do encontro foi a importância do setor industrial para a retomada do crescimento nacional. A indústria concentra boa parte dos avanços tecnológicos, tem os produtos de maior valor agregado e é o setor que reúne os empregos de melhor qualificação. Abrir mão de um setor industrial forte é abdicar de um crescimento sustentável no longo prazo. No entanto, o Brasil vive um paradoxo, segundo afirma José Roberto Mendonça de Barros, sócio da consultoria MB Associados. Nunca se fez tanta política para a indústria - desonerações, crédito subsidiado, operações de participação do BNDESPar em grande escala, etc. - e, ao mesmo tempo, nunca a crise do setor foi tão grande. A indústria vem perdendo participação no Produto Interno Bruto, tem fechado vagas de emprego e as perspectivas de curto e de médio prazos não são alvissareiras. "O crescimento de 2015 já está comprometido qualquer que seja a política econômica adotada. O que está em jogo para a indústria é 2016", afirmou Mendonça de Barros.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Reestruturação do Pronatec é natural, diz secretário do MEC

Reestruturação do Pronatec é natural, diz secretário do MEC | Inovação Educacional | Scoop.it
O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC), Marcelo Feres, defendeu nesta terça-feira, 1, a reestruturação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Segundo ele, o programa foi reestruturado justamente porque deu certo. "A reestruturação do Pronatec é natural, como toda política pública que dá certo. Uma política pública que não dá certo você não reestrutura, você interrompe. Não é o caso do Pronatec", afirmou após participar de mais uma etapa dos Fóruns Estadão Brasil Competitivo, cujo tema desta edição foi Educação para o Trabalho.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Managing large systems: a comparative analysis challenges and opportunities for large higher education systems

more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Curso sobre EaD com docente da UNESCO e UNED

O professor Lorenzo Garcia Aretio, da cátedra de Educação a Distância da Organização das Nações Unidas para Educação, CIência e Cultura (UNESCO) e editor da Revista Iberoamericana de Educación a Distancia (RIED), vai apresentar um curso assíncrono no Brasil, de 5 a 23 de outubro, por meio da Enlínea Educacional.

Aretio, que também é professor da espanhola Universidad Nacional de Educación a Distancia, uma das instituições na metodologia EaD mais respeitadas no mundo, vai falar sobre as demandas que se apresentam ao docente que, geralmente formado pelas metodologias presenciais, se vê diante da necessidade ou do desejo de ministrar cursos a distância, sobre o perfil e as funções específicas dessa atividade e as demandas que se apresentam para quem vai realizá-las.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Cultivando tecnologia educacional

Cultivando tecnologia educacional | Inovação Educacional | Scoop.it
Ao entrar para o Sistema Universidade Aberta (UAB) no início do programa, em 2007, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) não se limitou a cumprir seu papel de contribuir para a democratização do acesso ao ensino superior. A instituição assumiu a vocação de reconhecer e utilizar as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) como ferramentas de aprendizagem. E, desde então, vem cultivando um ecossistema próprio, para garantir que isso seja feito com qualidade.

Desde que foi criada a Secretaria de Educação a Distância (Sead), em 2009, o que se chamou de “jeito UFSCar” de fazer EAD contabiliza cerca de 1,5 mil alunos em cursos a distância de bacharelado, especialização e licenciatura, atendidos por 25 polos de apoio presencial em seis estados brasileiros. E as metas não são apenas numéricas. O curso a distância de licenciatura em Pedagogia, por exemplo, obteve o conceito máximo de excelência (5), em 2014, mais do que a nota do mesmo curso presencial (4). “No nosso entendimento, os cursos a distância precisam ter, no mínimo, o mesmo padrão de qualidade dos presenciais”, diz Aline Reali, secretária geral de EAD.

