LITERARTE
Follow
Find
157 views | +0 today
LITERARTE
Arte e literatura diluídas, resultando em uma formúla que oscila entre o cool e o cult
Your new post is loading...
Your new post is loading...
Rescooped by Francine Boutelet from Arte de cor
Scoop.it!

Hotel das termas - Carla Romualdo - aviagemdosargonautas

Hotel das termas - Carla Romualdo - aviagemdosargonautas | LITERARTE | Scoop.it
Um dos meus vícios de homem solitário era ler em voz alta, até me cansar, talvez porque o som da minha própria voz fosse um certo conforto nas noites silenciosas. Numa dessas noites, embrenhado na leitura do poema ...

Via Maria Jose Vitorino
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from Arte de cor
Scoop.it!

100 formas de abrir e fechar histórias com graciosidade

Apresentamos aqui 100 formas de abrir e fechar histórias com graciosidade (@_caminhando_ Talvez!

Via Maria Jose Vitorino
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from transversais.org - arte, cultura e política
Scoop.it!

Galerias de arte têm crescimento expressivo no Brasil

Galerias de arte têm crescimento expressivo no Brasil | LITERARTE | Scoop.it

Nos últimos dois anos, o volume de negócios envolvendo galerias de arte cresceu 44%, segundo informa Ana Letícia Fialho para a Revista Select. O dado foi obtido a partir de pesquisa encomendada pela Associação Brasileira de Arte Contemporânea (Abact) com 32 galerias.

Em média, cada galeria representa 24 artistas, o que dá um universo total de pouco menos de 800 pessoas. A média porcentual de novos artistas, que entram no mercado pela primeira vez, é de 23,6%. Esse dado aponta a "capacidade das galerias de lançarem novos nomes, o que envolve certo risco, mas é fundamental para a renovação e expansão do mercado", escreve Fialho.

"Cerca de 48% dos artistas representados pelas galerias brasileiras estão em coleções internacionais e cerca de 18% são representados por galerias estrangeiras."

"Mais de 50% das galerias contempladas na pesquisa estão, em alguma medida, internacionalizadas, e 34% delas têm uma inserção significativa e constante no mercado internacional.

Nesse universo, 81% das galerias afirmaram apoiar financeira e logisticamente a participação de seus artistas em exposições internacionais. Outras 37% mantêm parcerias com galerias no exterior e quase 70% afirmam ter clientes estrangeiros."

A pesquisa também apontou que as galerias mapeadas movimentam cerca de US$ 100 milhões por ano. Desse total, 66% são provenientes de colecionadores privados brasileros.


Para ler a matéria completa e outros dados da pesquisa, clique aqui: http://www.select.art.br/article/reportagens%20e%20artigos/arte-negocio?page=unic


Via redação Transversais
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from transversais.org - arte, cultura e política
Scoop.it!

Feiras de arte provocam debate sobre a experiência do público

Feiras de arte provocam debate sobre a experiência do público | LITERARTE | Scoop.it

Em artigo para o Globo, Luisa Duarte escreve sobre as novas feiras de comercialização de obras que têm ganhado espaço no Brasil nos últimos anos, em especial a ArtRio, ocorrido em setembro na capital fluminense, e a SP-Arte, em São Paulo.

 

Antes papel restrito às galerias e aos próprios artistas (ler mais: http://www.scoop.it/t/transversais/p/2915902154/galerias-de-arte-tem-crescimento-expressivo-no-brasil), a comercialização de obras de arte encontrou um novo modelo com as feiras que reúnem várias galerias e atraem curadores, galeristas, colecionadores e o público em geral, demonstrando um aquecimento expressivo do mercado brasileiro.

 

Pelo menos 70 mil pessoas passaram pela ArtRio. Em São Paulo, a SP-Arte reuniu 110 galerias com público de cerca de 20 mil. Para Luisa Duarte, no entanto, o risco desse tipo de evento é o de tomar o mercado como o "grande paradigma da experiência da arte".

 

"Instituições e museus seguem, na sua maioria, esvaziados de atenção e público, bem como o espaço para a crítica e o debate permanece rarefeito, destituído de valor. Uma feira de arte não é, definitivamente, o lugar para uma experiência primeira com a arte. Tudo ali realmente incorre para o fragmentado, para a velocidade que distorce a visão, para a quantidade que nos deixa sem memória do que vimos. Trata-se de um lugar para especialistas, que pode vir a ser um bom passeio para um público leigo mas interessado, entretanto não pode e não deve se tornar a baliza para o contato com a arte e o paradigma solitário que dita todos os valores."

 

Sobre o assunto, leia também: 

 

• Orgia, texto de Fernanda Torres sobre a ArtRio: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/fernandatorres/1160473-orgia.shtml

• A efervescência das artes visuais no Brasil: http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/bienal-de-sp-e-art-rio-a-efervescencia-nas-artes-visuais-no-brasil

 


Via redação Transversais
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from “Románica y Gótica”
Scoop.it!

