Communities of Pr...
Follow
Find
543 views | +0 today
Communities of Practice (CoP)
It has considered network and the building of the community as the seed of a community of practice (CoP), as proposed by Wenger. It is possible to see a close relationship between Wenger’s theory and Freire’s educational approach, which show that social transformations are constructed on the basis of participants’ will and in the presence of leadership in a historic moment.
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Anais SIMPEMUS5

Para definir Comunidade de Prática Musical, há elementos que caracterizam as Comunidades de Prática, a partir de dois trabalhos:

 

“O conceito de Comunidade de Prática (CoP) foi “cunhado” pelo teórico organizacional Etienne Wenger como comunidades que reuniam pessoas unidas informalmente – com responsabilidades no processo – por interesses comuns no aprendizado e principalmente na aplicação prática do aprendido” (MENGALLI, 2005, p. 01)

 

Brevíssima Conclusão


“Comunidades de Prática são ‘locais’ de participação em que os membros compartilham um entendimento relativo ao que fazem ou conhecem, trazendo uma significação e/ou resignificação para as vidas particulares e para outras comunidades” (WENGER & LAVE apud MENGALLI, 2005, p. 05). 


Esta afirmação liga o conceito de comunidades de prática ao de cultura, pois se elas trazem significação ou re-significação para as pessoas, chegamos à definição de cultura apresentada: significados dados ao mundo criado por nós mesmos.

 

==================

 

Referência:

 

MENGALLI, N. M.. Conceitualização de Comunidade de Prática. In: IV Encontro de Pesquisadores, 2005, São Paulo. IV Encontro de Pesquisadores, 2005.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Atendiendo el Conocimiento Profesional de los Profesores de Estadística mediante E-learning

Atendiendo el Conocimiento Profesional de los Profesores de Estadística mediante E-learning | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Siendo conscientes de lo incipiente de estas comunidades de prácticas colaborativas faciliten la toma de decisiones compartidas, a los profesores, también lo somos de que aun resta mucho trabajo para identificar la dificultad intrínseca que tiene la paulatina incorporación de las tecnologías, en su desarrollo profesional, entendidas como un desafió a sus prácticas pedagógicas (Mengalli y Pereira, 2007). 

 

=============================

 

Referência:

 

Mengalli, N. M. &Pereira Piorino, G. I. (2007). Comunidades de Prática (CoP): Um Novo Profissional Emergente na Área de Educação. Ponencias Virtual Educa 2007. São Paulo, Brasil

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Modelo de Gestão para Promover a Criação e o Compartilhamento de Conhecimento em Comunidade Virtual de Prática

a reificação – diz respeito ao tratamento de uma abstração, como se ela existisse, como um objeto material concreto. De acordo com Silva (2004, p.82), a “reificação refere-se ao processo de dar forma a nossa experiência para produzir objetos que congelam (materializam) esta experiência numa coisa (objeto, ser)”. Um modo de reificação é o registro digital, local onde as produções de informações e os armazenamentos de experiências, podem retratar os conhecimentos dos participantes (MENGALLI, 2006).

 

[...] Assim, afirma Mengalli (2006), a interação, a participação e a reificação são elementos fundamentais para que a experiência humana tenha sentido.

 

 

========================

 

 

MENGALLI, N. M. Interação, Redes e Comunidade de Prática (CoP): Subsídios para a Gestão do Conhecimento na Educação. 2006, 193f. (Dissertação de Mestrado em Educação) – Pontífica Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

APCONCURSOS: Recursos TCU 2008 - Questão 200

APCONCURSOS: Recursos TCU 2008 - Questão 200 | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Segundo Neli Maria Mengalli, comunidades de prática “Podem ser “fórum” para apoio a decisões que necessitam de uma discussão mais elaborada...”.


 

MENGALLI, Neli Maria, Estudo feito para Mestrado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC – SP em setembro de 2004 http://www.projeto.org.br/emapbook/map_neli.htm#_ftn1.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Panorama Histórico da Educação a Distância

Doutora Maria da Graça Moreira da Silva, Coordenadora do curso EAD na Prática, Cogeae PUCSP.

Mestranda Neli Maria Mengalli, professora do curso EAD na Prática, Cogeae PUCSP. Doutoranda Nuria Pons Vilardell-Camas, professora do curso EAD na Prática, Cogeae PUCSP.
more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Tecnologias e formação de educadores/pesquisadores: do uso do computador na escola aos desafios da Web 2.0

Mengalli (2006) estudou em escolas públicas a gestão baseada no conhecimento praticada por meio de recursos tecnológicos potencializadores de formação de redes, tendo observado que esta gestão ocorre de modo intuitivo e sem sistematização, porém, identificou potencialidades de formação de redes e criação de comunidades na escola, principalmente comunidades de prática. 
As investigações de Cerqueira (2005), Araujo (2006) e Mengalli (2006) proporcionaram avanços na compreensão das contribuições advindas da integração e interação entre pessoas, tecnologias e conhecimentos com o uso de ambientes virtuais de aprendizado que propiciam avanços com a exploração da conectividade agregada ao uso de recursos da internet aglutinados em uma plataforma computacional de acesso restrito a um grupo de participantes.