A instituição investiu em duas frentes fundamentais ao sucesso do modelo: formação de professores e produção de conteúdos. Um curso ou disciplina online começa a ser planejado um ano antes de ser ofertado. Todos os envolvidos — docentes, tutores, coordenadores de polos presenciais e equipes técnicas e pedagógicas — passam por formações continuadas, a partir de uma proposta de trabalho colaborativo e docência compartilhada. Aprendem desde a utilizar o sistema operacional Linux até a fazer um planejamento pedagógico para EAD.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Softwares para aprendizagem adaptativa são tendência em EAD

Softwares para aprendizagem adaptativa são tendência em EAD | Inovação Educacional | Scoop.it
A Aprendizagem Adaptativa em educação a distância (EAD) tem revolucionado a forma de aprendizagem como uma alternativa mais eficiente ao modelo tradicional de ensino.

“Desde sempre, nas escolas, quem se adapta à matéria (disciplina) é o aluno, já que ela é dada de uma única maneira e no mesmo ritmo e horário para todos os alunos da mesma turma. Na aprendizagem adaptativa é a matéria que se adapta ao aluno, seguindo ritmo e os conhecimentos anteriores dele”, diz Paulo Barreira Milet, diretor da Eschola.com, e especialista em educação a distância.

Segundo Milet, que participa de palestra sobre o tema durante o Rio Info 2015, o método adaptativo pode ser aplicado por meio de plataformas inteligentes com softwares diferenciados, que propõem atividades sob medida para cada aluno. “A partir de testes rápidos e periódicos, o sistema pode reconhecer automaticamente o que o aluno já sabe e o que não sabe de determinado tema, apresentar conteúdos para cobrir a deficiência, e, além disso, permite o aprendizado em qualquer lugar e a qualquer hora via internet”.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Plataforma e estudo de empreendedorismo em educação são lançados no Transformar

Plataforma e estudo de empreendedorismo em educação são lançados no Transformar | Inovação Educacional | Scoop.it
O painel “Desafios e oportunidades para empreender em educação”, realizado durante a 3a edição do Transformar na terça-feira (25), trouxe duas novidades para empreendedores brasileiros da área de educação: uma pesquisa e uma plataforma. As duas iniciativas do Instituto Inspirare estão conectadas e procuram ajudar quem pretende criar negócios sociais para resolver desafios e problemas da área.

O estudo “Empreendedores de Impacto: as dores e as delícias de inovar em Educação no Brasil” é o primeiro olhar aprofundado sobre a jornada que os empreendedores da área de educação percorrem no Brasil, segundo Lívia Hollerbach, da Alas Pesquisa de Mercado, que realizou e apresentou a pesquisa junto com a jornalista Mariana Fonseca, da Mariposa Comunicação, no evento. Já a plataforma “Apreender, empreender na aprendizagem” partiu das conclusões do levantamento, que ouviu 50 empreendedores em sete capitais do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Maceió, Porto Alegre, Recife e Belo Horizonte), além de institutos, fundações, fundos de investimento, aceleradoras e especialistas, para oferecer orientações e serviços que ajudem quem está desbravando esse campo.

As duas principais perguntas feitas pelo estudo foram: quem empreende em educação no Brasil e quais os desafios ao longo dessa jornada? A principal conclusão é que a visão do ecossistema do negócio em educação ainda é “turva”, com dificuldades apontadas pelos empreendedores em identificar os atores e seus respectivos papéis. A pesquisa trouxe conceitos e ruídos sobre esses participantes, como aceleradoras, institutos e fundações, mentores, anjos, investidores, iniciativa privada e governo. No estudo, os empreendedores apontam a necessidade de vender seus produtos ou serviços a três interlocutores diferentes: pais, diretores ou governo, que são quem paga a conta; professores, que são quem vai aplicar; e alunos, os usuários finais.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Movimento Todos pela Educação constata: Ceará é bom em Matemática

