Biology - 2014
2 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Juliana Akemi
Scoop.it!

Profª aqui está o programa que mencionei sobre as possíveis explicações para eventos antigos

Juliana Akemi's insight:

Este é o 1º episódio, que fala sobre as pirâmides e a possível relação de sua construção com a vinda de seres extraterrestres no passado.

Link sobre a série "Alienígenas do Passado": http://www.seuhistory.com/programas/alienigenas-do-passado.html

 

Outra série que acho interessante é "A Grande História" (http://www.seuhistory.com/programas/a-grande-historia/home.html - que junta história e ciência para explicar acontecimentos do dia a dia, como o consumo de café) - ambas as séries são do History Channel.

more...
No comment yet.
Scooped by Juliana Akemi
Scoop.it!

Influência das cores

Feng shui

This article has multiple issues. Please help improve it or discuss these issues on the talk page . This article Please add a needs attention from an expert in China or Chinese history. reason or a talk parameter to this template to explain the issue with the article.

http://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Linguagem%20Visual/influencia_das_cores.pdf

Juliana Akemi's insight:

Comparando os dois sites acima (um sobre o feng shui e outro sobre a influência das cores no nosso comportamento), vemos que eles se relacionam, apesar de pertencerem a dois grupos de conhecimento diferentes.

O Feng shui é considerado conhecimento popular/filosófico, porque se baseia em observações, mas é passado adiante, principalmente, pela fé. Ele foi criado pelos chineses em, aproximadamente, 4.000 a.C, com o intuito de estabelecer uma relação entre o universo e o ser humano. Eles utilizavam ferramentas para observar os céus e diziam qual era o momento ideal para construir uma cidade a partir dos movimentos celestes. Além da construção da cidade em si, o Feng shui era utilizado para a criação de construções (estabelecimentos, templos, etc). Hoje em dia ele é mais utilizado para a definição de cores em paredes de casas, móveis, etc.

O link posterior é de um estudo de um aluno da Unicamp que se trata do estudo das cores no comportamento humano. Isto quer dizer que não só a cor das paredes e móveis influência o ser humano, mas sim, toda a forma de cor que nos cerca no dia a dia, como por exemplo as nossas escolhas de cor em nossas roupas, se algum alimento parece ser mais apetitoso do que outro por causa de sua coloração, etc. Foram feitos estudos, testes e teorias sobre estes efeitos, portanto, este artigo pode ser considerado como conhecimento científico.

A relação estabelecida entre os dois artigos é que os dois falam da influência das cores, e, apesar de serem de grupos científicos diferentes, um influencia o outro, já que a base dos estudos recentes sobre a cor veio da crença do Feng shui, que foi estabelecidada a milhares de anos atrás. Portanto podemos dizer que os tipos de conhecimento se influenciam, e não podemos descartar os conhecimentos que não são científicos, porque eles tem alguma base/pequena prova de que aquilo realmente existe.

more...
No comment yet.
Scooped by Juliana Akemi
Scoop.it!

The Nervous System - CrashCourse Biology #26

Hank begins a series of videos on organ systems with a look at the nervous system and all of the things that it is responsible for in the body. Like CrashCou...
more...
No comment yet.
Scooped by Juliana Akemi
Scoop.it!

ABORTO

ABORTO | Biology - 2014 | Scoop.it
Art. 128 - Não se pune o aborto praticado por médico: (Vide ADPF 54)
Juliana Akemi's insight:

Como o mito do judaico-cristão interfere nos aspectos ambientais e na cultura ocidental?

Bom, neste site vemos as leis e decretos sobre o aborto que o Brasil estabeleceu. Isto é um exemplo de como as crenças judaicas e cristãs interferem na cultura ocidental e nos aspectos ambientais, já que nestas duas culturas, o ato do aborto é proibido.

Mas como o Brasil seria influenciado por estas crenças? É só analisarmos o contexto histórico e cultural da época da colonização do nosso país. Os mitos cristãos tinham muita importância para os portugueses (era a religião predominante no país), portanto, quando vieram para o Brasil, os exploradores trataram de trazer padres para catequizar os índios, com o intuito de "uniformizar" as várias partes do mundo para que pensassem e agissem sobre um parâmetro igual a todos. O Brasil manteve (e ainda mantém) costumes indígenas e africanos, já que a identidade de um povo pode ser alterada, mas nunca mudada completamente, porém o cristianismo ainda tem uma enorme influência no desenvolvimento do país, tanto no desenvolvimento de leis, quanto no modo que cada um deveria agir e se relacionar com o outro.

Outro exemplo é a campanha da prevenção do HPV no Brasil. A vacina previne a transmissão via sexual de uma doença que pode causar câncer no colo do útero. Algumas comunidades religiosas não são muito a favor desta prevenção, porque acreditam que a relação sexual não deve ser feita entre adolescentes ou antes do matrimônio, portanto, esta vacina (que é dada à meninas de 11 a 13 anos) seria um ato a favor da relação sexual "precoce" (entre aspas porque o sentido de precoce é relativo à opinião de cada um). A opinião de uma igreja, por exemplo, influencia seus seguidores/praticantes na forma de enxergar/agir/comportar em relação ao mundo.

more...
No comment yet.
Scooped by Juliana Akemi
Scoop.it!

Remédios Caseiros e Tratamentos Naturais

Remédios Caseiros e Tratamentos Naturais | Biology - 2014 | Scoop.it
Curas Naturais, remédios caseiros e medicina alternativa para as mais variadas doenças, remédios para emagrecer, remédios naturais para Sinusite, acabar com a caspa, Remédio para o acne, combater os piolhos, curar infecções Urinárias, Micose da Unha, Remédio Natural para a Gripe
Juliana Akemi's insight:

O assunto tratado neste site se relaciona com o conteúdo discutido em sala (tipos de conhecimento). O conhecimento pode ser dividido em: conhecimento científico, popular, filosófico e religioso. O artigo se relaciona, principalmente, com o conhecimento popular, que se baseia nas experiências vividas por cada um ("porque eu vi", "porque fulano me disse") e é acrítico, ou seja, não tem como objetivo buscar razões ou os motivos dos acontecimentos, somente em suas consequências ("juntei essas duas coisas e aconteceu isso").

A medicina caseira é popular porque ela se baseia em conhecimentos passados culturalmente, e não, necessariamente, cientificamente. Isto quer dizer que muitas soluções criadas pela medicina caseira/popular não condizem com o que a sociedade científica considera como o mais recomendado, ou que o tipo de tratamento utilizado é arcaico e não necessário, pois já existem soluções mais avançadas, como pílulas, por exemplo.

more...
No comment yet.