 

Referência:

 

Mengalli, N. M. (2006). Interação, redes e comunidades de prática (COP): subsídios para a gestão do conhecimento na educação. Dissertação de Mestrado em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.
more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Comunidades de Prática para Gestão Tecnológica: Uma Proposta para a FIOCRUZ

Uma comunidade de prática pode resultar no aprendizado de um com o outro, um com todos, ou de todos com um, além do princípio sinérgico. Pode resultar na troca de experiências, no desenvolvimento de metodologias complexas, na elaboração de padrões, na construção de técnicas, e conseqüentemente na melhoria da elaboração das práticas. (MENGALLI, 2004).

 

Referência: MENGALLI, N. M. Conceitualização de Comunidade de Prática (CoP). Disponível em: <http://projeto.org.br/emapbook/map_neli.htm>. Acesso em: 05 de nov 2007.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Página de Neli Maria Mengalli - Escola de Redes

Página de Neli Maria Mengalli - Escola de Redes | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it
Página de Neli Maria Mengalli no Escola de Redes...
more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Web 2.0 na Educação em Blogs, Wikis e Autoria Colaborativa: Análise da Produção Científica no Brasil

Referência:

 

MENGALLI, N. M. FlashMeeting: Possibilidade para um Currículo. In: Anais do I WebCurrículo. PUC-SP. 2008.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

O Termo Comunidade de Prática (CoP) - A construção

O Termo Comunidade de Prática (CoP) - A construção | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

A intencionalidade presente na comunidade de modo implícito faz parte dos estudos de currículo, pois, posterior a essa concepção tácita, existe a aprendizagem que ocorre como resultado das interações dos membros por meio de um domínio próprio, visto que os profissionais da educação têm identidade definida por compartilhamento de interesses. Os termos tratados na comunidade são conhecidos pelos membros e esses assuntos resultam em possibilidade de resolução de problemas nos contextos de trabalho.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

A parceria entre o Diretor e o Supervisor: Um processo para a obtenção de uma escola de qualidade

A parceria entre o Diretor e o Supervisor: Um processo para a obtenção de uma escola de qualidade | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Referência:

 

Ana Chiummo ; MENGALLI, N.M. ; LOBO DA COSTA, N. M. ou COSTA, N.M.L. . A parceria entre o Diretor e o Supervisor: Um processo para a obtenção de uma escola de qualidade.. In: 6o CONGRESO INTERNACIONAL DE EDUCACIÓN SUPERIOR UNIVERSIDAD 2008, 2008, Havana. Universidad 2008 "La universalización de la universidad por un mundo mejor", 2008.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Articulação com a comunidade e setor produtivo

Referência:

MENGALLI, N. M. Relação de Interação, Cultura de Redes e Comunidades de Prática (CoP): Subsídios para a Gestão do Conhecimento na Educação. 2004. Dissertação de Mestrado, Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Análise sobre a produção acadêmica brasileira em comunidades de prática

Ranking das obras mais citadas na área de Ciência da informação

1º  Lave e Wenger (1991)
2º Wenger, MacDermott e Snyder (2002)
3º Wenger (1998)
4º Mengalli (2008)
5º Cruz e Motta (2006)
6º Silvio (2008)
7º Sanz (2005)

 

=============================

 

Ranking das obras mais citadas na área de Educação


1º Wenger (1998)
2º Lave e Wenger (1991)
3º Wenger, MacDermott e Snyder (2002)
4º Baras e Duffy (2000)
5º Mengalli (2006)

 

Referências:

 

MENGALLI, M. N. Conceitualização de comunidades de prática (CoP). Disponível em: <http://www.projeto.org.br/emapbook/map_neli.htm>. Acessado em: 19fev2008.