Historia de la Arquitectura: Románica

Historia de la Arquitectura: Románica | LITERARTE | Scoop.it

"Se llama estilo románico en arquitectura al resultado de la combinación razonada y armónica de elementos constructivos y ornamentales de procedencia latina, oriental (bizantinos, sirios, persas y árabes) y septentrional (celtas, germánicos, normandos) que se formó en la Europa cristiana durante los primeros siglos de la baja Edad Media."

 


Via SayramSantiago
more...
No comment yet.
Scooped by Francine Boutelet
Scoop.it!

Novo livro de Mo Yan, vencedor do Nobel, é sucesso de vendas na China

Novo livro de Mo Yan, vencedor do Nobel, é sucesso de vendas na China | LITERARTE | Scoop.it
Dividida em três partes, publicação teve lançamento antecipado por editora.
Furor por parte dos chineses tem sido chamado de 'Mo mania'.
more...
No comment yet.
Scooped by Francine Boutelet
Scoop.it!

Literarte Letras: Livros e Autores

Literarte Letras: Livros e Autores | LITERARTE | Scoop.it
Literarte Letras: Livros e Autores http://t.co/oz5Vpj2d...
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from Arte de cor
Scoop.it!

Cultura - «A Música Portuguesa a Gostar dela Própria»

Cultura - «A Música Portuguesa a Gostar dela Própria» | LITERARTE | Scoop.it
Sinfonia Imaterial - «Património imaterial português tem sido muito maltratado» · O filme «Sinfonia Imaterial», uma obra da autoria de Tiago Pereira, retrata... ver mais · «Sinfonia Imaterial» - Filme que retrata o património oral ...

Via Maria Jose Vitorino
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from “Románica y Gótica”
Scoop.it!

Um olhar sobre o mundo das Artes em Portugal

Um olhar sobre o mundo das Artes em Portugal | LITERARTE | Scoop.it

Arquitectura, Escultura e Pintura: A arte gótica em Portugal desenvolveu-se após o final da Conquista e a sedimentação do povoamento, durante o séc. XIII e prolongou-se até ao principio do séc. XVI (Gótico tardio). Manteve-se profundamente ligado ás ordens monásticas (nomeadamente a ordem de Cister), implantando-se sobretudo nas zonas rurais. Assim, o gótico nacional revelou-se simples e austero.


Via Grisel Pérez Ruiz, SayramSantiago
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from Arte de cor
Scoop.it!

Programa do 5º Festival Estadual de Contadores de Histórias

Programa do 5º Festival Estadual de Contadores de Histórias | LITERARTE | Scoop.it
Ministrante: Carlos Godoy é Contador de histórias - Ator e Arte-educador . É Diretor da Cia Mapinguary . Esse ano participou do 1 Encontro de Contadores de Histórias em Cuiabá e do programa Quintal da Cultura na TV Cultura.

Via Maria Jose Vitorino
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from transversais.org - arte, cultura e política
Scoop.it!

Intelectualidade e indústria cultural no Brasil: uma história de tensões

Intelectualidade e indústria cultural no Brasil: uma história de tensões | LITERARTE | Scoop.it

Em entrevista para a Revista Fapesp, o sociólogo Sergio Miceli, da USP, fala sobre as relações entre 'alta' e 'baixa' cultural na formação da indústria cultural brasileira. “A nossa cultura é resultado dessa complexa interação entre elementos ‘intelectuais’, ‘elevados’, e as mídias da indústria cultural. É uma relação tensa: às vezes mais harmoniosa; em outras, em litígio aberto. Essa relação entre ‘alta’ e ‘baixa’ cultura é típica do Brasil."

 

“Historicamente, nossa cultura resultou do elo indissociável entre projetos intelectuais e artísticos e as condições estruturais que propiciaram a viabilização desses projetos”, diz Miceli.

 

O sociólogo é responsável por um grupo de pesquisadores no projeto Formação do campo intelectual e da indústria cultural no Brasil contemporâneo. Entre os estudos abarcados está o trabalho de Lilia Schwarcz sobre Lima Barreto e os jornais na passagem do século 19 para o 20.

 

Aparecem também Maria Arminda do Nascimento (USP) e a literatura regionalista dos anos 30 e 40; a relação entre artistas e o Partido Comunista, em pesquisa de Marcelo Ridenti (Unicamp); Heloisa Pontes (Unicamp) trabalha com as ciências sociais e o teatro paulista entre os anos 40 e 70; Fernando Pinheiro Filho (USP) analisa o fenômeno Paulo Coelho; e Alexandre Bergamo (Unesp) pesquisa a relação dos jornais com a cultura a partir dos anos 80, com a mudança no perfil dos jornalistas, que assumem caráter menos intelectual e mais técnico.

 

Para ler o artigo completo, clique aqui: http://revistapesquisa.fapesp.br/2012/10/11/uma-arte-feita-de-tens%C3%B5es/

 

Para conhecer todas as pesquisas vinculadas ao projeto, clique aqui: http://www.bv.fapesp.br/pt/projetos-tematicos/2201/formacao-campo-intelectual-industria-cultural/


Via redação Transversais
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from A REVOLUÇÃO DE DAVID A DELACROIX
Scoop.it!

