As crianças e o uso da internet
38 views | +0 today
Follow
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Scooped by Raquel Santos Mendonça
Scoop.it!

"Infância e internet - interacções na rede"

Raquel Santos Mendonça's insight:

O documento "Infância e internet - interacções na rede" revela-se interessante, na medida em que, através de um estudo, tenta-se mostrar quais são as pesquisas que as crianças, realmente, realizam na internet. 

 

Foram efetuadas 30 sessões de observação a 20 crianças, com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos, que pesquisavam em tempos considerados livres. 

 

Após a pesquisa, foram reveladas as atividades escolhidas pelas crianças: em maioria, encontram-se os jogos; em seguida, salienta-se o pesquisar e o desfrutar, entre outras. 

 

Mediante as várias conclusões do estudo, aponto as seguintes:

 

A primeira é "[c]onhecer as crianças e a Tecnologia contribuem para o aprofundar do nosso conhecimento sobre a infância". (p. 66). É uma conclusão com a qual concordo plenamente. Se as crianças de hoje já nascem perante a tecnologia, então, conhecer como a própria criança interage com os meios tecnológicos, é conhecer as suas ações, os seus pensamentos. 

 

Uma outra conclusão é "[a]s crianças procuram muito os jogos na Internet." (p. 66). Conhecer que determinada criança utiliza a Internet para fins meramente lúdicos, não é um situação totalmente agradável. E, por se atingir conclusões deste género, é que são necessários estudos como o que vos apresento. É preciso conhecer os verdadeiros hábitos das crianças na Internet, para podermos orientá-las em sentidos que contribuam positivamente para a educação das mesmas. 

 

Concluindo, este estudo, de uma forma indireta, revela a importancia das TIC na vida da criança. Um disciplina direcionada à apresentação e utilização de técnologias e das várias funções das mesmas, terá como resultado um melhor aproveitamento, por parte das crianças, do computador e da Internet. 

 

É urgente promover-se a ideia de que o computador e a Internet não possuem como função só a busca de jogos. Embora os jogos possam pertencer a um campo educativo, não são as únicas ferramentas existentes no ciberespaço. 

 

Com os melhores cumprimentos,

 

Raquel Santos Mendonça

 

more...
No comment yet.
Scooped by Raquel Santos Mendonça
Scoop.it!

Crianças e Internet, Riscos e Oportunidades.

Raquel Santos Mendonça's insight:

Associei este scoop ao tópico "As crianças e o uso da internet" porque é um documento que, tal como refere, se baseou nos resultados do Projeto europeu EU Kids Online, para nos revelar que mais de 4 em 5 crianças com idades entre os 12 e 17 anos possuem acesso à internet. Este é só um dos exemplos de informação sobre as crianças pertencentes a dezoito países europeus, igualmente mencionados no documento em causa.

 

Para além dos dados de pesquisas que nos são fornecidos é feito um apelo, um alerta à importâcia de outros assuntos serem acompanhados e devidamente estudados. Tome-se como exemplo o facto das crianças acederem à internet não só através da via clássica, o computador, mas também através de telemóveis, de consolas; a urgente necessidade de se aumentar a capacidade nas crianças de serem críticas em relação às suas pesquisas na internet e de as saberem contornar, no caso de encontrarem sites pornográficos, vírus, conversas com estranhos. E ter em atenção as consequências produzidas na crianças, após o contato com acontecimentos maléficos que se dão na internet. 

 

A dado momento da minha leitura, interessei-me ainda mais por uma questão que foi levantada. Passo a citar as palavras: "Pode proteger-se as crianças dos conteúdos inapropriados sem lhes negar o acesso a conteúdos educativos, válidos e atractivos?"

 

E desenrola-se uma outra série de informações que nos mostra que não devemos diminuir a oportunidade educativa pelos riscos existentes. Até porque é referido que, segundo vários estudos, os alunos que têm acesso a computadores e internet nas salas de aula - para além dos existentes nas bibliotecas integradas nas escolas - revelam maiores progressos que os outros alunos não pertencentes a este grupo de experimentadores. 

 

Finalizo com a ideia de que está presente no documento: que haja "mediação parental e escolar" de forma a que as crianças sejam educadas em casa a evitar os males da internet. É óbvio que se salientará as diferenças entre as duas gerações - pais e filhos - e, portanto, este processo de ensino poderá ser dificultado, mas não impossível.

 

Aconselho vivamente a leitura.

 

Os meus cumprimentos,

 

Raquel Mendonça 

more...
Anabela CT Santos's comment, March 13, 2013 7:58 PM
Um primeiro insight bem conseguido. Constitui um exemplo do que se pretende com esta proposta de trabalho. Bom trabalho!