MENGALLI, N. M. Interação, redes e comunidades de Prática: subsídios para a gestão do conhecimento na educação. Dissertação (Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo). São Paulo: PUC-SP, 2006.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Educação Continuada do Professor de Matemática do Ensino Médio no Espaço Coletivo Escolar

Nela encontramos os trabalhos de Bozzini (2005), Oliveira (2006), Souza (2007) e Mengalli (2006), que discutiremos a seguir.   Finalizando essa revisão, analisamos a dissertação de mestrado em Educação: Currículo de Mengalli (2006). Em sua pesquisa, ela investigou os desvelamentos derivados do currículo do curso formação de gestores escolares para o uso das tecnologias de informação e comunicação do Projeto Gestão Escolar e Tecnologias, o qual foi destinado a gestores da rede estadual de São Paulo. Tal estudo trouxe contribuições à nossa investigação por demonstrar que no curso foram levantados indícios da gestão baseada no conhecimento nas escolas, porém de modo intuitivo e sem sistematização. O resultado da pesquisa indica que este contexto de trabalho escolar apresenta potencialidade para a formação de redes e a criação de comunidades, em especial a Comunidade de Prática.

 

As comunidades de prática contribuem na atuação profissional dos indivíduos, por eles sentirem-se parte de um grupo que compreendem suas indagações e no qual podem apoiar-se na resolução de situações problemas. Assim, o conhecimento da comunidade como um todo se torna amplo e consequentemente gera benefícios para as organizações, como enfatiza Mengalli (2006):


As Comunidades de Prática (CoP) se tornaram importantes no desenvolvimento organizacional, principalmente para as instituições que reconhecem o conhecimento como um diferencial para o trabalho. O conhecimento é construído, compartilhado, organizado, revisto e disseminado na instituição, o que contribui para que o conhecimento seja introjetado na prática cotidiana (p. 77).


Neste contexto, a constituição e o desenvolvimento de Comunidades de Prática, representam um importante meio de progresso para as organizações.

 

No que se refere ao domínio segundo Mengalli (2006) “A tarefa principal de uma Comunidade de Prática (CoP) é a definição do domínio da comunidade, pois os membros devem sentir-se em conexão com a área da profissionalização (WENGER, SNYDER, 2000) ou do interesse para que assumam as atividades na comunidade” (p. 81). Assim, o domínio representa um ponto fundamental, o qual contribui na
construção de vínculos entre o participante e a CoP.

 

A partir das considerações acima, identificamos, em concordância com o que apontou o estudo de Mengalli (2006), que existem indícios de Comunidades de Prática nas escolas públicas da rede estadual de São Paulo. No entanto, consideramos que para que as CoPs se constituam de forma efetiva nas escolas, é necessário o desenvolvimento de ações que tenham essa intencionalidade. Nesta perspectiva, consideramos que o Professor Coordenador é o profissional que pode desempenhar mais adequadamente esse papel, sobretudo se analisarmos que é ele a conduzir e elaborar desde as pautas das HTPCs até seu desenvolvimento e avaliação dos desdobramentos das mesmas na escola. Para empreender seu trabalho junto à comunidade escolar é preciso que ele construia um tipo de liderança capaz de consolidar culturas colaborativas no ambiente escolar, especialmente por meio da articulação de situações formativas que tenham significados aos professores.

 

====================

 

Referência:

 

MENGALLI, N. M. Interação redes e comunidades de prática (CoP): subsídios para a gestão do conhecimento na educação. 2006. 193f. Dissertação (Mestrado em Educação: Currículo) Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2006.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Educação a Distância nas Teses e Dissertações dos Cursos de Pós-Graduação em Educação Brasileiros no Período 1998-2007

Educação a Distância nas Teses e Dissertações dos Cursos de Pós-Graduação em Educação Brasileiros no Período 1998-2007 | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Referência:

 

2006. PUCSP. MENGALLI, N. M. Interação Redes, Comunidade de Prática (COP): Subsídios para Gestão de Conhecimentos na Educação.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Modelo de Relação Universidade - Empresa Baseada em Comunidades de Prática: Projeto Espaço Interativo

Mengalli (2003), afirma que tendo em vista que o conhecimento e a aprendizagem têm um caráter social e são construídas por indivíduos, as comunidades de prática podem ter identidade própria e, se bem desenvolvida, podem criar uma linguagem própria permitindo aos membros uma melhor comunicação e afirmação na identificação.

 

 

Possibilitar às organizações o surgimento de grupos ligados informalmente pelo conhecimento permite o aprendizado coletivo favorecendo a gestão do conhecimento empresarial. No capítulo III, os autores Etienne Wenger (1991), McDermott (2000), Kim (2001), Wenger e Snyder (2001), Silva (2004), Mengalli (2003), Duarte (2005), entre outros, postulam sobre a importância do surgimento das comunidades de prática que ganha destaque nesta pesquisa.

 

==============

 

MENGALLI, N. M. et al . Gestão do Conhecimento. 2003. (Verbete)

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Comunidades Virtuais no Ciberespaço

Referência:

 

MENGALLI, Neli Maria. Conceituação de Comunidade de Prática (CoP), Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Setembro de 2004.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Fronteiras

Programa de Pós-Graduação

 

Mestrado e Doutorado em Educação

 

Doutoranda: Maysa de Oliveira Brum Bueno

 

========================

 

Referência:

 

Mengalli, Neli Maria. Conceitualização de Comunidade de Prática (CoP).