Leipzig: como o investimento em cultura pode mudar uma cidade

Leipzig: como o investimento em cultura pode mudar uma cidade | LITERARTE | Scoop.it

Após a reunificação da Alemanha, investidores da parte ocidental compraram uma antiga fábrica de Leipzig e a transformaram em um espaço para mais de 100 artistas contemporâneos. Muitos deles foram aclamados internacionalmente, no que ficou conhecido como o movimento da Nova Leipzig. O assunto é destaque no site Criaticidades. (Veja mais aqui: http://www.criaticidades.com.br/noticias/entenda-como-o-investimento-em-cultura-pode-mudar-uma-cidade/)

 

Em seguida, diversas galerias foram se instalar na cidade. Também foi criado um programa internacional de atração de novos talentos e ainda um investimento em educação que envolve palestras e workshops em escolas locais e também nas universidades. O financiamento de todo esse novo cenário foi realizado em parte pelo governo municipal, por fundos nacionais e também fundos europeus.

 

Leipzig é a maior cidade da região da Saxônia, com cerca de 500 mil habitantes. Em artigo para o site This Big City, a artista alemã Silvie Jacobi diz que os investimentos de longo prazo destinados à qualidade da educação artística e na alocação de espaço físico para os artistas foram fundamentais nessa estratégia.

 

Em pouco tempo, diz Jacobi, Leipzig atraiu colecionadores internacionais que participavam regularmente de feiras como a Art Basel e Frieze. Com a atenção do mercado de arte veio também uma cobertura internacional e um aumento de inserções de Leipzig nos circuitos turísticos europeus. (leia mais aqui, em inglês: http://thisbigcity.net/how-investment-in-cultural-infrastructure-put-leipzig-on-the-international-art-world-map/)

 

É interessante comparar a experiência de Leipzig, que fica a uma hora de Berlim, com a de Brumadinho, em Minas Gerais, no Brazil, onde está instalado o Instituto Inhotim. Em pesquisa recente, descobriu-se que Belo Horizonte, a uma hora de distância de Brumadinho, acaba absorvendo a maior parte do fluxo econômico e turístico dos que visitam Inhotim. Veja mais sobre esse assunto aqui: http://www.scoop.it/t/transversais/p/2735239957/inhotim-arte-contemporanea-e-impacto-regional


Via redação Transversais, Francine Boutelet
more...
No comment yet.
Rescooped by Francine Boutelet from transversais.org - arte, cultura e política
Scoop.it!

Site propõe passeio virtual por coleções artísticas

Site propõe passeio virtual por coleções artísticas | LITERARTE | Scoop.it

O Art.sy foi fundado por Carter Cleveland enquanto estudava na Universidade de Princeton e logo recebeu investimento de executivos do Google e do Twitter. Conseguiu atrair até mesmo John Elderfield, ex-curador de pintura e escultura do MoMA. O site é como um guia de arte que pretende mapear a relação entre as obras para apontar caminhos ao público.

 

Funciona como serviços de rádio online, como o Pandora, que classificam as músicas a partir de padrões de gosto e comportamento dos ouvintes. No Art.sy, também há interferência humana. Uma equipe de historiadores de arte decide os primeiros caminhos de indexação das obras que fazem parte do acervo. O usuário pode navegar a partir de palavras-chave, procurar por artistas ou movimentos e o site vai sugerindo obras relacionadas a partir de uma base de dados alimentada pela navegação das pessoas. 

 

A repórter Marina Vaz, do Estado, diz que a lista de artistas  brasileiros catalogados pelo Art.sy não é representativa, mas traz um bom número de jovens artistas com "espaço na arte contemporânea nacional, embora sejam pouco conhecidos pelo grande público. Talentos como Felipe Cohen, Stephan Doitschinoff e Camila Sposati". (http://blogs.estadao.com.br/link/arte-brasileira-e-representada-pelos-artistas-mais-jovens/)

 

O Art.sy soma-se a outros projetos de arte online, como o Google Art Project, que vem digitalizando acervos de grandes museus do mundo, e o brasileiro Arte Fora do Museu, que criou e mantém um catálogo virtual de obras de arte expostas em espaços abertos ou públicos da cidade de São Paulo.

 

Leia a matéria completa aqui: http://blogs.estadao.com.br/link/o-genoma-da-arte/

 

Para visitar o Art.sy, clique aqui: http://art.sy/

 

Na imagem acima, obra de Raising Goliath, 2012. http://art.sy/artwork/theaster-gates-raising-goliath

 


Via redação Transversais
more...
No comment yet.
Scooped by Francine Boutelet
Scoop.it!

Você não precisa ser diplomado para apregoar o amor! | Literarte Letras

Você não precisa ser diplomado para apregoar o amor! | Literarte Letras | LITERARTE | Scoop.it
Literarte Letras: Você não precisa ser diplomado para apregoar o amor! (Você não precisa ser diplomado para apregoar o amor!
more...
No comment yet.