Movimento Todos pela Educação constata: Ceará é bom em Matemática | Inovação Educacional | Scoop.it
O segredo é estudar, praticar bastante, e colocar em prática os ensinamentos que o professor passa em sala de aula. A persistência é a arma para adquirir o conhecimento na área.
— É como nadar. Você não aprende Matemática olhando o professor ou um colega resolvendo um problema. Você aprende a matéria resolvendo os seus problemas — explica Romildo da Silva, coordenador da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.
Atualmente, Danton Silva faz Engenharia Civil na Universidade Federal do Ceará e antes estudava em uma escola estadual em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza. Ele ganhou a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas em 2014 e é um exemplo da persistência. Ele tentava o feito desde o 7º ano. Já no 8º recebeu a menção honrosa. Em 2013, ele levou a medalha de prata e no ano passado, o ouro.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Universidade dos EUA diz “não” aos livros e “sim” a usar a internet para ensinar

Universidade dos EUA diz “não” aos livros e “sim” a usar a internet para ensinar | Inovação Educacional | Scoop.it
Para quê gastar dinheiro com livros quando há alternativas? Foi esta a questão colocada pelos responsáveis da University of Maryland University College (EUA), que motivou uma decisão: acabaram-se os livros. Neste novo ano, a aprendizagem vai ser feita com recursos e materiais digitais grátis, disponíveis na internet.

“Isto é uma medida muito positiva para os estudantes a vários níveis. Assim poupam dinheiro (e) não têm de andar a carregar livros”, explicou Bob Ludwig, responsável de comunicação, ao site Mic. Ludwig adianta que os estudantes vão poder poupar “milhares de euros” nas despesas que têm com a universidade.

Questionado sobre as consequências da mudança na qualidade do ensino, o responsável garante que os alunos continuarão a receber os melhores conteúdos e que a qualidade se vai manter. “Há tanto (material) por aí e essa é a forma que as pessoas usam hoje para estarem informadas”, justificou, referindo-se à internet.  Na prática, o esforço passará por adaptar e filtrar a quantidade enorme de material que está online para as salas de aula.

Kara Van Dam, a vice-reitora da universidade, esclareceu à Associated Press que entre os materiais usados podem estar textos e vídeos, sempre sem custo. Segundo um estudo do governo americano, as despesas com livros e materiais em texto cresceram 82% entre 2002 e 2010.

A mudança vai influenciar a educação de mais de 80 mil estudantes. Segundo a reitora da instituição, há outras universidades a ponderar fazer o mesmo. Bob Ludwig considera ainda que esta é uma atitude de futuro. “Vejam o que está a acontecer na indústria dos jornais. Continua a haver jornais todos os dias, mas estão a desaparecer rapidamente para versões digitais, e eu acho que é esse o caminho”.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

País tem de difundir melhores práticas em educação, dizem especialistas

País tem de difundir melhores práticas em educação, dizem especialistas | Inovação Educacional | Scoop.it
A melhoria do ensino público no país passa por documentar e ampliar "experimentações" para a atividade docente e, principalmente, difundir regularmente as melhores práticas em educação. A ideia aqui é aumentar a autoestima e a motivação dos professores.

Especialistas na matéria colocaram esses pontos no último dia 19, em debate promovido pelo Instituto Unibanco sobre gestão escolar. Eles citaram a necessidade de aliar os atuais sistemas de incentivo vigentes, como bônus por desempenho, ao aumento da "motivação intrínseca" do docente, o que passaria por estratégias diversas de valorização.