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Diagnósticos de Modelos da Maturidade em Educação Corporativa Como Ferramenta de Gestão do Conhecimento - Um Estudo de Caso

 

Página 57 - Figura 6 - Uma re-leitura no Cmap do esquema feito por Wenger (1998), que demonstra cada estágiodo ciclo da CoPFonte: (MENGALLI, 2010).

 

[...] conforme Mengalli (2006) a inabilidade ou dificuldade no uso dessa tecnologia pode inibir a participação e a própria a aprendizagem em si, sendo necessário, portanto, no caso de empresas ou instituições, em geral, um esforço no sentido promover a apropriação dessa tecnologia por parte dos participantes, visando melhor aproveitamento de seu processo de trocas de conteúdo e de aprendizagem.

 

Referências:

 

MENGALLI, N. M. Conceitualização de comunidade de prática (CoP). 2004. Projeto, 24 de setembro de 2010. Disponível em: <http://www.projeto.org.br/emapbook/map_neli.htm>. Acesso em: 12 jul. 2007. ______.


Interação, redes e comunidades de prática (CoP). Subsídios para a gestão do conhecimento na educação. 2006. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2006.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Estudo sobre Gestão do Conhecimento e Aprendizagem Organizacional: Comunidades de Prática numa Empresa do Setor de Distribuição de Energia Elétrica

Para Mengalli (2008), o objetivo de participar desse novo local é a necessidade espontânea de aprender com outros membros num ambiente que promova o aprendizado, que tem como base a troca de informações – de maneira síncrona ou não. Os encontros podem ser regulares ou esporádicos, em locais fixos com agendamento prévio ou não, e virtuais ou reais, porém podem reunir pessoas que jamais se encontrariam de outra forma para aprenderem juntas.

 

Referência:

 

MENGALLI, N. M. Conceitualização de Comunidade de Prática (CoP). Disponível em: <http://proalexandre.googlepages.com/ConceitualizaodeComunidadedePrtica.doc>. Acesso em 2 de julho de 2008.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Relato de uma Experiência em Webconferência

Relato de uma Experiência em Webconferência | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Referência:

 

MENGALLI, N. M. e RIBEIRO, R. A. Blog Currículo e Tecnologia. Acesso em 01/08/2008. http://educacaopuc.blogspot.com.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Canja de Viola: Uma Comunidade de Prática Musical em Curitiba

Canja de Viola: Uma Comunidade de Prática Musical em Curitiba | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Referência:

 

Mengalli, N. M.. Conceitualização de Comunidade de Prática. In: IV Encontro de Pesquisadores, 2005, São Paulo. IV Encontro de Pesquisadores, 2005.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Pontos de Paragens

Pontos de Paragens | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Não  é  possível  delegar  a  área  de  educação  e  o  currículo somente para profissionais de outras áreas do conhecimento, haja vista as ideologias, a historicidade e a não-neutralidade inerentes as formações. É obrigação do profissional de educação e das universidades que têm programas voltados à educação situar a maciça extensão dos cursos na modalidade a distância, posto que as pessoas que querem aprender a implementar tais cursos procuram mecanismos para o desenvolvimento imediato de competências e habilidades para lidar com o mercado de trabalho, conhecer mais dessa modalidade para desenvolver projetos na instituição que trabalham, exercer a tutoria de cursos à distância, aprender mais sobre o assunto, buscar qualidade na concepção de projetos pedagógicos e capacitação de corpo docente para atuar no novo contexto educacional. Esta é a minha preocupação enquanto pesquisadora, pois não acredito que somente os cursos sejam capazes de formar profissionais.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Avaliação docente em ambientes virtuais de aprendizagem (AVA): propostas de atividades com o uso do Moodle e Teleduc

Avaliação docente em ambientes virtuais de aprendizagem (AVA): propostas de atividades com o uso do Moodle e Teleduc | Communities of Practice (CoP) | Scoop.it

Referência:

 

MENGALLI, N. M. O valor das ferramentas de Fórum. Disponível em: <http://www.intranetportal.com.br/colab1/col13>; Acesso em: 28 de mar. de 2008.

more...
No comment yet.
Scooped by Neli Maria Mengalli
Scoop.it!

Comunidades de Prática (CoP): Um Novo Profissional Emergente na Área de Educação

O presente trabalho deriva de estudos feitos em dois projetos promovidos pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo: Trilhas de Letras e Gestão Escolar e Tecnologias. A escrita acerca do novo profissional para formar os profissionais da educação emerge dos estudos e dos discursos de profissionais que trabalham com a educação.
more...
No comment yet.