Como a mente Funciona (How The Minds Works)
34 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

UruBooM: Obras de ilusão para confundir seu cérebro

UruBooM: Obras de ilusão para confundir seu cérebro | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
Uma exposição artística em Dublin, na Irlanda, está dando o que falar. A mostra, batizada somente de "Illusion", traz inúmeros tipos de artefatos capazes de enganar nosso cérebro e criar ilusões verdadeiramente ...
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

Sarah-Jayne Blakemore: O misterioso funcionamento do cérebro adolescente (vídeo 14'26)

Sarah-Jayne Blakemore: O misterioso funcionamento do cérebro adolescente (vídeo 14'26) | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
Por que os adolescente parecem tão mais impulsivos, tão menos autoconscientes do que os adultos? A neurocientista cognitiva Sarah-Jayne Blakemore compara o córtex pré-frontal de adolescentes e adultos, para nos mostrar como o comportamento adolescente" típico" é causado pelo crescimento e desenvolvimento do cérebro.
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

Testar sempre melhora aprendizado on-line

Testar sempre melhora aprendizado on-line | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
Pesquisa de Harvard diz que exigir que alunos mostrem o que aprenderam aumenta a retenção de conteúdo e combate distração O número de produtos educacionais disponíveis no mercado, nas institições de ensino e na web disparou nos últimos anos. Mas será que os alunos conseguem vencer as tentações do universo on-line, como redes sociais, games e sites, quando estão diante de seus computadores? No estudo “Interpolated memory tests reduce mind wandering and improve learning of online lectures” (Testes de memória intercalados reduzem divagação da mente e melhoram a aprendizagem de aulas on-line, em livre tradução), publicado neste mês na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, pesquisadores de Harvard mostram que sim, quase metade dos alunos perde a concentração, mas sugerem uma forma de otimizar o aprendizado em ambientes on-line: testar os alunos com frequência. De acordo com o estudo feito por Daniel Schacter, professor de psicologia de Harvard, e Karl Szpunar, que estuda concentração e aprendizado em seu PhD, ao intercalar videoaulas com testes curtos, os momentos de divagação mental dos alunos diminui pela metade, o hábito de tomar notas triplica e a retenção geral do conteúdo aumenta. “A questão que queríamos responder, basicamente, é como otimizamos o tempo dos alunos quando eles estão em casa, tentando aprender com videoaulas. Como é que podemos ajudá-los a extrair a informação de que precisam com mais eficiência?”, diz Szpunar.
more...
No comment yet.
Rescooped by Anderson Guarnier da Silva from Inovação Educacional
Scoop.it!

Exercício cerebral constante pode levar à excelência no que se faz (vídeo 8'28)

Exercício cerebral constante pode levar à excelência no que se faz (vídeo 8'28) | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it

Praticar modifica o cérebro. Motivação, foco, atenção e anos de prática lapidam talentos.

Este é o segundo episódio da série especial "Cérebro, máquina de aprender". Durante toda a semana, o Jornal da Globo mostrará que a aplicação da neurociência, a ciência que estuda o cérebro, é capaz de resultados excepcionais na vida das pessoas.

Ana Botafogo e Thiago Soares, dois ícones do balé clássico. Joe Satriani, John Petrucci e Steve Morse, três gênios da guitarra. Além de serem excepcionais no que fazem, o que mais eles têm em comum?

Muita coisa: motivação, foco, atenção e anos e mais anos de prática. Os três guitarristas começaram a tocar ainda muito jovens, por volta de 11, 12 anos de idade, e estudam até hoje. “É um instrumento que você pode estudar a vida inteira, e ainda assim vai encontrar desafios”, afirma Steve Morse, guitarrista do Deep Purple.

A mais famosa primeira bailarina brasileira dança desde criança. “São muitas horas de exercício, são exercícios a vida toda”, afirma Ana. O primeiro bailarino do Royal Ballet de Londres começou um pouco mais tarde, já adolescente, mas treina muito, todos os dias da semana. “Umas seis horas e meia a oito horas por dia, fora os espetáculos”, diz Thiago.

Tanta dedicação assim explica, em parte, o sucesso deles. “A princípio, qualquer pessoa pode se tornar excelente, extraordinária no que ela faz, desde que ela tenha um interesse extraordinário pelo que ela faz, e a oportunidade de praticar a um nível extraordinário também com aquilo. É suor mesmo”, diz Suzana Herculano-Houzel, neurocientista da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Praticar modifica o  cérebro. Para percorrer uma mata, você tem que construir uma série de trilhas. Depois de algum tempo, você percebe que só vai explorar algumas trilhas e elas se tornam mais largas, viram quase estradas.

As que você não percorre vão desaparecendo e, depois de um tempo, a sua mata está assim. É exatamente o que acontece no nosso cérebro. Quanto mais praticamos, mais fortalecemos o caminho que o nosso cérebro faz para executar uma determinada tarefa. Assim ficará mais fácil achar essa trilha da próxima vez.

Há períodos na vida em que ocorrem mudanças no cérebro com mais intensidade. São as chamadas janelas de oportunidade. A maior delas acontece quando deixamos de engatinhar e começamos a andar.

