O alerta agora divulgado não é exatamente uma novidade, embora seja o estudo mais criterioso feito até o momento sobre os "desvios" que as células-tronco induzem quando são transplantadas em organismos vivos.

Pesquisas anteriores já indicaram que tanto as células-tronco embrionárias quanto as iPSCs apresentam riscos para a saúde.


Via Palpi