"O que a gente sabe é que a motivação intrínseca (interna, natural) é a mais importante. Não adianta nada você (só) dar prêmios e bônus. O trabalho passa pela valorização social da profissão", afirmou Ricardo Paes de Barros, professor do Insper e coordenador do Núcleo de Pesquisa em Ciências para Educação.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Crise do Fies gera demissão de professores na Bahia

A repentina mudança nas regras do Fies surpreendeu a todas as faculdades e universidades que acreditaram no projeto inicial do governo federal e fizeram uma série de investimentos em função disso. Um dos resultados mais graves e imediatos, são as demissões no corpo docente, que já começaram e devem agravar-se. A análise é de ninguém menos que o presidente da Abames - Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior, Carlos Joel Pereira.
De acordo com Joel, “as entidades acreditaram no projeto inicial do governo e investiram pesado em diversos setores, como contratação para ampliação do corpo docente, construção de salas, laboratórios etc., enfim, tudo conforme as exigências do projeto oficial. E, de uma hora para outra, na calada da noite, surgiram novos critérios de seleção.”
O presidente da Abames argumenta que essa mudança foi “um verdadeiro transtorno”, pois, como consequência imediata, provocou uma redução de cerca de 60% no ingresso de alunos, “reduzindo drasticamente a nossa base de captação”. E a pior consequência social não tardou a surgir: as demissões, que, segundo a Abames, já estão acontecendo em diversas unidades baianas.
 
CRESCIMENTO
De acordo com Carlos Joel, as demissões que vêm ocorrendo resultam do fato das faculdades e universidades privadas baianas terem feito projeções de demanda com base no projeto inicial do governo, o que levou a contratações de professores “visando os próximos oito ou dez semestres, pelo menos.”
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Finlândia: a melhor educação do mundo é 100% estatal, gratuita e universal

Finlândia: a melhor educação do mundo é 100% estatal, gratuita e universal | Inovação Educacional | Scoop.it
A Finlândia tem a melhor educação do mundo. Lá todas as crianças tem direito ao mesmo ensino, seja o filho do empresário ou o filho do garçom. Todas as escolas são públicas-estatais, eficientes, profissionalizadas. Todos os professores são servidores públicos, ganham bem e são estimulados e reconhecidos. Nas escolas há serviços de saúde e alimentação, tudo gratuito.
Na Finlândia a internet é um direito de todos.
A Finlândia se destaca em tecnologia mais do que os Estados Unidos da América.
Sim, na Finlândia se paga bastante imposto: 50% do PIB.
O país dá um banho nos Estados Unidos da América em matéria de educação e de não corrupção.
Na Finlândia se incentiva a colaboração, e não a competição.
Mas os neoliberais-gerenciais, privatistas, continuam a citar os EUA como modelo.
Difícil o Brasil chegar perto do modelo finlandês? Quase impossível. Mas qual modelo devemos perseguir? Com certeza não pode ser o da privatização.
Veja o seguinte documentário chamado The Finland Phenomenon, imperdível, elaborado por estadunidenses:
Em inglês:
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Economista e sindicalista divergem sobre efeitos da terceirização

Economista e sindicalista divergem sobre efeitos da terceirização | Inovação Educacional | Scoop.it
A noção de que os trabalhadores terceirizados têm salários menores pelo fato de serem terceirizados é equivocada, segundo o economista e professor da FEA/USP, Hélio Zylberstajn. Em sua fala no Fóruns Estadão Brasil Competitivo, nesta terça-feira, 4, o especialista em mercado de trabalho argumentou que os rendimentos menores têm relação com a atividade desenvolvida pelos empregados, e não aos seus vínculos trabalhistas.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Brasil precisa repensar ensino técnico, diz Banco Mundial

Brasil precisa repensar ensino técnico, diz Banco Mundial | Inovação Educacional | Scoop.it
"A demanda mundial por competências está migrando para competências não rotineiras. O processo de automatização é enorme, a robotização vai fazer com que muitas profissões desapareçam. Se o jovem não tiver capacidade de se reprogramar, as coisas vão se complicar", comentou durante mais uma etapa dos Fóruns Estadão Brasil Competitivo, cujo tema desta edição é Educação para o Trabalho.
Claudia mostrou uma posição um pouco mais otimista que os outros palestrantes. Ela comentou que a taxa de conclusão do ensino básico nos últimos 15 anos teve grandes avanços e que, mesmo em termos de qualidade, as coisas melhoraram. Ela citou o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, conhecido pela sigla PISA, que mostra que o Brasil foi o País que mais avançou em matemática de 2003 a 2012, apesar de ainda ter uma pontuação baixa, atrás de países como o México, por exemplo.
more...
No comment yet.
Scooped by Luciano Sathler
Scoop.it!