“A criança, até os dez meses de idade, é quadrúpede. Vai engatinhando, e tem um cérebro que funciona que nem o do cachorro ou de qualquer animal quadrúpede. Olhar como um quadrúpede olharia. Quando a criança começa a ficar em pé, descobre um mundo novo”, afirma o neurocientista Ivan Izquierdo, da PUC/RS.


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

Empresário russo quer transferir cérebro para robô e ser imortal - Globo.com

Empresário russo quer transferir cérebro para robô e ser imortal - Globo.com | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
Empresário russo quer transferir cérebro para robô e ser imortal
Globo.com
Até 2020, segundo o cronograma do projeto, o objetivo é fazer com que uma pessoa conecte seu cérebro a uma máquina e possa controlar o robô remotamente.
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

New Techniques from Google and Ray Kurzweil Are Taking Artificial Intelligence to Another Level | MIT Technology Review

New Techniques from Google and Ray Kurzweil Are Taking Artificial Intelligence to Another Level | MIT Technology Review | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
With massive amounts of computational power, machines can now recognize objects and translate speech in real time. Artificial intelligence is finally getting smart.
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

Sono aumenta número de células no cérebro, diz estudo | Esclerose ...

Sono aumenta número de células no cérebro, diz estudo | Esclerose ... | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
Dormir libera mielina, substância que protege o circuito do cérebro, dizem cientistas Cientistas americanos acreditam ter descoberto mais um motivo para incentivar as pessoas a tentar ter uma boa noite de sono: dormir ...
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

Daphne Bavelier: Seu cérebro sob videogames (vídeo 17'58)

Daphne Bavelier: Seu cérebro sob videogames (vídeo 17'58) | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
Como os videogames de ação afetam o cérebro? Entre no laboratório com a cientista cognitiva Daphne Bavelier para ouvir notícias surpreendentes sobre como videogames, mesmo os acelerados jogos de tiro, podem nos ajudar no aprendizado, foco e, de maneira fascinante, multitarefas. (Gravado no TEDxCHUV.)
more...
No comment yet.
Rescooped by Anderson Guarnier da Silva from Inovação Educacional
Scoop.it!

Games que ajudam a treinar o cérebro

Games que ajudam a treinar o cérebro | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it

Lumosity cria jogos que permitem ao usuário, de forma personalizada, treinar memória, atenção e resolução de problemas

Você caminha, frequenta academia, pratica esportes? E com que frequência você exercita o seu cérebro? Aparentemente cada vez mais pessoas tem aderido a exercícios para esse órgão do corpo que, segundo especialistas em cognição da Lumosity – uma empresa on-line de treinamento cerebral e pesquisa neurocientífica  –, precisa ser frequentemente desafiado para melhorar seu desempenho. Os games desenvolvidos pela organização chegaram a mais de 35 milhões de usuários no ano passado e vêm aumentando seus adeptos a passos largos, 100 mil novas visitas por dia. Ligado a grandes centros de pesquisa de todo o mundo, a Lumosity mantem cerca de 1.500 pesquisadores internacionais ajudando a desenvolver estudos sobre como melhorar a cognição humana. Entre esses estudos está inclusive um trabalho com 325 escolas de todo mundo para avaliar se exercitando o cérebro dos jovens 15 minutos, duas vezes por semana, eles melhoram seus rendimentos acadêmicos.

Desenvolvido por neurocientistas e lançado em 2007, o site oferece 40 jogos simples que atuam em cinco grandes habilidades como a memorização, atenção, velocidade, flexibilidade e resolução de problemas. Na plataforma, o usuário pode personalizar como deseja treinar o seu cérebro em cada uma dessas áreas. Para trabalhar a memória, por exemplo, é possível escolher entre aprender novos conteúdos com rapidez e precisão, lembrar nomes após uma breve introdução ou até mesmo memorizar a localização de objetos.


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Rescooped by Anderson Guarnier da Silva from Inovação Educacional
Scoop.it!

Read Montague: O que estamos aprendendo de 5.000 cérebros (vídeo 13'23)

Read Montague: O que estamos aprendendo de 5.000 cérebros (vídeo 13'23) | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it

Camundongos, insetos e hamsters não são mais o único meio de estudar o cérebro. Imagem de Ressonância Magnética Functional iRMF (fMRI em inglês) permite que os cientistas mapeiem a atividade cerebral em seres humanos vivos, que respiram e tomam decisões. Read Montague nos dá um panorama de como essa tenologia está ajudando a entender os complicados modos pelos quais interagimos uns com os outros.


Via Luciano Sathler
more...
No comment yet.
Scooped by Anderson Guarnier da Silva
Scoop.it!

Brain Implants Could Help Alzheimer’s and Others with Severe Memory Damage | MIT Technology Review

Brain Implants Could Help Alzheimer’s and Others with Severe Memory Damage | MIT Technology Review | Como a mente Funciona (How The Minds Works) | Scoop.it
A maverick neuroscientist believes he has deciphered the code by which the brain forms long-term memories.
more...
No comment yet.