Catedrático da UNESCO diz que Brasil pode ser líder em EaD

Titular da cátedra de Educação a Distância da Organização das Nações Unidas para Educação, CIência e Cultura (UNESCO) e editor da Revista Iberoamericana de Educación a Distancia (RIED), o professor Lorenzo García Aretio vê a educação a distância de um lugar privilegiado para estudá-la e entender seus principais vetores, realizando pesquisas sobre o tema na América Latina e na Europa, onde também ministra aulas de Teoria da Educação na espanhola Universidade Nacional de Educação a Distância (UNED), uma das instituições mais respeitadas nesta metodologia em todo o mundo.
 
É desse ambiente de análise que Aretio faz elogios otimistas ao Brasil. O país tem não apenas condições perfeitas para o desenvolvimento da educação a distância, como potencial para se tornar líder mundial na aplicação dessa modalidade de ensino, por suas características populacionais, territoriais e de capacidades docentes, afirma Aretio nesta entrevista exclusiva ao Observatório EAD.
 
O preconceito contra a educação a distância, diz Aretio, ainda é maior nos países em desenvolvimento do que em alguns países eutopeus, por exemplo, porém ele avalia que a tendência, com a globalização, é esta diferença reduzir. Outra tendência apontada por ele é a convergência entre educação a distância e educação presencial, que terá cada vez mais projetos integrados nos próximos anos.
 
Pronto para ministrar um curso no Brasil em outubro, Aretio fala ainda nesta entrevista sobre os MOOCs, o mercado profissional para EaD e a formação docente:
 
    Em seus estudos sobre a América Latina, por conta da Cátedra da UNESCO de Educação a Distância, que cenário se desenha sobre o continente hoje?
 
 
Como em todas as partes do mundo, a EaD na América Latina tem tido um desenvolvimento fulgurante, principalmente desde o surgimento das primeiras instituições universitárias e programas, lá pelos anos 70 do século passado. O início foi muito duro devido à incredulidade da sociedade e das administrações públicas com relação a uma modalidade que reafirmava a possibilidade de alcançar ganhos educativos sem a necessidade da presença física dos professores e dos estudantes. Os desenvolvimentos da EaD naqueles anos em outros países, USA, Canadá, Europa, Rusia, China, Australia, etc.,impulsionaram as insipientes experiências neste continente. É certo que o desenvolvimento tecnológico não foi de todo paralelo ao do países mais desenvolvidos, mas pouco a pouco, foi-se constatando que era possível oferecer outras formas de ensinar e aprender que benficiariam a grande demanda por educação, principalmente no nível superior.
É notável e importante a convicção de muitos docentes e pesquisadores latinoamericanos que seguem lutando contra as resistências e travas administrativas que os poderes públicos impõem.
 
 
    Como o sr. vê o cenário da EaD no Brasil?
 
Em minhas primeiras viagens ao Brasil, nos anos 80 do século passado para dar alguns seminários, cursos ou oficinas de sensibilização sobre esse fenômeno da EaD, eu reiterava duas impressões fundamentais. Primeiro, que me dava a impressão de que a EaD havia surgido justamente para resolver problemas educativos em países com as dimensões geográficas do Brasil, com tantas populações dispersas, com tantos grupos com dificuldades de acesso à educação superior, com distâncias enormes entre as grandes cidades etc.Segundo, que essa característica geográfica e as potencialidades desse país poderiam fazê-lo líder nesse tipo de proposta. E continuo com essas convicções.
more...
No comment yet.